Bandidos matam idoso por se assustar durante assalto em Mossoró

20/01/2020

Crime aconteceu no bairro Lagoa do Mato, na noite deste domingo, 19

Um idoso foi assassinado a tiros após se assustar durante um assalto, na noite deste domingo, 19, em Mossoró, no Oeste potiguar. A vítima, identificada como Francisco de Assis Oliveira, de 70 anos, foi morta na calçada da sua residência.

O crime aconteceu no bairro Lagoa do Mato. Francisco estava com sua família, na frente de casa, quando um homem e uma mulher os abordaram. Os criminosos estavam recolhendo os pertences das vítimas e o idoso ficou nervoso com a ação dos assaltantes e esboçou uma reação de medo.

Ao notarem a atitude de Francisco, os bandidos dispararam contra ele, que morreu no local.

A polícia agora tenta chegar aos responsáveis pelo crime através de câmeras de segurança instaladas pela região. Agora RN.

Comente

Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira

20/01/2020

Neste semestre, o Sisu vai ofertar 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas

 
 

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre nesta terça-feira, 21, o calendário dos processos seletivos federais que usam o Enem como critério de seleção. Neste semestre, o Sisu vai ofertar 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas. O prazo para se inscrever vai até sexta-feira, 24.

Para participar do Sisu, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação. Na hora da inscrição no processo seletivo é preciso informar o número de inscrição do Enem e a senha atual cadastrada na Página do Participante.

A nota do Enem está disponível desde sexta-feira, 17, tanto no aplicativo, quanto na própria Página do Participante. É preciso informar o CPF e a senha cadastrada na hora da inscrição. Caso o candidato tenha esquecido a senha, pelo próprio sistema é possível recuperá-la.

É essa senha que deve ser usada na hora da inscrição no Sisu. O número de inscrição, que é solicitado também para participar da seleção, está disponível para cada estudante na Página do Participante.

Cálculo da nota

Na hora da inscrição, é possível escolher até duas opções de curso, de acordo com a ordem de preferência. 

Alguns cursos, no entanto, têm certas restrições. O Sisu dá liberdade para as instituições de ensino definirem como usarão o Enem. Assim, determinado curso pode exigir, por exemplo, uma média mínima no Enem – que é a soma de todas as notas obtidas nas provas do exame, dividida por cinco – ou mesmo uma nota mínima em determinada prova. Isso faz com que, dependendo da nota obtida, estudantes não sejam classificados para determinados cursos. 

É possível também conferir pesos diferenciados para as provas. A nota em ciências da natureza ou em matemática pode valer mais para um curso de física ou química, por exemplo. Dessa forma, a nota do estudante pode variar dependendo do curso para o qual ele está concorrendo.

Nota de corte

Uma vez por dia, o Ministério da Educação (MEC) divulga na página do Sisu as notas de corte, que são as menores para os candidatos ficarem entre os selecionados na modalidade escolhida. A nota de corte é calculada com base no número de vagas e no total de candidatos inscritos.

A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição. Ela não garante que o estudante seja selecionado. 

É possível alterar as opções de curso feitas até o final do período de inscrição. O Sisu considera válida a última opção registrada pelos estudantes.

Reservas de vagas

Todas as universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica participantes do Sisu oferecem vagas reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Há instituições participantes do Sisu que disponibilizam ainda uma parte de suas vagas para políticas afirmativas próprias.

No momento da inscrição, o participante deve optar por uma dessas modalidades, de acordo com o seu perfil. Os estudantes concorrem apenas com os demais candidatos que fazem a mesma opção, seja pela ampla concorrência ou por alguma política afirmativa. O sistema selecionará, entre eles, os que obtiveram as melhores notas no Enem de 2019.

Cronograma

As inscrições para o Sisu podem ser feitas de 21 a 24 de janeiro. No dia 28 de janeiro será divulgado o resultado da seleção. Os estudantes que forem aprovados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro. 

Aqueles que não forem selecionados poderão ainda participar da lista de espera. O prazo para se candidatar é de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas próprias instituições de ensino, entre 7 de fevereiro e 30 de abril.

Próximos processos seletivos

Além de participar do Sisu, os estudantes podem usar as notas do Enem para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser feitas de 28 a 31 de janeiro. Podem também se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), de 5 a 12 de fevereiro.

Os estudantes podem ainda usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal. O Inep tem convênio com mais de 40 instituições portuguesas.

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem como forma de seleção independente dos programas de âmbito nacional. Os estudantes podem, portanto, consultar diretamente as instituições nas quais têm interesse em estudar.

Comente

Governo Fátima propõe taxar inativos que ganham acima de um salário mínimo

20/01/2020

Hoje, quem recebe entre um salário mínimo e o teto da Previdência (atualizado para R$ 6.101 na semana passada) não paga contribuição. Taxa seria de 11% pa

Na última quarta-feira, 15, representantes do governo e servidores estaduais discutiram detalhes da reforma da Previdência

A proposta de reforma da Previdência que o Governo do Estado pretende encaminhar para a Assembleia Legislativa em fevereiro estabelece que todos os aposentados e pensionistas que ganham abaixo do teto também contribuam para o regime previdenciário. Hoje, esse grupo é isento de taxa.

