Padres a favor de Bolsonaro defendem uso de armas para legítima defesa

08/01/2019

Padres são a Favor de uso de Armas para cidadão

 

À direita, o padre Edvaldo Betioli aparece em centro de treinamentos de tiros em Atibaia Foto: Reprodução

Em sua conta pessoal no Twitter o presidente Jair Bolsonaro aproveitou nesta segunda-feira uma postagem de uma pregação católica para destacar uma de suas principais bandeiras: a defesa das armas de fogo. Bolsonaro retuitou um vídeo no qual o padre Paulo Ricardo de Azevedo afirma que os católicos têm direito à legítima defesa e, por isso, podem optar pelo uso do armamento.

A mensagem não é isolada no mundo católico. Entre os admiradores de Paulo Ricardo há até mesmo um outro padre que chegou a fazer curso de tiros ao lado de blogueiros que apoiam o presidente Bolsonaro.

Com mais de 1 milhão de seguidores no Facebook e 514 mil inscritos em seu YouTube, o padre Paulo Ricardo faz na gravação uma reflexão sobre o desarmamento e pede que os fiéis não se deixem influenciar por uma ideologia pacifista e por um complexo de culpa.

“O que é um homicídio, o que é matar uma pessoa? É tirar a vida do inocente. O pecado do homicídio é isso, mas aqui nós não estamos tirando a vida do inocente, estamos tirando a vida do agressor. A legítima defesa é cristã, é moral, perfeito”, diz o padre Paulo Ricardo, em vídeo à época do massacre do Realengo, em 2011, quando um atirador matou 12 alunos em uma escola da Zona Oeste do Rio.

No vídeo, o padre Paulo Ricardo pede que os fiéis não se deixem influenciar por uma ideologia pacifista e por um complexo de culpa. Paulo Ricardo é conhecido por seus discursos contra a esquerda e o comunismo. Ele já fez críticas públicas aos governos de Dilma Rousseff e a setores do clero brasileiro mais de uma vez.

Ele também promove a obra de Olavo de Carvalho, uma das referências intelectuais dos apoiadores de Bolsonaro. O religioso e Olavo já gravaram vídeos juntos. No seu site, Paulo Ricardo diz que o seu trabalho intelectual foi “profundamente influenciado” por Olavo.

Arco e flecha

Na Zona Leste de São Paulo, um dos seguidores de Paulo Ricardo circula com desenvoltura entre apoiadores do presidente. Em dezembro, o padre Edvaldo Betioli, que pertence à congregação dos Palotinos na igreja São João Batista, fez um treinamento de tiros em Atibaia, no interior paulista. Na época, o instrutor do curso foi Bene Barbosa, que se apresenta como especialista em segurança e atua em defesa do bolsonarismo nas redes sociais.

Além de Bene, o padre posou com uma arma também ao lado do blogueiro Bernardo Küster, outro defensor das bandeiras da direita e um crítico da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A foto do treinamento foi postada na conta do Instagram de Bene, que na legenda fez questão de destacar que o curso foi “abençoado” pela presença do padre. Em seguida, provocou: “Católico jujuba e CNBB não curtiram”.

A publicação foi apagada depois que O GLOBO procurou o padre. A CNBB e a Arquidiocese de São Paulo não se manifestaram.

O padre Almir Roman, pároco da igreja de São João Batista, onde Betioli é um dos padres, reprovou a atitude do religioso por se deixar fotografar no curso de tiros. No entanto, disse que não vê problemas na participação de líderes religiosos em aulas de tiros, e se disse interessado em também aprender a manusear uma arma para defender sua igreja. Contou, inclusive, que já fez curso de arco e flecha:

— Não é bom um padre se exibir em foto com uma arma. Quanto ao curso, também quero fazer. Já houve assaltos na paróquia. A secretária foi ameaçada com uma arma. Da minha sala eu teria uma boa posição para atirar.

O padre Edvaldo Betioli disse que não contrariou as normas da igreja ao frequentar o curso de tiros. Afirmou ainda que os ensinamentos sobre o tema são claros e podem ser encontrados no Catecismo da Igreja Católica.

— Estive presente em um curso de tiro, em um lugar regulamentado e com finalidade esportiva. Não realizei nada proibido pela igreja. Não há motivos para histerias diante da foto — disse Betioli.

