Bolsonaro destaca ações do governo em outubro

13/10/2019

O presidente citou a deflação de 0,04% em setembro

 O presidente Jairo Bolsonaro e autoridades participam de cerimônia de conclusão do processo de união das partes do Submarino Himaitá, na Base de Submarinos de Itaguaí,

O presidente Jair Bolsonaro, pelo Twitter, destacou na manhã de hoje (13), uma série de ações do governo anunciadas neste mês. Ao todo, Bolsonaro enumerou 23 pontos que considera positivos que ocorreram até a segunda semana de outubro. 

Entre as ações, Bolsonaro citou a redução de crimes, a deflação de 0,04% em setembro, a sanção do novo marco das telecomunicações  e o anúncio do aumento do limite para compras em free shops

O presidente citou ainda o lançamento do programa Novos Caminhos pelo Ministério da ´Educação que pretende criar 1,5 milhão de matrículas na educação profissional. “Faculdade é fundamental, contudo o ensino técnico é o motor para o retorno do dinheiro do contribuinte de forma rápida e eficaz”, comentou. 

Agenda

Ontem (12), Bolsonaro viajou para Aparecida (SP) onde participou de missa alusiva ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, celebrada pelo arcebispo metropolitano de Aparecida, dom Orlando Brandes. 

O presidente está em Brasília e não tem previsão de compromissos oficiais neste domingo.

Agencia Brasil.

Comente

Concursos: 10 órgãos abrem inscrições para quase 1,1 mil vagas

13/10/2019

Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

Por G1

Pelo menos dez órgãos estão com inscrições abertas a partir desta segunda-feira (14) para preencher quase 1,1 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

O concurso que oferece mais postos é o da Secretaria da Administração Prisional e Socioeducativa de Santa Catarina. Ao todo, são 600 vagas.

Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade — Foto: Editoria de arte/G1

Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade — Foto: Editoria de arte/G1

Veja abaixo os concursos que abrem inscrições na segunda:

Departamento Municipal de Água e Esgoto de Poços de Caldas

  • Inscrições até: 14/11/2019
  • Vagas: 17
  • Salário máximo: R$ 3.622,66
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior
  • Estado: Minas Gerais

Prefeitura de Betim

  • Inscrições até: 13/11/2019
  • Vagas: 278
  • Salário máximo: R$ 4.952,00
  • Escolaridade: médio e superior
  • Estado: Minas Gerais

Prefeitura de Santa Bárbara do Leste

  • Inscrições até: 29/10/2019
  • Vagas: 21
  • Salário máximo: R$ 1.250,00
  • Escolaridade: médio e técnico
  • Estado: Minas Gerais

Prefeitura de São José da Varginha

  • Inscrições até: 24/10/2019
  • Vagas: 29
  • Salário máximo: R$ 3.146,44
  • Escolaridade: médio e superior
  • Estado: Minas Gerais

Prefeitura Municipal de Naque

  • Inscrições até: 01/11/2019
  • Vagas: 16
  • Salário máximo: R$ 1.250,00
  • Escolaridade: médio
  • Estado: Minas Gerais

Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy

  • Inscrições até: 14/11/2019
  • Vagas: 13
  • Escolaridade: superior
  • Estado: Rio Grande do Norte

Câmara Municipal de Mirante do Paranapanema

  • Inscrições até: 27/10/2019
  • Vagas: 3
  • Salário máximo: R$ 4.500,00
  • Escolaridade: médio e superior
  • Estado: São Paulo

Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa

  • Inscrições até: 13/11/2019
  • Vagas: 600
  • Salário máximo: R$ 3.993,82
  • Escolaridade: superior
  • Estado: Santa Catarina

Prefeitura Municipal de Fernando Falcão

  • Inscrições até: 04/11/2019
  • Vagas: 94
  • Salário máximo: R$ 3.000,00
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior
  • Estado: Maranhão

Prefeitura Municipal de São Felipe D'Oeste

  • Inscrições até: 17/11/2019
  • Vagas: 23
  • Salário máximo: R$ 4.857,59
  • Escolaridade: médio e superior
  • Estado: Rondônia

 

Comente

Homem é assassinado com nove tiros durante a madrugada, na Zona Oeste de Natal

13/10/2019

Crime aconteceu por volta das 4h, no Conjunto Leningrado, no bairro Planalto. Vítima tinha 25 anos.

Por G1 RN

Um homem de 25 anos foi executado com nove tiros de arma de fogo na madrugada deste domingo (13) na Zona Oeste de Natal, segundo informou a Polícia Militar. O crime aconteceu por volta das 4h no Conjunto Leningrado, no bairro Planalto.