A ideia do governo é passar a descontar 11% dos benefícios de quem recebe entre um salário mínimo (R$ 1.045) e o teto da Previdência (R$ 6.101,06). Para os que recebem mais do que isso, a alíquota seria progressiva, variando de 14% a 18%. Não está definido se a taxação seria aplicada apenas aos que se aposentarem após a reforma ou se haveria cobrança para quem já é segurado.

O secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, reconhece que a medida é “dura”, mas afirma que a cobrança é necessária para que a reforma tenha impacto fiscal significativo. “Tem certas questões das quais a gente não pode abrir mão. Precisamos ajustar o sistema previdenciário para que o Estado volte a respirar”, disse, em entrevista a uma rádio local na última sexta-feira, 17.

Atualmente, a média salarial dos servidores do Estado é de R$ 4,8 mil, ou seja, abaixo do teto. Isso significa que a maioria dos funcionários, quando se aposenta, deixa de contribuir para o regime e ainda vira uma despesa.

O Governo do Estado propõe também elevar a contribuição dos funcionários que estão na ativa e que ganham acima do teto da Previdência. A proposta é estipular taxas progressivas, com alíquotas maiores para quem tem maiores salários, entre 14% e 18%.

Segundo o esboço da reforma em discussão, no caso de um servidor que recebe R$ 21 mil, a cobrança incidiria da seguinte forma: 14% sobre a faixa de R$ 6.101,07 a R$ 10.000,00; 16% sobre a faixa de R$ 10.001,00 a R$ 20.000; e 18% sobre a faixa restante, de R$ 20.001,00 a R$ 21.000,00.

Para quem ganha abaixo do piso, a taxa de contribuição permaneceria em 11%. Vale ressaltar que a contribuição patronal (paga pelo Governo do Estado) é o dobro da paga pelo funcionário.

Na avaliação do secretário de Tributação, nesses dois pontos (aumento da alíquota para os servidores da ativa e taxação dos inativos), não há margem para negociação. “Essas duas questões a gente precisa enfrentar. São extremamente delicadas, mas, sem elas, a gente não tem efeito fiscal nenhum com essa reforma”, destacou Carlos Eduardo Xavier.

Pontos negociáveis

O secretário de Tributação do Estado disse que outros pontos da reforma podem ser “modulados”. Ele citou a idade mínima para aposentadoria. Na reforma da Previdência nacional, válida para o regime geral do INSS, foi estabelecido o mínimo de 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens. Carlos Eduardo Xavier declarou que é necessário, de fato, elevar as idades, mas é possível deixar a idade mínima das mulheres em 60 anos, tornando o aumento menos rigoroso para elas.

O cálculo do benefício pode ficar também mais suave para os servidores, segundo o secretário. Ele explica que, na reforma geral promulgada no fim do ano passado, foi estabelecido que o valor do benefício do INSS será a média de 100% das contribuições efetuadas. “Hoje, é a média de 80% das maiores contribuições. Podemos avançar para 90%”, complementou.

Há margem para negociação, ainda, nas regras de pensão. O titular da Secretaria de Tributação afirmou que o governo pode suavizar as normas em relação ao que foi aprovado nacionalmente. No caso do INSS, agora a pensão por morte será de 50% do valor da aposentadoria, acrescido de 10% para cada dependente. Foram endurecidas também regras para acúmulo de benefícios.

Carlos Eduardo Xavier enfatizou que esses pontos são negociáveis, mas não podem ser excluídos da proposta. “Estamos mexendo porque não tem condições de ficar como está. Todo dia tem servidor se aposentando. Estamos abertos para discussão, mas não podemos deixar de fazer (a reforma)”, ressaltou.

Outro ponto indefinido é o limite para concessão de benefícios. Pela regra geral, novas aposentadorias e pensões não podem ser superiores ao teto da Previdência.

Atualmente, segundo o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Estaduais (Ipern), o déficit financeiro mensal do regime próprio do Rio Grande do Norte é de R$ 130 milhões. Essa é a diferença entre o que o Estado tem de pagar de benefícios e o que realmente arrecada. O rombo é coberto com recursos do Tesouro. “Esse aumento de alíquota já era para ter sido feito antes”, fala o secretário de Tributação.

Reunião com servidores e envio para a Assembleia

Os detalhes da reforma foram discutidos na semana passada com os servidores. No encontro, os funcionários estaduais apresentaram algumas sugestões de mudanças no texto, que estão sendo avaliadas pela equipe econômica e que serão levadas à governadora Fátima Bezerra no início desta semana.

Uma nova reunião está marcada para acontecer na próxima quarta-feira, 22, quando os detalhes finais do texto serão discutidos. A expectativa é que o texto já esteja na Assembleia Legislativa quando os deputados estaduais voltarem do recesso parlamentar, em 4 de fevereiro.

Segundo Carlos Eduardo Xavier, o governo tem até 31 de julho para aprovar sua reforma da Previdência e, assim, se adequar às novas normas federais. A não adaptação à reforma geral pode levar o texto a perder o Certificado de Regularização Previdenciária, documento sem o qual o Estado ficaria impossibilitado de contratar empréstimos ou receber verbas federais.

Alguns itens são obrigatórios, como o aumento da alíquota previdenciária. Neste caso, o Estado tem duas opções: ou adota a alíquota progressiva (defendida pelo governo) ou aumenta a taxa para 14% para todos os grupos.