O Globo

 

Comente

Crime organizado na mira: pacote de Moro está “quase pronto”

08/01/2019

pacote de Moro

O pacote de Sergio Moro está “quase pronto”, segundo o deputado Joaquim Passarinho. Ele disse para o Valor, depois de se encontrar com o ministro:

“Discutimos um pouco dos problemas que estão acontecendo no Brasil, principalmente da impunidade, do crime organizado, que tem regalias até dentro dos presídios. Não pode ter progressão de pena para o crime organizado.”

Com informações de O Antagonista e Valor

Comente

Dirigente do PC do B critica plano de Fátima

08/01/2019

critica

 

Gutemberg Dias critica Fátima (Foto: reprodução/Internet)

Dirigente do PC do B, professor e empresário, Gutemberg Dias não poupou de críticas a escolha feita pela governadora Fátima Bezerra (PT) para solucionar os problemas da folha de pagamento (ver AQUI).

Para ele, será a ampliação dos atrasos: “Esse novo modelo representa a uma grande parte dos servidores a ampliação dos atrasos. Uma parte dos servidores, aqueles que recebiam menos de 5 mil reais estavam recebendo o mês vencido no dia 10 do mês subsequente, ou seja, com atraso de 10 dias, agora passam a fazer parte dos que estão com salários atrasados em 30 dias. Traduzindo, dezembro de 2018 foi para o “devo e não nego, pago quando puder”.

Não é a primeira vez que Gutemberg Dias se mostra insatisfeito com as decisões da governadora. Durante a transição ele também andou expondo a insatisfação dele no Twitter.

Gutemberg é membro da direção estadual e da Comissão Política Estadual do PC do B. Fonte Blog do Barreto.

Comente

Moradores de Macau foram surpreendidos com forte ventania no fim da tarde dessa segunda; Emparn explica fenômeno

08/01/2019

fenômeno

 

 

Reprodução/Emparn

Moradores da cidade de Macau foram surpreendidos com uma forte ventania no fim da tarde dessa segunda-feira(07). O meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, explica que a ocorrência de fortes ventos, com velocidade acima de 50km/h foi devido a formação de uma célula de instabilidade sobre os municípios de Pendências, Carnaubais e Alto do Rodrigues, onde registraram-se chuvas com índices em torno de 40mm no período de 2 horas.

Segundo o meteorologista da Emparn, a formação dessa célula de instabilidade (área de baixa pressão) ocasionou o deslocamento acentuado do ar nas regiões circunvizinhas. Fonte Blog do BG.

Comente

Polícia vai investigar morte de mulher e recém-nascido na Grande Natal

08/01/2019

Direção da maternidade Divino Amor comunicou o fato à Polícia Civil para que fosse apurado o que aconteceu. As causas da morte da mãe e do bebê ainda são

 

Mulher chegou ao hospital, em Parnamirim, após sofrer parada cardíaca e morreu. Corpo da criança foi achado dentro de uma mala, em Macaíba

A Polícia Civil vai investigar o caso da mulher que morreu na maternidade Divino Amor, em Parnamirim, sem a criança que tinha dado à luz e o corpo foi encontrado dentro de uma mala, em Macaíba.

Segundo informações, Maria Idelma Mota da Silva, 32 anos, chegou à maternidade sofrendo uma parada cardíaca. Ainda tentaram salvá-la, mas ela não resistiu e morreu.

Ao examinar a mulher, a equipe médica verificou que não havia feto ou bebê na barriga da mulher, apenas a placenta.

A direção do hospital comunicou o fato à Polícia Civil para que fosse apurado o que aconteceu.

Na madrugada desta terça-feira, 8, o corpo da criança foi encontrado enrolado em um lençol dentro de uma mala, na casa onde a mãe morava, na Rua Santa Cecília, no bairro Morada Nova.

As causas da morte da mãe e do bebê ainda são desconhecidas. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) realizará perícias para identificar as causas das mortes. Fonte Agora RN.

Comente

Motorista de aplicativo é morto a tiros dentro de carro na região Oeste potiguar

08/01/2019

Crime aconteceu no município de Mossoró e a suspeita da polícia é que a vítima foi vítima de um latrocínio

 

De acordo com informações da perícia, três tiros foram disparados de fora para dentro do carro e os vidros do veículo estavam abertos

O motorista de aplicativo Marcos Francisco Dantas foi assassinado a tiros no início da noite da segunda-feira, 7, em Mossoró, na região Oeste potiguar. O veículo que ele dirigia foi encontrado abandonado na estrada da Raiz, que fica entre os conjuntos Royal Ville e Nova Mossoró.

Moradores da região acionaram a Polícia Militar logo após os disparos, ao chegar no local os PMs encontraram o corpo do motorista dentro do carro. A vítima foi morta com tiros na cabeça.