Segundo a polícia, a vítima foi Renato de Almeida Moura. Após ser acionada por moradores da região, as equipes encontraram o corpo no meio da rua Maranata. Havia nove marcas de tiros no corpo da vítima. Sem dar muitos detalhes, a polícia informou que a suspeita é de que o crime tenha sido motivado por uma "queima de arquivo".

Não há informações de como o crime aconteceu. Nenhum suspeito do crime foi preso.

Comente

Unicef: 26% das adolescentes brasileiras casam-se antes dos 18 anos

13/10/2019

Número é próximo da média na América Latina, de 25% de casamentos infantis e uniões precoces. Dados estão no relatório Perfil do Casamento Infantil e Un

Mais de 80% das jovens que se casam antes dos 18 anos deram à luz antes de completar 20 anos

Agência Brasil

Um relatório produzido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) revelou que 26% das adolescentes brasileiras se casaram ou foram morar com seus parceiros antes de completar 18 anos de idade. O número é próximo da média na América Latina, de 25% de casamentos infantis e uniões precoces. O relatório Perfil do Casamento Infantil e Uniões Precoces foi publicado nesta semana.

A média da região é a mesma nos últimos 25 anos. E caso ela se mantenha, a América Latina terá, em 2030, a segunda maior taxa de casamentos infantis do mundo, atrás apenas da África Subsaariana, região composta por países como Ruanda, Burundi, República Centro-Africana e República Democrática do Congo.

O relatório alerta que a prática compromete o desenvolvimento dessas jovens nos anos seguintes. “As uniões precoces ou o casamento infantil tornam mais difícil para as meninas terem um projeto de vida”, disse o diretor regional do Unicef para a América Latina e o Caribe, Bernt Aasen. Segundo o estudo, essas jovens têm maior probabilidade de viver em áreas pobres, rurais e com menos acesso à educação.

O documento mostra a relação entre a união precoce e a gravidez na adolescência. Mais de 80% delas deram à luz antes do aniversário de 20 anos. Para Shelly Abdool, assessora regional de gênero do escritório do Unicef para América Latina e Caribe, o futuro dessas meninas é colocado em risco, alavancado pelo “forte impacto sobre a maternidade precoce, os altos riscos de violência por parte dos parceiros e as consequências de abandonar a escola”.

Para a Organização das Nações Unidas (ONU), é necessária criação de programas para apoiar a autonomia dessas adolescentes, além da formulação de políticas que impeçam o casamento infantil e as uniões precoces.

Comente

“Navio Fantasma” é suspeito por óleo nas praias do Nordeste

13/10/2019

Embarcações 'driblam' radares e navegam ilegalmente

 Estadão Conteúdo

Apontada como uma hipótese para o derramamento de óleo nas praias do Nordeste, a circulação de navios fantasmas petroleiros pelo Atlântico pode ser motivada pelas sanções econômicas dos Estados Unidos à Venezuela, segundo especialistas. Análises sobre a mancha de poluição, que atinge 156 localidades de 71 municípios, já indicaram que a substância achada nas praias tem “assinatura” venezuelana, mas a origem do poluente ainda é desconhecida.

Os chamados navios fantasmas do século 21 não são embarcações mal-assombradas, mas aquelas que procuram navegar sem registro oficial. Para isso, trocam de nome e até desligam o transponder. O aparelho, obrigatório em todas as embarcações, registra a localização em tempo real de cada navio.

O evento é articulado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas (FCDL) e Câmara dos Dirigentes Lojistas local. A Feira ocorre periodicamente em diferentes regiões do estado e reúne empresários, investidores, universidades e instituições de ensino e pesquisa, promovendo a interação entre os diferentes setores. O Governo também atua levando as entidades de administração direta e indireta para perto do público, assim como instituições financeiras para introduzir linhas de crédito aos empreendimentos locais.

O presidente da FCDL Afrânio Miranda acredita que “o que muda o Brasil é o empreendedorismo”, e afirmou que aposta na parceria com o Governo do Estado e demais instituições participantes da Feira para estimular os negócios locais. O prefeito Manoel dos Santos também enfatizou o momento para firmar parcerias e fomentar o comércio regional. “É importante que estejamos preparados para discutir e encaminhar as parcerias corretas para o desenvolvimento da nossa região”, disse. 

Comente

João Câmara recebe próxima edição da FENECITI em novembro

13/10/2019

Edições anteriores ocorreram no Seridó e Oeste Potiguar

Nos dias 22 e 23 de novembro, João Câmara será a capital da Ciência, Tecnologia e Inovação do RN. O município foi escolhido para sediar a próxima edição da Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação (FENECITI) na região do Mato Grande. O lançamento aconteceu na última terça-feira (8) na Câmara Municipal da cidade, com a participação do secretário de Estado Jaime Calado (SEDEC), secretário adjunto Silvio Torquato (SEDEC), prefeito de João Câmara, Manoel dos Santos, presidente da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas (FCDL) Afrânio Miranda, presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de João Câmara (CDL), Bruno Rafael, representantes do IFRN, SEBRAE, FIERN, BNB, e vereadores.