Servidores protestam contra a reforma

Entidades que representam funcionários do Governo do Estado têm reprovado a proposta. A presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta (Sinsp), Janeayre Souto, disse que nenhuma sugestão de mudança apresentada pelo Fórum dos Servidores foi acatada pelo governo, apesar de o secretário de Tributação falar em “pontos negociáveis”.

Na próxima quinta-feira, 23, servidores devem se reunir para discutir a minuta do projeto que será entregue pelo governo na véspera. Segundo Janeayre, se a gestão da governadora Fátima Bezerra insistir na proposta que tem defendido até agora, os servidores farão uma paralisação na próxima terça-feira, 28, em frente à Governadoria, em protesto contra a reforma da Previdência. Agora RN.

Comente

Poço Branco: Prefeito Waldemar de Góis Junto com Amigos e Amigas Prestigia a Festa do Padroeiro São Sebastião na Pousa ao Lado dos Vereadores e da Vice Pref

19/01/2020

Todos os Anos o Prefeito junto com Seu Irmão o Presidente João Horácio Vão Prestigia a Festa na Pousa

O Prefeito Waldemar de Góis e seu Irmão o Vereador João Horácio de Góis nunca Deixaram de ir Prestigia o Padroeiro da Pousa todos os Anos mesmo antes deles serem eleitos ia a Festa do Padroeiro São Sebastião na Pousa e com eles foram a Vice Prefeita Tina os Vereadores Percivaldo, o Vereador Babal, Rodrigo Lucas os Secretários Coordenadores Amigos e Amigas e ali recebeu o Carinho do Povo do Distrito da Pousa na Terra que eles tiveram quase toda sua infância ao lado do seu Pai o Saudoso João Maria de Góis estamos muito Felizes pela População da Comunidade Pousa Parabéns a Todos pela Recepção na Pousa Obrigado a Todos de Coração com humildade e carinho sempre estamos ao lado do Povo.

Comente

Em Natal, demolição do Hotel Reis Magos atinge 50% de execução

19/01/2020

Trabalho foi facilitado por causa das 'péssimas condições da estrutura'

Demolição do Hotel dos Reis Magos estará concluída até o próximo sábado, 25

Até o próximo sábado, 25, estará concluída a demolição do Hotel dos Reis Magos, na Praia do Meio, quatro dias antes do previsto.

A informação foi dada por Alexandre Duarte, presidente do Grupo Duarte, responsável pela demolição e reaproveitamento dos entulhos. O cronograma foi adiantado em quatro dias devido ao que ele qualificou de “péssimas condições da estrutura”, facilitando o serviço.

Saiba mais: Em Natal, demolição do Hotel Reis Magos atinge 30% de execução

Neste domingo, 19, o trabalho, que entrou pelo fim de semana, atingiu 50%. Às 13 horas deste domingo, o próprio Alexandre Duarte enviou fotos do progresso da demolição ao Agora RN.

O prédio que abrigava o Hotel Reis Magos, construção dos anos 60, é propriedade do Grupo de Hotéis Pernambuco, que há anos vinha tentando demoli-lo sem sucesso. Até poucos dias atrás, quando a Semurb concedeu o alvará de demolição.

rédio que abrigava o Hotel Reis Magos, construção dos anos 60, é propriedade do Grupo de Hotéis Pernambuco. Foto: Alexandre Duarte

Agora RN.

Comente

Brasil trabalha com Paraguai na recaptura dos 75 integrantes do PCC que fugiram de penitenciária

19/01/2020

Moro disse ainda que está à disposição do Paraguai para ajudar na recaptura dos presos

 
 

Após a fuga de 75 prisioneiros da Penitenciária Pedro Juan Caballero, no Paraguai, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou que o governo brasileiro está trabalhando junto com as força de segurança paraguaias para impedir a entrada dos criminosos no Brasil.

“Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”, disse Moro pelo Twitter.

Em outra postagem, o ministro disse ainda que está à disposição do Paraguai para ajudar na recaptura dos presos, que integram o Primeiro Comando da Capital (PCC).

“Estamos à disposição também para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. O Paraguai tem sido um grande parceiro na luta contra o crime”, escreveu.

Fuga

Nas primeiras horas deste domingo, 19, 75 prisioneiros escaparam da penitenciária por um túnel. Inicialmente, a ministra da Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez, disse que 91 presos haviam fugido. Pouco depois, a ministra corrigiu o número de fugitivos para 75.

O chefe de Segurança, Matías Vargas, e o diretor da penitenciária, Cristian González, foram demitidos. Também foram presos cinco guardas da prisão.

“Impossível que eles não tenham visto a quantidade de areia em uma das celas. O túnel foi cavado de uma cela que vai para o lado da prisão. Não é possível que os funcionários não tenham visto uma saída no perímetro da penitenciária. Existe um conluio brutal óbvio”, disse a ministra Pérez.

Sergio Moro
 
@SF_Moro
 

Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal. https://www.correiodoestado.com.br/cidades/campo-grande/mais-de-200-policiais-estao-em-operacao-para-impedir-entrada-de/366450/ 

Mais de 200 policiais estão em operação para impedir entrada de foragidos

Após a fuga de quase 100 presos que estavam na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso...

correiodoestado.com.br
Sergio Moro
 
@SF_Moro
 

Estamos à disposição também para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. O Paraguai tem sido um grande parceiro na luta contra o crime.