De acordo com informações da perícia, três tiros foram disparados de fora para dentro do carro e os vidros do veículo estavam abertos. A PM considera o crime como um possível latrocínio, que é o roubo seguido de morte pelo fato de não ter sido encontrado o celular da vítima nem a carteira com os documentos. Fonte Agora RN.

Comente

Servidores exigem nova proposta do Governo do RN para os salários atrasados

08/01/2019

Funcionários públicos e governo do Estado terão uma nova rodada de negociação com o governo estadual nesta terça-feira, 08, às 15h, no Palácio do Govern

 

Governadora Fátima Bezerra participou de encontro com os servidores na última segunda-feira, 07

Os servidores públicos estaduais exigem mudanças na proposta feita pela governadora Fátima Bezerra para a quitação dos débitos da folha salarial do funcionalismo. A atual gestão tem uma dívida estimada de R$ 1,1 bilhão, que está dividida em quatro folhas atrasadas, mas não apresentou um calendário para o pagamento deste valor. Além disso, o governo propõe pagamento de 30% do salário de janeiro até o próximo dia 10 e os 70% restantes no último dia útil do mês.

Segundo Janeayre Souto, atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte (Sinsp), os servidores estaduais terão uma nova rodada de negociação com o governo estadual. A reunião acontece às 15h, no Palácio do Governo, no Centro Administrativo do Estado, com a presença da secretária estadual de Administração, Virgínia Ferreira.

“Vamos apresentar uma contraproposta, sim. Queremos que os débitos com os servidores respeitem a cronologia. Não queremos parcelamento dos nossos salários. Esperamos que o governo se sensibilize e modifique esta forma de pagamento”, diz Janeayre Souto.

O mesmo esquema de pagamento do mês de janeiro será replicado em fevereiro, segundo o governo. Com relação aos débitos anteriores, todos firmados durante a gestão de Robinson Faria (PSD), o Executivo estadual vai correr atrás de recursos extraordinários, como a antecipação dos royalties do petróleo, mas ainda não há previsão para a quitação dos valores devidos aos servidores.

O débito total com salários soma de R$ 1,1 bilhão. A soma inclui parte do 13º de 2017 e do salário de novembro, além das folhas integrais de dezembro e o 13º salário de 2018. Fonte Agora RN.

Comente

João Rebouças assume TJRN e quer agilizar julgamentos e cortar gastos

08/01/2019

Uma das medidas a serem adotadas na nova gestão será o corte em 20% dos contratos firmados pelo Tribunal de Justiça, entre contratos com fornecedores, tercei

 

João Rebouças pretende fazer “mais com menos” no Tribunal de Justiça do RN

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, empossou o desembargador João Rebouças como presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) para o próximo biênio. Durante a cerimônia de posse, que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra, João Rebouças disse que a prioridade de sua gestão será a prestação jurisdicional e a virtualização de todos os processos em tramitação no Poder Judiciário estadual.

A sessão solene de posse aconteceu na noite desta segunda-feira, 7, no Centro de Convenções de Natal. “Nós temos como meta deixar o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte 100% digital, mas também 100% humano. E a nossa meta é julgar mais processos, tanto na primeira, quanto na segunda instância”, assegurou o novo mandatário da Justiça Estadual potiguar. João Rebouças citou como exemplo a implantação do sistema do Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todas as comarcas do Estado.

Para ele, a expectativa é chegar ao final de 2019 com todo o acervo, de todas as comarcas do Poder Judiciário, já digitalizado. Ou seja, ele pretende acabar o ano com o Poder Judiciário totalmente digital. “Assim, estaremos combatendo um problema histórico no Judiciário, que é a morosidade. Vamos tentar dar a resposta que a sociedade espera do Judiciário, que é o julgamento de seus processos”, anunciou o novo presidente do TJRN.

Questionado sobre como o Tribunal de Justiça atuará frente a diminuição de recursos anunciados pelo Governo do Estado, o desembargador João Rebouças afirmou que a gestão buscará fazer “mais com menos”. Ele garantiu que o TJRN vai colaborar com o Poder Executivo na questão orçamentária e terá por meta concentrar esforços na sua atividade-fim, priorizando os julgamentos de processos – tanto de primeira como de segunda instâncias.