O secretário de desenvolvimento econômico Jaime Calado apresentou a proposta da FENECITI e lembrou o sucesso das edições anteriores no Seridó e Oeste Potiguar. O secretário também citou a liderança de João Câmara no cenário nacional de geração eólica como um dos principais motivos para a escolha do município na realização da próxima Feira. “João Câmara é a capital brasileira da energia eólica, com o maior número de parques, isso é dito em todos os seminários Brasil afora”, explicou. “O Instituto Federal de João Câmara possui cursos de nível superior nessa área, é referência no país. Este é um dos trunfos quando conversamos com empresas do mundo inteiro e mostramos que temos mão de obra de qualificada no local”, citou o secretário, destacando também a importância da participação das instituições de ensino e pesquisa na FENECITI.

O evento é articulado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas (FCDL) e Câmara dos Dirigentes Lojistas local. A Feira ocorre periodicamente em diferentes regiões do estado e reúne empresários, investidores, universidades e instituições de ensino e pesquisa, promovendo a interação entre os diferentes setores. O Governo também atua levando as entidades de administração direta e indireta para perto do público, assim como instituições financeiras para introduzir linhas de crédito aos empreendimentos locais.

O presidente da FCDL Afrânio Miranda acredita que “o que muda o Brasil é o empreendedorismo”, e afirmou que aposta na parceria com o Governo do Estado e demais instituições participantes da Feira para estimular os negócios locais. O prefeito Manoel dos Santos também enfatizou o momento para firmar parcerias e fomentar o comércio regional. “É importante que estejamos preparados para discutir e encaminhar as parcerias corretas para o desenvolvimento da nossa região”, disse.

Comente

“Quatro anos não dá pra mudar. Precisamos de doze”, diz Damares sobre Bolsonaro

13/10/2019

Reeleição vira tema de encontro da direita em SP

A Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) realizada nesta sexta-feira, 11, e ontem, 12, em São Paulo serviu de plataforma para a pavimentação da candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição em 2022.

Um dos principais temas do evento – versão brasileira do maior encontro conservador dos Estados Unidos – foi a necessidade de unidade da direita, que vive hoje, um ano após a eleição de Bolsonaro, uma série de disputas nas redes sociais e riscos de cisão do PSL, partido do presidente. Palestrantes recorreram à “ameaça de volta da esquerda” ao poder como argumento em favor da unidade da direita.

Coube à ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, fazer o discurso com o mais forte teor eleitoral. “Isso aqui vai dar tão certo que vamos ficar 4, 8, 12 anos”, disse ela “Estou falando de reeleição, sim. Quatro anos não bastam para mudar. Precisamos de 12 anos”, completou a ministra.

Damares pediu que os participantes do evento começassem a organizar candidaturas a prefeito e chapas de vereadores em suas cidades com vistas às eleições do próximo ano. Segundo a ministra, se Bolsonaro não aceitar a tarefa de continuar no governo, a direita precisa encontrar outro nome como candidato para não deixar que os adversários, a quem ela comparou com o “cão”, voltem ao poder.

A recomendação de Damares já vem sendo seguida pelos participantes da CPAC. “Vamos lançar candidaturas em umas 20 ou 30 cidades”, disse o assessor parlamentar Nokolas Ferreira, 23 anos, coordenador do movimento Direita Minas.

A ameaça de a esquerda voltar ao governo foi usada também pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que chegou a chorar duas vezes durante sua fala ao fazer um apelo pela unidade da direita “Temos de nos unir e superar divergências. Pelo amor de Deus, temos a chance de nossas vidas. Para nunca mais permitir que essa gente [A ESQUERDA] volte e faça o que eles fizeram.”

Assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Filipe Martins afirmou que Bolsonaro representaria hoje “um símbolo aglutinador por tudo que lutamos”. “Pensem só no que vai acontecer com cada um de nós quando – quando não, porque isso não vai acontecer -, mas caso o nosso presidente fosse tirado do poder?”

Disputa

O discurso de união da direita para enfrentar a esquerda tem como pano de fundo a disputa entre o grupo político de Bolsonaro e o deputado Luciano Bivar (PE), presidente do PSL, pelo controle do partido. Segundo auxiliares, Bolsonaro avalia deixar a sigla e tenta encontrar uma brecha jurídica para evitar que os parlamentares que o acompanharem numa eventual saída não fiquem sem mandato. Nessa disputa, Bolsonaro já pediu a Bivar uma relação completa de fontes de receitas e despesas do PSL, com o objetivo de submeter o material a uma auditoria externa.