Comente

Ação da PM no Oeste do RN termina com suspeitos mortos, dois presos e sargento baleado na cabeça

19/01/2020

Segundo a PM, os homens são suspeitos de praticarem uma série de crimes na região

Dois suspeitos morreram, dois foram presos e um sargento da Polícia Militar foi baleado durante patrulhamento da corporação na manhã deste domingo, 19, nas cidades de Patu e Umarizal, região Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo a PM, os homens são suspeitos de praticarem uma série de crimes na região. A troca de tiros ocorreu durante abordagens nas duas cidades. Quatro suspeitos foram atingidos e socorridos para o hospital, sendo que dois deles não resistiram aos ferimentos e morreram, enquanto os outros dois seguem internados.

O sargento da PM será submetido a um exame de tomografia por ter sido atingido de raspão na cabeça. Embora não corra risco de morrer, ele foi transferido para Mossoró, onde seguirá em observação. Duas armas de fogo foram apreendidas.

Agora RN.

Comente

Poço Branco : Prefeitura Intensifica com Maquinas no Melhoramento das Estradas na Zona Rural.

19/01/2020

É Tempo de Mudança!

Prefeitura De Poço Branco/RN na Gestão do Prefeito Waldemar vem dando Melhor condições  da População Circular em seus Veículos nas Estradas da Zona Rural fazendo Melhoramentos nas Estradas com as Maquinas Da Prefeitura que Não para o Prefeito Waldemar de Góis vem Mostrando nesses 3 Anos e 20 Dias do Seu Governo  Municipal que mesmo com Recursos de Uma Prefeitura de 1.0 Mais Vem Fazendo em todas as Partes para nossa População ter as Estradas em Bom Estado pra Trafega com seus Carros e Motos Bicicletas e Carroças a Gestão está de Parabéns

 

Comente

Bolsonaro deve se encontrar com Regina Duarte nesta segunda-feira

19/01/2020

Ideia do governo é levar um nome de peso, reconhecido no meio cultural, para assumir o posto

Agência Estado

O Presidente Jair Bolsonaro deixou há pouco, neste domingo, 19, o culto da Igreja Memorial Batista que acompanhou por cerca de 25 minutos. Ele ficou sentado nas primeiras fileiras no templo, no bairro da Asa Sul, em Brasília, e deixou o local sem falar com a imprensa. Ao chegar à igreja, Bolsonaro se ajoelhou e recebeu uma bênção do pastor.

Mais cedo, ao deixar o Palácio da Alvorada, o presidente tirou fotos com simpatizantes e não quis comentar a possibilidade de recriar o Ministério da Cultura para abrigar a atriz Regina Duarte, que tem sido comentada por interlocutores do Planalto.

A leitura do governo é que o nome da atriz é poderoso demais para assumir apenas uma “secretaria”, status atual da pasta que era comandada até sexta-feira, 17, pelo dramaturgo Roberto Alvim Ele foi demitido do cargo após protagonizar um vídeo com referências ao nazismo.

Encontro

Bolsonaro e Regina Duarte devem encontrar-se na segunda-feira, 20, no Rio de Janeiro para tomar uma decisão sobre a entrada da atriz no governo federal. O presidente já tinha agendas marcadas na capital fluminense – às 10 horas, ele encontra-se com o prefeito Marcelo Crivella.

A ideia do governo é levar um nome de peso, reconhecido no meio cultural, para assumir o posto, nos moldes da indicação de Gilberto Gil para o Ministério da Cultura no governo Lula. Caso ela não aceite o convite, uma das opções cotadas é o ator Carlos Vereza.

O presidente Jair Bolsonaro e a atriz Regina Duarte combinaram um encontro no Rio pois querem uma “conversa olho no olho”, segundo uma fonte que acompanha as discussões para sucessão no comando da Cultura. A interlocutores, Bolsonaro disse que a atriz pretende entender o que o presidente espera dela, caso aceite o cargo.

Bolsonaro considera que Regina foi “humilde” ao afirmar que não está preparada para comandar a cultura no governo federal. Ele comparou a frase da atriz com as próprias falas, pois já disse não ser o melhor nome a presidente, segundo a mesma fonte. Para Bolsonaro, não é um problema que Regina já tenha feito críticas ao governo, pois todos teriam o direito a divergir.

Comente

Cerca de 75 integrantes do PCC fogem de prisão no Paraguai

19/01/2020

Cecilia Pérez, ministra da Justiça, considerou o caso 'extremamente grave e sem precedentes' e colocou o cargo à disposição

Agência Estado

Cerca de 75 presos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) fugiram neste domingo, 19, da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, próximo à fronteira com o Brasil. Um túnel foi encontrado no local, embora o governo acredite que parte dos criminosos tenha escapado pela porta da frente, com a cumplicidade de funcionários do presídio.

Em entrevista coletiva, a ministra da Justiça do país, Cecilia Pérez, ressaltou que o ministério denunciou em dezembro a existência de um plano de “fuga ou resgate” do PCC, pelo qual agentes penitenciários receberiam US$ 80 mil pela liberdade de líderes da facção. O efetivo policial foi reforçado nos presídios, mas não foi possível conter a fuga. A ministra considerou o caso “extremamente grave e sem precedentes” e colocou o cargo à disposição do presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez.