Uma das medidas a serem adotadas na nova gestão será o corte em 20% dos contratos firmados pelo Tribunal de Justiça, entre contratos com fornecedores, terceirizados e estagiários, entre outros. Indagado sobre como será o relacionamento com o Governo do Estado, João Rebouças disse que espera que seja um bom relacionamento, no qual sejam respeitados a harmonia e a independência entre os poderes, princípios constitucionais a serem seguidos pelos poderes constituídos.

Sobre o projeto de agregação de comarcas, executado na última gestão, ele esclareceu que foi uma medida necessária e prevista pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e que a nova gestão poderá fazer análises para uma adequação a realidade atual, situação que poderá ser mantida ou alterada a depender de estudos a serem realizados. Fonte Agora RN.

Comente

Polícia registra dois homicídios em Natal

08/01/2019

Casos aconteceram nas zonas Norte e Sul da cidade

 

Dois homicídios foram registrados na noite dessa segunda-feira (7) em Natal. O primeiro caso aconteceu no conjunto Santarém, na zona Norte. O segundo foi em Capim Macio, na zona Sul da capital.

No caso da ZN, o homem estava com vizinhos na calçada quando dois criminosos anunciaram o assalto. Eles levaram uma moto. Contudo, antes da fuga dos bandidos, Fábio Júnior Sabino de Lucena, de 29 anos, tentou correr e acabou sendo atingido. Ele não resistiu e morreu no local.

Já na ZS, um empresário de uma banda de forró foi morto a tiros. Ele estava em um bar e saiu do local para atender uma ligação. Foi nesse momento que os criminosos efetuaram os disparos. A polícia acredita que o crime se trata de uma execução, pois nada da vítima foi roubado.

João Paulo Ramos Agostinho da Silva tinha 33 anos e morreu no local antes do socorro médico.Fonte Portal Noar.

Comente

Bancos terão de devolver R$ 84 bi ao Tesouro Nacional

08/01/2019

Valor é classificado como dívida especial

Por Estadão Conteúdo

 

 

 

Os três bancos públicos terão de devolver aos caixas do Tesouro Nacional R$ 84 bilhões durante o mandato de Jair Bolsonaro. O plano de Paulo Guedes, no entanto, vai depender do sucesso da venda da participação das subsidiárias e de não comprometer regras bancárias que se tornarão mais rigorosas a partir deste ano.

Esses R$ 84 bilhões foram emprestados aos bancos em forma de “instrumento híbrido de capital e dívida” e são classificados como dívida especial, pois os recursos são incorporados ao patrimônio dos bancos, o que eleva a capacidade deles para conceder novos empréstimos.

Só nesse tipo de dívida, o BNDES tem R$ 35,5 bilhões para devolver ao Tesouro. O banco de desenvolvimento também negocia o pagamento de outra dívida, bem maior, das injeções feitas nos últimos anos por outros instrumentos. Só em 2019, o pagamento será de R$ 100 bilhões.

Pedro Guimarães, da Caixa, afirmou que o banco pretende abrir o capital de subsidiárias da instituição para pagar R$ 40 bilhões da dívida ao Tesouro. Entre as áreas que podem ter a participação do banco estatal reduzida estão cartões, seguros, administração de recursos de terceiros e loterias. A Caixa é uma empresa de capital fechado (sem ações na Bolsa) controlada 100% pela União – o BB é uma empresa de economia com capital público e privado. Ou seja, Guimarães quer abrir o capital dessas empresas para levantar recursos e quitar a dívida com o Tesouro.

No entanto, o sucesso não é garantido. Desde 2015, dois governos diferentes – Dilma Rousseff e Michel Temer – tentaram abrir o capital da Caixa Seguradora, mas a iniciativa não foi para frente. Guimarães, no entanto, prometeu fazer duas operações, talvez três, ainda este ano.

Já Rubem Novaes, do BB, afirmou que a devolução de R$ 8,1 bilhões do BB ao Tesouro só será feita se o banco não ficar desenquadrado nas regras internacionais que regulam a relação entre capital e os recursos emprestados. A norma batizada de Basileia 3, criada após a crise financeira global de 2008, aumentou gradativamente a participação do capital genuinamente próprio que os bancos são obrigados a ter para fazer frente aos riscos.

“Essa questão precisa ser olhada. Ainda não tive tempo de verificar se o banco possui uma folga (de capital) nessa questão Não há dúvida de que essa devolução seria vantajosa para a União, mas isso só irá acontecer se não comprometer a capacidade do banco”, disse.

Novaes afirmou que as áreas de administração de fundos, meios de pagamento, seguridade, crédito a famílias e a pequenas e médias empresas são rentáveis, são “joias da cora” e, portanto, devem ser preservadas com a abertura de capital ou formação de parcerias.