Na tentativa de evitar a consumação do racha, o líder do PSL no Senado, Major Olímpio, disse ontem que vai tentar marcar reunião entre Bolsonaro e a liderança do partido. Segundo ele, depois que a crise se tornou pública, ele e Bivar não conversaram com o presidente. “Não tivemos oportunidade de conversar. Possivelmente, conversaremos no início da semana, a partir de segunda-feira. Talvez a gente converse em São Paulo. Espero que avance positivamente”, disse ele, que vê na crise a interferência do deputado Eduardo Bolsonaro (SP) e do senador Flávio Bolsonaro (RJ), filhos do presidente.

‘Batalha’

Ainda na sexta-feira, na abertura da CPAC, Eduardo disse que o objetivo do encontro era construir uma organização conservadora para atuar no Brasil e na América Latina. “A eleição foi só a primeira batalha e, sem a ajuda de vocês, a gente vai perder essa guerra”, afirmou. “A gente quer fazer da tsunami de 2018 uma onda conservadora permanente.”

Durante os dois dias da conferência, os 1.200 participantes discutiram formas de difundir temas como a liberdade econômica e o combate ao “globalismo” e ao “climatismo”. Em discurso feito ontem, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse que “o climatismo está para a mudança climática assim como o globalismo está para a globalização”. Ele ainda criticou a ONU, a ativista sueca Greta Thunberg e até o filósofo iluminista francês Voltaire – que “começou a querer lacrar” quando teria desrespeitado “a fé e a monarquia francesa”.

Ao contrário dos EUA, onde a CPAC reúne vários setores da direita, a versão brasileira ficou restrita à ala mais ideológica do bolsonarismo, representada pelos discípulos do escritor Olavo de Carvalho. O evento contou com a participação de algumas estrelas do conservadorismo dos EUA, como o senador Mike Lee, a ativista Katty Dillon e o presidente da American Conservative Union (ACU, entidade que criou a CPAC), Matt Schlapp, que também defendeu a necessidade de união da direita.

‘Udenismo’ em disputa

Um dos possíveis destinos da família Bolsonaro em caso de rompimento com o PSL, a UDN é alvo de uma disputa judicial pela marca da sigla de direita, criada em 1945 para se opor a Getúlio Vargas e extinta pelo Ato Institucional n.º 2, em 1965. Tramitam no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) duas tentativas de criação de partido com o mesmo nome: União Democrática Nacional (UDN).

Enquanto uma das iniciativas, do capixaba Marcus Alves de Souza, é feita pela via tradicional – coleta e homologação de assinaturas -, outra, do advogado Marco Antonio de Vicente Junior, visa desfazer a extinção da antiga UDN pelo AI-2, batizar a legenda de “Nova UDN” e convocar uma convenção para eleger seus diretores.

Vicente Junior entrou em maio desse ano com uma ação contra a extinção da antiga sigla. O processo foi distribuído para o ministro Edson Fachin, que pediu, em agosto, parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), que ainda não foi entregue. Diante da indefinição, interlocutores dos Bolsonaros abriram conversas nas duas frentes.

A articulação, porém, está mais avançada com a UDN de Alves, que diz já ter coletado as assinaturas necessárias e estar na fase final do rito. A disputa pela “marca” envolve acusações mútuas e foi alvo até de um boletim de ocorrência. “Ele (Vicente) começou a se passar por presidente da UDN nos Estados e deu até posse (em diretórios). Entramos com B.O. pelo uso do nome indevidamente”, disse Alves ao Estado.

“Não tem possibilidade disso (a criação da UDN rival) acontecer. Em fevereiro, fiz a primeira conversa (com os Bolsonaros). O Marcos Alves me convidou para ir com ele, mas não tive interesse de prosseguir”, rebate Vicente Júnior.

Para o advogado Alberto Rollo, especialista em direito eleitoral, a criação, refundação ou fusão de partidos seria uma justa causa para que deputados migrassem de outras legendas sem correr o risco de perder o mandato. “A refundação é uma desculpa para criar um partido sem passar pelas mesmas regras, mas existem precedentes. Foi o caso do PTB e MDB, por exemplo. São 11 ministros no STF e 7 no TSE. Eles podem aplicar a analogia dos partidos de antes de 1988”, afirmou.

Leilão

Ao falar sobre seus planos, Marcus Alves afirma que entre 30 e 35 deputados e 8 a 10 senadores “estão certos” para migrar para UDN após a homologação. Mas não fala em nomes, segundo ele, para não prejudicar a estratégia. “A gente teria um generoso Fundo Eleitoral para 2020. Passa dos R$ 100 milhões”, afirmou o dirigente.

Em fevereiro, o Estado revelou que os filhos do presidente Jair Bolsonaro negociavam migrar para a UDN, em fase de criação. Procurado, Eduardo Bolsonaro não se manifestou até a conclusão dessa edição. conteudo Estadão.