Um dos fugitivos, segundo o governo paraguaio, é David Timóteo Ferreira, considerado o líder do PCC dentro do sistema penitenciário do Paraguai. Outros seis são tidos como matadores de aluguel ligados ao tráfico.

O ministro do Interior do país, Euclides Acevedo, anunciou alerta máximo de segurança. Ele afirmou que é possível que alguns dos presos já tenham escapado para o Brasil. Outros ainda podem estar no país. A maioria dos fugitivos é altamente perigosa, disse o ministro. “Agora, o principal objetivo é recapturá-los e disponibilizá-los ao Ministério Público”, afirmou.

A Polícia de Ponta Porã (MS), na fronteira do Brasil com o Paraguai, encontrou três veículos queimados na BR-463, próximo ao distrito de Sanga Puitã, do lado brasileiro da linha internacional que separa os dois países. Como o achado se deu logo após a fuga , o secretário da Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira, também acredita que parte dos criminosos fugiu para o Brasil.

Ele disse que 200 policiais de várias forças foram deslocados para a região. “São homens da Polícia Rodoviária Estadual, do Departamento de Operações de Fronteira, além de equipes do Bope, Choque e Garra da capital (Campo Grande), com apoio de helicóptero nosso. Vamos fechar não só a fronteira, mas também as divisas com os Estados de São Paulo, Paraná e Goiás, pois já temos a informação de que muitos dos fugitivos são brasileiros de fora do nosso Estado”, disse.

O secretário informou ter feito contato com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), com as secretarias desses Estados e com a Guarda Nacional do Paraguai para ações conjuntas.

“Nossa inteligência está em contato ininterrupto com a polícia do Paraguai para troca de informações e, se necessário, de documentos. Pode haver casos de presos de lá que não tenham mandado de prisão aqui. Vamos dar apoio incondicional a eles nesse caso, pois interessa à nossa segurança”, disse. Segundo o secretário, as seguranças de terminais rodoviários, aeroportos e postos de fiscalização foram colocadas em alerta.

Fuga pode ter tido apoio de agentes

O Ministério da Justiça do país ainda não forneceu a lista de fugitivos. Mais cedo, alguns meios de comunicação locais mencionaram o número de 91, sendo que um dos prisioneiros teria sido capturado.

Em junho do ano passado, autoridades paraguaias estimaram haver cerca de 400 membros do PCC em presídios do país vizinho. Além disso, muitos subornavam agentes para desfrutar de mordomias.

À rede de televisão Telefuturo, o ministro do Interior disse considerar a hipótese de que os detentos saíram pelos portões principais da prisão e que tiveram o apoio dos agentes. Ainda segundo ele, o diretor da prisão, no departamento de Amambay, está de férias.

Acevedo afirmou também que está sendo investigada a possibilidade de que o túnel tenha sido construído ‘de fachada’ para esconder a suposta cumplicidade dos funcionários.

A Polícia Nacional já iniciou uma operação de busca dos fugitivos na área de Pedro Juan Caballero, cidade localizada na fronteira com o Brasil e que é um dos centros de operações do PCC no país vizinho.

Em dezembro passado, a ministra da Justiça, Cecilia Pérez, afirmou ter informações de inteligência prisional apontando para um plano de fuga ou resgate dos líderes da facção criminosa, que forneceriam uma recompensa de US$ 80 mil pela operação. Diante da ameaça, a Justiça chegou a anunciar o reforço da segurança nas penitenciárias.

A norma foi sancionada pelo presidente, Mario Abdo Benítez, no dia 8 de setembro de 2019, após vários confrontos e tumultos nas cadeias do país. Porém, alguns dias depois, o chefe do Comando Vermelho no Paraguai, Jorge Samudio, escapou. (Com informações de agências internacionais)

Comente

Aldemir Freire: “Quem ganha mais vai dar uma contribuição maior para a Previdência”

19/01/2020

Governo do RN.

O ano de 2020 promete ser o mais difícil e desafiador para o governo Fátima. O Executivo já finalizou o projeto de Reforma da Previdência estadual que será encaminhado em fevereiro para a Assembleia Legislativa. A proposta será apresentada na próxima quarta-feira (22) ao Fórum Estadual de Servidores antes de chegar às mãos dos deputados.

As alíquotas serão reajustadas de forma progressiva e chegarão a 18%. “Quem ganha mais, vai contribuir com uma tarifação maior. E quem ganha menos vai contribuir com menos”, disse. Já os aposentados que não contribuíam passarão a pagar uma taxa que também varia de acordo com os vencimentos. “É impossível fazer a reforma da previdência sem a contribuição dos aposentados”, afirma o secretário de Estado do Planejamento e das Finanças Aldemir Freire.

Leia a entrevista completa aqui na agência Saiba Mais.

Fonte Blog Do BG.

Comente

Whatsapp foi o app mais baixado no Brasil e no mundo em 2019

19/01/2020

Whatsapp

Aplicativos mais baixados

O aplicativo, ou app, Whatsapp foi o que apresentou o maior número de usuários no mundo e no Brasil. A informação é do relatório “Estado do Mundo Móvel 2020”, da consultoria App Annie, levantamento mais renomado sobre o mercado de aplicativos. O documento mostrou também que os brasileiros estão em terceiro no ranking de quem mais passa tempo utilizando esses programas.