Comente

Carro que estava do outro lado da pista foi atingido de forma frontal na BR-304 — Foto: Divulgação/PRF

12/10/2019

Acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (11) na RN-269, pista que liga os municípios de Passa e Fica e Serra de São Bento. Homem ficou preso nas ferrag

Por G1 RN

Acidente aconteceu em estrada do interior do RN; homem ficou preso às ferragens do caminhão — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Acidente aconteceu em estrada do interior do RN; homem ficou preso às ferragens do caminhão — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Um homem identificado como José Luiz, de 57 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (11) após o caminhão-pipa que dirigia capotar na RN-269, no trecho da estrada que liga os municípios de Passa e Fica e Serra de São Bento, no interior do Rio Grande do Norte.

O acidente aconteceu próximo ao Açude do Jacaré, que fica na região. Após o veículo virar e sair da pista, o motorista ficou preso nas ferragens.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e três militares trabalharam na retirada de José Luiz do caminhão-pipa, mas não houve tempo suficiente - ele morreu ainda no local.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi ao local para fazer a retirada do corpo, que foi levado para a perícia em Natal.

 

Comente

Homem morre após bater em caminhão e carro na BR-304, no RN

12/10/2019

Vítima de 47 anos perdeu controle do veículo após batida em caminhão e se chocou de forma frontal com outro carro do lado oposto da pista. Outras duas pesso

Vítima tinha 47 anos e fazia trajeto no sentido de Mossoró para Natal — Foto: Divulgação/PRF

Vítima tinha 47 anos e fazia trajeto no sentido de Mossoró para Natal — Foto: Divulgação/PRF

Um homem de 47 anos morreu na noite de sexta-feira (11) ao bater o carro que dirigia em um caminhão e, na sequência, em outro veículo que estava no sentido contrário da pista. O acidente aconteceu na BR-304, na altura do município de Itajá, interior do Rio Grande do Norte. Outras duas pessoas tiveram ferimentos leves.

O acidente aconteceu por volta das 19h30 próximo ao km 126. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima colidiu com um caminhão que estava deixando o acostamento e entrando na pista.

Após essa choque, o motorista perdeu o controle do veículo e bateu de forma frontal com um carro que estava no sentido contrário da pista. O condutor desse veículo, que tinha 47 anos, morreu na hora. Ele fazia o trajeto de Mossoró para Natal.

Carro que estava do outro lado da pista foi atingido de forma frontal na BR-304 — Foto: Divulgação/PRF

Carro que estava do outro lado da pista foi atingido de forma frontal na BR-304 — Foto: Divulgação/PRF

Comente

Criminosos invadem residência e matam dois irmãos em Mossoró, RN

12/10/2019

Natan e Nayann Medeiros Rique da Escóssia, de 23 e 25 anos, foram mortos na madrugada deste sábado (12). Um deles chegou a correr pela rua, mas foi alcançado

Por G1 RN

Residência dos irmãos foi invadida durante a madrugada — Foto: Marcelino Neto/O Câmera

Residência dos irmãos foi invadida durante a madrugada — Foto: Marcelino Neto/O Câmera

Dois irmãos foram mortos na madrugada deste sábado (12) após criminosos invadirem a residência em que eles moravam e atirarem contra os dois. Natan Medeiros Rique da Escóssia, de 23 anos, e Nayann Medeiros Rique da Escóssia, de 25, morreram na hora.

O crime aconteceu no Conjunto Abolição 4. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos arrombaram o portão de ferro e a porta de entrada e invadiram a casa dos irmãos durante a madrugada. Dentro da residência, também estavam a mãe dos irmãos a mulher de um deles.

Natan foi assassinado na sala da casa, com tiros na cabeça. Nayann tentou fugir, saiu de casa e chegou até a rua Idalino Costa, bem próximo da sua residência. Lá, ele foi morto com uma grande quantidade de tiros, segundo a Polícia Militar.

As marcas dos disparos e as manchas de sangue ficaram nas paredes e portões tanto da residência deles, quanto das casas da rua em que Nayann foi morto. 

Comente

Serviço na adutora de Pureza deixará quatro cidades sem água

12/10/2019

Parada programada dura até terça-feira

Neste domingo (13), a partir das 7h, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza uma manutenção programada na Adutora Pureza-João Câmara. O serviço é necessário para o correto funcionamento do sistema; a manutenção prevê correções de registros, reparo de tubulações, além de ajustes no sistema elétrico.

A parada deve durar até às 12h de terça-feira (15) e suspenderá o fornecimento de água para quatro municípios: João Câmara, Bento Fernandes, Poço Branco e Taipu. O prazo para completa normalização da distribuição é de 24h.

A recomendação da Companhia é que a população reserve água para o período e faça o uso de forma racional. Portal No Ar.

Comente

Eletrobras lança plano de demissão para 1.681 funcionários

12/10/2019

Previsão da empresa é de economizar R$ 510 milhões por ano

 Da Agência Brasil

A Eletrobras anunciou o lançamento de um Plano de Demissão Consensual (PDC), com a meta de desligar 1.681 colaboradores de todas as empresas do sistema: CGTEE, Chesf, Eletronuclear, Eletronorte, Amazonas GT, Eletrosul e Furnas, além da própria holding. De acordo com a companhia, o plano representará economia de R$ 510 milhões ao ano.

O PDC foi aprovado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) e faz parte do Plano Diretor de Negócios e Gestão (PDNG) para o período de 2019 a 2023.

Segundo a Eletrobras, a adesão dos empregados ocorrerá até o dia 14 de novembro. Os desligamentos serão em turma única no dia 13 de dezembro deste ano. Podem aderir ao PDC empregados aposentados ou em condições de aposentadoria pela Previdência até 31 de dezembro de 2019, anistiados, empregados em função de secretária(o) ou de nível fundamental e lotados em unidades operacionais desativadas ou em automação.

Este é o segundo PDC lançado este ano. Sua validade é para o exercício de 2019. A Eletrobras permitirá a troca da assistência à saúde por dinheiro, mediante quatro opções de pacotes para escolha do empregado. Há ainda possibilidade de desistência do PDC, após a adesão, até 15 dias antes do desligamento, informou a Eletrobras.

Comente

RN poderá ter rajadas com ventos de 74 km/h no fim de semana

12/10/2019

Previsão se estende até o domingo (13)

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, informou que todo o litoral do Rio Grande do Norte até o estado do Maranhão poderão ter vento forte com rajadas de até 74 km/h.

A previsão compreende o período desde a sexta-feira (11) até a noite deste domingo (13).

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e recomenda-se que as embarcações de pequeno porte “evitem a navegação” e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores, casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.Fonte Portal No Ar.

Comente

Cerca de 10 mil crianças venezuelanas já entraram no Brasil

12/10/2019

Alguns deles não têm sequer chinelos para cruzar a fronteira

da TV Brasil Pacaraima (RR)/ Agência Brasil

Hoje é o Dia das Crianças e no alojamento BV8 em Pacaraima (RR), fronteira do Brasil com a Venezuela, os cerca de 400 meninos e meninas que vivem temporariamente por lá têm um pedido: cholas ou em português, chinelos. Alguns deles não têm calçados para proteger os pequenos pés que cruzaram caminhos difíceis até chegar ao Brasil.

Desde 2017, mais de 200 mil venezuelanos já entraram no Brasil fugindo da crise econômica, política e social do país. De acordo com estimativas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), entre eles estão quase 10 mil crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, considerando o período de 2015 a 2019. O número é uma projeção, já que não há um dado oficial. Uma delas é Diego Hernandéz, de 10 anos. Ele está com a mãe e irmãos no BV8, um abrigo temporário que acolhe principalmente o público mais vulnerável, até que possam seguir para Boa Vista ou para outros estados dentro do processo de interiorização.

“Queremos chinelos e roupas para sermos crianças limpas. Quando as crianças não têm roupa, elas se sentem tristes”, explica Diego. O tenente-coronel Barcellos, coordenador da Operação Acolhida em Pacaraima, conta que as crianças chegam com necessidades muito básicas como roupas e fraldas.

“Muitas vezes elas chegam sem entender o que está acontecendo. A gente vê que para elas tudo é novo, diferente”, diz Barcellos. A Operação Acolhida é coordenada pelas Forças Armadas com apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), além de outros órgãos do poder público e entidades da sociedade civil.

Apesar das difíceis condições, o menino agradece o acolhimento no Brasil e fala com propriedade sobre a crise que levou ele e sua família a cruzarem a fronteira. “Pelo menos vocês estão nos ajudando porque a Venezuela está pobre, já a metade da população se foi porque a situação está muito feia por lá”, lembra Diego.

As crianças são uma preocupação ainda maior no contexto da migração, já que direitos muito básicos como a alimentação adequada ficam comprometidos. “Essas pessoas foram deslocadas de suas residências então tem um impacto desse deslocamento, a chegada no local. Às vezes a vida num abrigo também é muito distinta da realidade que essas crianças estavam vivendo na Venezuela. Isso tudo tem feito com que esse processo tenha um impacto muito forte nas crianças”, aponta Thais Menezes, chefe de relações institucionais da Acnur.