No ranking mundial de mais usuários mensais, o Whatsapp ficou no topo. A lista evidencia a manutenção do domínio do Facebook, empresa que controla o app de mesmo nome, o FB Messenger, o Instagram e o próprio Whatsapp. Tomando números absolutos, o ranking é completado por apps chineses, em um mercado turbinado pela grande população do país.

Já no ranking de receitas obtidas em apps pagos, o grupo mostra a força dos apps de entretenimento e dos serviços de relacionamento. Neste último grupo está o Tinder, que encabeça a lista. Em seguida vêm aplicações de vídeo, como Netflix, Youtube e a chinesa Tencent Video. Agencia Brasil.

Comente

Água da chuva empoçada há mais de uma semana em rua de Natal invade casas e causa prejuízos a moradores

19/01/2020

Rua Tenente Souza, na Zona Norte, está alagada desde o dia 9 de janeiro. Moradores perderam móveis e seguem preocupados com a lagoa que se formou no local.

Por Inter TV Cabugi

Família do pedreiro Jefferson Flávio precisou colocar pertences para fora de casa após chuvas em Natal — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Família do pedreiro Jefferson Flávio precisou colocar pertences para fora de casa após chuvas em Natal — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

 

As chuvas que caíram nas duas últimas semanas em Natal travou o trânsito e alagou vários pontos pela capital. Neste sábado (18), a chuva diminuiu a intensidade. No entanto, na Rua Tenente Souza, no Loteamento Novo Horizonte, Zona Norte, a água ainda não secou. A via está alagada desde o dia 9 de janeiro. Moradores perderam móveis e seguem preocupados com a lagoa que se formou no local.

O pedreiro Jefferson Flávio mora com a esposa e as duas filhas em uma das casas na rua. O imóvel foi invadido pela água da chuva do dia 9 de janeiro e eles perderam vários móveis e eletrodomésticos. Jefferson e sua família precisaram tirar os pertences e colocar do lado de fora, mesmo com a água empoçada na frente da residência.

Segundo Jefferson Flávio, só foi possível salvar a geladeira. A casa é própria e a família não sabe o que fazer diante da situação. “Não veio ninguém aqui me dar apoio, nenhum órgão público”. O pedreiro diz que não tem como arcar com os prejuízos.

Além de Jefferson, outros moradores da Rua Tenente Souza também sofreram com os transtornos do alagamento. Um vizinho dele também teve a casa invadida pela água na semana passada. A correnteza chegou a derrubar parte do muro do homem.

Rua Tenente Souza, na Zona Norte de Natal, está alagada há mais de uma semana — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Rua Tenente Souza, na Zona Norte de Natal, está alagada há mais de uma semana — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Comente

Fiscalização identifica presos descumprindo normas do uso de tornozeleiras eletrônicas na Grande Natal

19/01/2020

Operação foi realizada pelos policiais penais entre a noite desta sexta-feira (17) e a madrugada deste sábado (18).

Por G1 RN

Operação Tolerância Zero identificou apenados descumprindo normas de uso da tornozeleira eletrônica na Grande Natal — Foto: Assessoria de Imprensa/Seap

Operação Tolerância Zero identificou apenados descumprindo normas de uso da tornozeleira eletrônica na Grande Natal — Foto: Assessoria de Imprensa/Seap

Uma operação realizada pelos policiais penais entre a noite desta sexta-feira (17) e a madrugada deste sábado (18) nas cidades da Grande Natal identificou quatro detentos com tornozeleiras que estavam descumprindo as regras do benefício.

Dois homens foram detidos por violar a área de inclusão, sendo que um deles estava em um bar, quando deveria estar em casa. Outro foi preso por romper a tornozeleira. Também foi detida uma mulher que estava fora da área onde deveria pernoitar. Quando usam as tornozeleiras, os apenados precisam permanecer na residência em que moram durante a noite.

Durante a ação, cada equipe de policiais tinha um operador com equipamento para localizar o usuário com tornozeleira em tempo real. Os policiais penais foram até as residências dos apenados e nos locais onde eles estão autorizados a transitar para verificar, in loco, o cumprimento da pena.

A ação foi chamada de Operação Tolerância Zero e teve o objetivo de fiscalizar o uso de tornozeleiras eletrônicas pelos presidiários do regime semiaberto. De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), a operação teve participação de 91 policiais penais, que realizaram 55 abordagens.

Os detidos foram conduzidos para a Penitenciária João Chaves para cumprimento de sanções. “Ações dessa natureza contribuem com a diminuição dos índices de criminalidade e terão continuidade”, declarou a Secretaria em nota enviada à imprensa.

O juiz da Vara de Execuções Penais, Henrique Baltazar, acompanhou a ação. Em casos mais graves, afirma o magistrado, o preso que violar o sistema de monitoramento eletrônico pode regredir do regime de cumprimento da pena. Um dos detentos flagrados pela operação fora da área de inclusão, por exemplo, teve a tornozeleira recolhida e ficará encarcerado na Penitenciária João Chaves.

Segundo a Seap, o Rio Grande do Norte tem, atualmente, 1.460 tornozeleiras ativas e está em processo de aquisição de outras 3 mil. 

Comente

Presidente diz que autor de facada é protegido até hoje

19/01/2020

Em maio do ano passado, a Justiça concluiu que Adélio tem transtorno mental e é inimputável

 
 

Em evento com simpatizantes e colaboradores do partido Aliança pelo Brasil, o presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a abordar neste sábado, 18, o atentado que sofreu durante a campanha eleitoral de 2018. Segundo ele, o autor da facada, Adélio Bispo de Oliveira, “é protegido até hoje”.

“Jamais o sistema podia sonhar que uma pessoa, com o nosso perfil, poderia chegar à Presidência da República”, afirmou Bolsonaro em discurso no evento, em Brasília. “A facada só aconteceu quando este sistema teve a certeza de que a única maneira de nos deter seria a eliminação física. E não é a toa que o assassino é protegido até hoje. O sistema protege esta pessoa”, acrescentou Bolsonaro, sem especificar qual seria a proteção recebida por Adélio Bispo.

Em maio do ano passado, a Justiça concluiu que Adélio tem transtorno mental e é inimputável – ou seja, é incapaz de entender seu crime e responder por seus atos.

Em seu discurso, Bolsonaro afirmou ainda que houve um “ponto de inflexão” com sua chegada à Presidência. “Nós vamos um dia, realmente, de fato, assumir os destinos de nossa nação, pela via democrática. Estamos plantando aqui essa verdadeira mudança para 2022”, acrescentou.

Comente

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 32 milhões nesta terça-feira

19/01/2020

Eis as dezenas sorteadas ontem: 01, 32, 37, 44, 46 e 47

 
 

O concurso 2226 da Mega-Sena, na próxima terça-feira, poderá pagar R$ 32 milhões a quem acertar as seis dezenas.

É que o concurso 2225 deste sábado (18) acumulou. Eis as dezenas sorteadas:  01, 32, 37, 44, 46 e 47.

A Quina, com cinco números acertados, teve 34 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma R$ 81.317,28.

Já a Quadra, com quatro 4 números acertados, registrou 3.100 apostas ganhadoras, com R$ 1.274,09 para cada uma delas.

As informações são do site da Caixa Econômica Federal.

Comente

‘Somos escravos da lei’, diz Bolsonaro sobre sanção de Fundo Eleitoral

19/01/2020

Presidente sancionou o Orçamento 2020, com Fundo Eleitoral de R$ 2 bilhões

 
 

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado, 18, que é “escravo da lei” e sancionou o Orçamento 2020, com Fundo Eleitoral de R$ 2 bilhões, para não cometer crime de responsabilidade. A sanção foi anunciada pelo Palácio do Planalto na manhã deste sábado, 18.

“Eu tenho que cumprir a lei. Posso ser enquadrado no crime de responsabilidade. Somos escravos da lei. Algumas coisas sanciono contra minha vontade. Outras eu veto contra minha vontade também O Brasil não é eu. São os outros Poderes também”, disse, em evento do Aliança Pelo Brasil.

Criado em 2017 para compensar as perdas impostas por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, dois anos antes, havia proibido doações de pessoas jurídicas aos candidatos, o Fundo Eleitoral é abastecido com dinheiro do Tesouro Nacional. A distribuição da verba fica a critério das cúpulas partidárias, que, em geral, privilegiam políticos com mandato.

O valor de R$ 2 bilhões foi aprovado pelo Congresso em dezembro do ano passado. Contrariado com críticas sobre a destinação desses recursos, Bolsonaro tem pedido a apoiadores que não votem em candidatos que utilizam recursos públicos nas eleições. O problema é que o “boicote” pode prejudicar seus próprios aliados

Diálogo

Durante o evento, Bolsonaro também afirmou aos apoiadores que, para governar o País, precisa conversar com os presidentes dos demais Poderes. “Eu tenho que governar o Brasil. Tenho que conversar com o presidente de todos Poderes quando sentir necessidade. E a recíproca é verdadeira. Com a ajuda do Parlamento, com a ajuda do Supremo Tribunal Federal, nós crescemos no ano passado”, afirmou.

As declarações foram feitas em discurso no primeiro evento oficial em Brasília do Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro pretende criar e controlar já a partir de 2020. Foi o primeiro compromisso do presidente na manhã deste sábado fora do Palácio da Alvorada.

A reunião partidária foi encerrada com uma oração feita pela pastora Rosa Martins. Para o momento religioso, o pastor Laurindo Shalon, coordenador da Associação Internacional Cristã Amigos Brasil-Israel (Haverimbril), foi chamado para se posicionar ao lado do presidente.

A presença do líder religioso ocorreu um dia depois de Bolsonaro ser pressionado para demitir o secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, por conta de um vídeo no qual ele parafraseou Joseph Goebbels, o ministro da Propaganda de Adolf Hitler.

“O presidente é uma pessoa sábia. Foi sensível ao anseio da sociedade como um todo. Demonstrou o amor que ele tem para com Israel, para com a comunidade judaica brasileira. Quando alguém se manifestou daquela forma, trouxe a memória da carnificina, do holocausto”, comentou o pastor, em entrevista.

Agências regulatórias

Bolsonaro também falou sobre do poder das agências regulatórias no País e afirmou que muitas agências chegam a ter mais poder do que os ministérios de seu governo.