Primeira infância

A vida no alojamento BV8 e nos outros abrigos mantidos pela Operação Acolhida pode não ser a ideal. Mas lá, as crianças têm ao menos três refeições por dia e um lugar seguro para dormir. Entre os cerca de 700 moradores temporários do local – o espaço está sendo ampliado para receber até mil pessoas – estão cerca de 60 crianças com até 7 anos. A maioria delas está na chamada primeira infância, período que vai do nascimento até os 6 anos de vida. A primeira infância é uma fase decisiva para o desenvolvimento infantil, pois é quando o cérebro é moldado a partir das experiências, dos estímulos e do ambiente em que a criança vive.

“Os primeiros anos são muito importantes porque tudo está acontecendo ali ao mesmo tempo e rapidamente. Quanto maior a estimulação, o cuidado e a atenção dos pais em relação a essas crianças em desenvolvimento e, no caso da migração da sociedade também, isso vai permitir o desenvolvimento de seres saudáveis”, explica a professora do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (UnB), Ângela Uchoa. Ela destaca que o estresse e a desnutrição, além de aspectos afetivos, têm impacto no desenvolvimento da criança. 

Comente

Servidores suspendem greve do Detran e retomam serviço na segunda

12/10/2019

Categoria considera que houve avanços no diálogo com o Governo

A greve dos trabalhadores e trabalhadoras do Departamento Estadual de Transito (Detran/RN), iniciada em 9 de setembro, chegou ao fim.  Nessa sexta-feira (11/10) a categoria deliberou em assembléia que o atendimento na Autarquia será retomado de forma habitual a partir da próxima segunda-feira (14).

O coordenador geral substituto do Sindicato dos Servidores Públicos (Sinai), Felipe Assunção, explicou que a suspensão da greve aconteceu um dia depois da audiência entre a direção do Sindicato, a Associação dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito do RN (ASTRAN), a Comissão de Base e o governo do Estado. Ele considera que houve avanços na mesa de negociação com o Executivo, relativos ao acolhimento de propostas dos trabalhadores.

Um dos avanços se refere ao pagamento das promoções pendentes, das indenizações e a realização de concurso público. Contudo, os trabalhadores ainda reivindicam pagamentos atrasados e a questão salarial.

Relembre

A categoria estava em greve desde o dia 09 de setembro. Nesse período, aconteceram diversos piquetes, assembleias e encontros com o Governo.

Os profissionais reivindicavam: reposição das perdas salariais; realização de concurso público para a Autarquia; pagamento das folhas dos aposentados e pensionistas, atrasadas há quase um ano; recuperação física do órgão; e revogação do decreto 29007/2019, que retira a autonomia dos órgãos, autarquias, fundações e empresas estatais ao tempo em que centraliza poder e recursos na Secretaria de Planejamento e Finanças.

Comente

Proedi: Governo vai compensar municípios com R$ 10 milhões

12/10/2019

Fátima e prefeitos chegaram a um consenso sobre Proedi

O Governo do RN e os municípios, representados por uma comissão de prefeitos, chegaram a um consenso para compensar o impacto financeiro do Programa de Estímulo à Indústria (Proedi) nos cofres municipais, com a diminuição do repasse de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). O acordo foi feito durante a reunião ocorrida na Governadoria, nesta sexta-feira (11). “Desde o inicio, o governo esteve atento a esta realidade, por isso pedimos um tempo para que pudéssemos avaliar melhor a implantação do Proedi e os seus impactos”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

No modelo atual, o governo estadual concede descontos que variam de 80 a 95% no ICMS que as empresas repassam ao estado. O secretário Aldemir Freire (Planejamento e Finanças/Seplan) fez uma explanação sobre os custos do Proedi ao estado e explicou que a perda mensal dos municípios está sendo algo em torno de R$ 7,1 milhões. Como reconhecimento ao impacto financeiro causado, ele apresentou uma proposta de compensação financeira através de repasses, que totalizam cerca de R$ 10 milhões, a serem pagos de forma parcelada até dezembro e uma parte em janeiro, direcionados à saúde (atenção básica e farmácia básica).

Os prefeitos acataram a compensação financeira, mas também apresentaram a sua contraposta, também aceita pelo executivo, de acrescentar mais R$ 10 milhões em 2020 via atenção básica à saúde. “Numa demonstração de sensibilidade, o governo define esta contribuição para os municípios como um compromisso aqui firmado e reafirmado por todos, que é a defesa do Proedi”, disse a governadora Fátima Bezerra.

Presentes à reunião, representando a Federação das Indústrias do RN (Fiern), João Lima (Coteminas) e Jairo Amorim (Grupo Guararapes) defenderam o Proedi e falaram do risco que o estado corre se o programa for extinto. Jairo afirmou que a fábrica Guararapes teria de fechar as portas e ir para outro estado. “Nós estamos abertos a trabalhar pela interiorização da indústria, através das oficinas de costura [via programa Pró-Sertão], que têm gerado muitos empregos nas cidades do interior”, disse ele. Portal No Ar.

Comente

Bolsonaro confirma que vai pedir auditoria no PSL; Bivar decide retaliar

11/10/2019

Nos bastidores, haveria uma movimentação contra o filho de Bolsonaro, Eduardo; presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, deputado pode ser

Rompimento entre Bolsonaro e Bivar parece ser inevitável

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que irá pedir uma auditoria em seu partido, o PSL. A informação foi divulgada pelo Estado de S. Paulo nesta sexta-feira, 11. De acordo com o veículo, Bolsonaro convenceu um grupo de deputados do PSL a solicitar à sigla que promova uma auditoria de suas contas para esclarecer como foram usados os recursos públicos recebidos do Fundo Partidário.

Em guerra interna com o presidente nacional da sigla, Luciano Bivar, Bolsonaro teria dito a um militante do partido de Bivar está “queimado pra caramba”. Em retaliação, Bivar disse que o presidente da República já havia decidido sair do PSL. Nos bastidores, haveria uma movimentação de retaliação também ao filho de Bolsonaro, Eduardo. Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o deputado pode ser destituído do cargo.

Além disso, Luciano Bivar marcou uma convenção nacional extraordinária do partido para o dia 18 de outubro. A intenção, segundo o Estado, é reduzir a força de bolsonaristas na legenda.

Com informações do Estado de S. Paulo.

Comente

PM captura foragido que cometeu assassinato em São Pedro há 27 anos

11/10/2019

Segundo investigações da polícia à época do crime, José Maurício matou Edival Paiva dentro da casa da vítima com tiro de revólver calibre 32

Em 2009, a Justiça potiguar condenou José Maurício Dantas a 14 anos de reclusão em regime fechado

Após um trabalho de localização e identificação por parte do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a Polícia Militar prendeu um homem condenado por homicídio que estava foragido da Justiça. José Maurício Dantas foi localizado e preso na cidade de Vila Velha, Espírito Santo, nesta quinta-feira, 10. Ele é condenado pelo assassinato de Edival Moises de Paiva, crime cometido em 12 de janeiro de 1992, em São Pedro.

Segundo investigações da polícia à época do crime, José Maurício matou Edival Paiva dentro da casa da vítima com tiro de revólver calibre 32. O crime foi cometido sem que Edival tivesse a oportunidade de se defender enquanto tomava o café da manhã.

Em 2009, a Justiça potiguar condenou José Maurício Dantas a 14 anos de reclusão em regime fechado. A sentença determina que a pena seja cumprida no presídio de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

Memória

A prisão de José Maurício Dantas faz parte do projeto Memória, do MPRN. O projeto tem por objetivo localizar condenados de Justiça que estejam foragidos. A população pode colaborar com o MPRN na localização de criminosos. Para isso, o Gaeco oferece um canal direto para denúncias de crimes em geral. É o Disque Denúncia 127. A identidade da fonte é preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas via WhatsApp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br.

Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. Pelo aplicativo são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas. Agora RN.

Comente

Academias do RN são fiscalizadas; 50 se encontram irregulares

11/10/2019

Conselho de Educação Física visitou 41 cidades de todas as regiões do estado em setembro; 48 denúncias recebidas foram averiguadas em um mês

Fiscais do Conselho Regional de Educação Física da 16ª Região, o CREF16/RN, passaram por 41 cidades potiguares no mês de setembro e encontraram 50 academias de musculação em situação irregular, 25 delas sem registro no Conselho, o que as impede de oferecer o serviço de atividade física. 11 dessas academias foram fechadas ainda durante a presença dos fiscais do CREF.

Entre as 41 cidades visitadas em setembro estão Natal, Parnamirim, Caicó, Currais Novos, Extremoz e Macau. 48 denúncias recebidas pelo departamento de fiscalização do Conselho foram averiguadas em um mês. Eventos, condomínios e escolas também foram fiscalizados.

A fiscalização também identificou 24 pessoas trabalhando irregularmente, sem o registro no Conselho de Educação Física. Essas pessoas vão ser denunciadas ao Ministério Público por exercício ilegal da profissão de Educação Física. A lei federal número 9.696 de 1º de setembro de 1998 determina que apenas pessoas habilitadas e registradas no Conselho de Educação Física podem exercer a profissão.

“Os números tem se repetido já que o trabalho de fiscalização se intensificou. Esse trabalho é importante para que os donos dessas academias tenham a consciência de que a regularização é importante para que a comunidade possa ser atendida de uma forma segura. O lado positivo é que, com o aumento das fiscalizações, aumenta também a procura pela regularização”, afirma Luiz Marcos Peixoto, chefe do departamento de fiscalização do Conselho de Educação Física.

Das 25 academias sem registro identificadas em setembro, 18 já procuraram o Conselho para acertar a situação. Fonte Agora RN.

Comente