“Um projeto de lei sobre agências chegou na minha mesa para ser sancionado ou aprovado. Vetei muita coisa mas, lamentavelmente, o Congresso derrubou o veto”, criticou Bolsonaro. “Deram poderes para outras pessoas quase que decidir quem vai integrar as agências.”

Falando a uma plateia de simpatizantes e colaboradores do partido que está em formação, Bolsonaro criticou ainda o poder de decisão das agências. “Pouquíssimas pessoas aqui sabem como são escolhidos os integrantes das agências. Um cargo em média de R$ 15 mil (de salário), muitas vezes cinco pessoas decidem o destino de verbas de dezenas de bilhões de reais”, disse.

Neste ponto do discurso, Bolsonaro também citou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão que é vinculado ao Ministério do Turismo. De acordo com Bolsonaro, o Iphan é uma espécie de “subsecretaria” que “tem o poder de embargar obras pelo Brasil”. “E obras muitas vezes embargadas por critérios absurdos. Com que interesse?”, questionou o presidente.

Comente

Homens fazem arrastão em ônibus na Zona Norte de Natal e levam celulares e dinheiro

18/01/2020

Crime aconteceu na noite desta sexta-feira (17) no bairro de Igapó.

InterTV Cabugi

Homens assaltam ônibus na Zona Norte de Natal e levam celulares e dinheiro — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Homens assaltam ônibus na Zona Norte de Natal e levam celulares e dinheiro — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

 

Dois homens fizeram um arrastão dentro de um ônibus na Zona Norte de Natal, na noite desta sexta-feira (17), e levaram nove celulares dos passageiros, além do dinheiro que estava no caixa. Os bandidos fugiram e não foram mais vistos.

O roubo aconteceu na Linha 50, quando o ônibus passava na estação de transferência do bairro Igapó. Os suspeitos subiram e anunciaram o assalto. Segundo testemunhas, eles pareciam estar armados com facas. Havia 10 passageiros no veículo. O motorista e a cobradora disseram que não desconfiaram dos assaltantes, porque eles estavam bem vestidos.

 

Comente

Pré-Olímpico: seleção sub-23 estreia contra o Peru no domingo

18/01/2020

Dos 10 países sul-americanos inscritos, apenas dois irão a Tóquio 2020

esportes, Seleção Olímpica, Futebol

 

A seleção brasileira sub-23 começa neste domingo (19) sua jornada em busca da vaga olímpica. O Brasil estreia contra o Peru no Pré-Olímpico Sul-Americano, na Colômbia, que começa amanhã (18) e prossegue até 9 de fevereiro.  O jogo de estreia da seleção, válido pela primeira rodada da fase de grupos, terá início às 22h30 (horário de Brasília) de domingo, no Estádio Centenário da cidade de Armênia, a 280 quilômetros (km) da capital Bogotá.

Ricardo Graça, convocado para a Seleção Olímpica

Ricardo Graça, zagueiro do Vasco, foi o último a ser convocado para a Seleção Olímpica - Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O último a integrar a equipe brasileira foi o zagueiro Ricardo Graça, convocado na noite de ontem (16) pelo técnico André Jardine. Ele vai substituir o jogador Walce, do São Paulo, cortado na última segunda (13) devido a uma grave lesão (ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo). O jogador se machucou sozinho, durante um amistoso no último domingo (12) contra o Boavista, e terá de passar por cirurgia.

Atual campeã olímpica – o ouro foi conquistado pela primeira vez na Rio 2016 – a seleção está no grupo B que, além do Peru, tem ainda Uruguai, Bolívia e Paraguai. No grupo A estão Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela. Os dois melhores de cada chave avançam para o quadrangular final, e apenas dois vão carimbar o passaporte rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho, no Japão.

Confira a lista dos 23 jogadores convocados para o Pré-Olímpico Sul-Americano:

Goleiros: Cleiton (Atlético-MG), Ivan (Ponte Preta) e Phelipe (Grêmio).

 

Laterais-direitos: Dodô (Shakhtar Donetsk-Ucrânia) e Guga (Atlético-MG).

 

Laterais-esquerdos: Iago (Augsburg-Alemanha) e Caio Henrique (Fluminense).

 

Zagueiros: Nino (Fluminense), Bruno Fuchs (Internacional), Robson Bambu (Athletico-PR) e Ricardo Graça (Vasco).

 

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Athletico-PR), Maycon (Shakhtar Donetsk-Ucrânia), Igor Gomes (São Paulo), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Flamengo) e Bruno Tabata (Portimonense- Portugal).

 

Atacantes: Antony (São Paulo), Pepê (Grêmio), Matheus Cunha (RB Leipzig-Alemanhã), Paulinho (Bayer Leverkusen-Alemanha), Pedrinho (Corinthians) e Yuri Alberto (Santos).

Agencia Brasil.

Comente

Mega-Sena deve pagar R$ 27 milhões neste sábado

18/01/2020

Sorteio

O concurso nº 2.225 da Mega-Sena deste sábado (18) pode pagar R$ 27 milhões para a aposta que acertar as seis dezenas. Segundo a Caixa, a probabilidade de acerto com apenas um bilhete é de 1 para cada 50.063.860.

As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) de hoje em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país e também pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Comente