Comente

Prorrogação de incentivos fiscais por Bolsonaro beneficia RN

08/01/2019

Benefícios foram responsáveis pela geração e manutenção de 39.112 empregos no estado

Por João Paulo Machado/Agência do Rádio Mais

 

 

Já nos primeiros dias após tomar posse como novo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) sancionou o projeto de Lei que prorroga os benefícios fiscais para as regiões Norte e Nordeste do Brasil, além do Centro-Oeste, exceto o Distrito Federal.

A decisão publicada no Diário Oficial da União dessa sexta-feira (4) amplia de 2018 para 2023 o prazo para que os empreendimentos dessas regiões tenham direito à redução de 75% do Imposto de Renda (IR) calculado com base no lucro da exploração.

No Rio Grande do Norte, que está dentro da área da Sudene, os benefícios geraram um investimento em recursos que ultrapassaram a marca de R$ 4 bilhões entre 2013 e 2017. Os incentivos fiscais também foram responsáveis pela geração e manutenção de 39.112 empregos no estado.

O deputado federal, Felipe Maia, do DEM, do Rio Grande Norte que trabalhou pela aprovação da legislação na Câmara, comenta a prorrogação dos benefícios.

“Uma renúncia fiscal se justifica quando nós estamos apostando na criação ou manutenção de empregos e, consequentemente, de renda para regiões mais pobres do país, ou as duas mais pobres do país, Norte e Nordeste. Então, a minha posição e meu voto foi nesse sentido. No apoio ao emprego gerado e na renda, consequentemente que é gerada por esses empregos”.

Para o superintendente da Sudene, Mário Gordilho, a extensão do benefício era essencial para o crescimento das economias dos estados do Nordeste.

“Ele é muito mais incentivo do que despesa efetiva ou perda de receita. Porque a receita que advém da melhoria de produtividade das empresas para outros impostos, que não o imposto de renda, é muito maior do que o que se está fazendo de concessão para a redução de imposto. Realmente o nome incentivo é bem apropriado. E a condição para ser feito esse incentivo é que o recurso seja reaplicado na própria indústria. Não é pura e simplesmente ‘não pago imposto. Pronto. Pego meu dinheiro e boto no bolso’. Não. O dinheiro fica na empresa para ser reinvestido na empresa”.

Para cada um real de incentivo de imposto de renda, segundo o Governo Federal, R$ 19,36 foram investidos no Nordeste. Somente entre 2013 e 2017, foram criados mais de 800 mil empregos, diretos e indiretos e mais de 1.600 novos empreendimentos foram implantados ou incentivados no Nordeste, de acordo com o Ministério da Integração Nacional.

Comente

Mulher é morta a golpes de barra de ferro no RN; suspeito é achado enforcado

07/01/2019

Caso aconteceu neste domingo (6) no município de Senador Elói de Souza. Companheiro teria se matado após o crime.

Por G1 RN

 

Uma mulher foi morta espancada com barras de ferro na madrugada de domingo (6) em uma comunidade rural do município de Senador Elói de Souza, a cerca de 60 quilômetros de Natal. O principal suspeito do crime era o companheiro dela, que foi encontrado enforcado, pela polícia.

A vítima foi identificada como Marciana Felix de Sales, que tinha 30 anos de idade. Segundo a polícia, moradores do Assentamento Aroeira chamaram a polícia por volta das 2h50, afirmando que viram o homem agredindo a mulher com uma barra de ferro.

A mulher foi socorrida, em uma ambulância, ao hospital da cidade, mas já chegou sem vida à unidade.

O corpo de José Antônio Vital Ferreira, de 39 anos, que era o companheiro de Marciana, foi encontrado enforcado no mesmo imóvel. A suspeita da polícia é que ele tenha se matado após cometer o crime.

 

Comente

Pesquisa de mestrado aponta alto índice de cães no RN infectados pelo agente causador da doença de Chagas

07/01/2019

Estudo do médico veterinário Vicente Toscano revela que 42% dos cães no interior do estado estão infectados pelo Trypanosoma cruzi.

Por Marksuel Figueredo, Inter TV Cabugi

 

Estudo é do médico veterinário Vicente Toscano, que concluiu em 2018 mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). — Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi

 

Estudo é do médico veterinário Vicente Toscano, que concluiu em 2018 mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). — Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi

Uma pesquisa de mestrado aponta que 42% dos cães no interior do Rio Grande do Norte estão infectados pelo Trypanosoma cruzi, agente causador da doença de Chagas. O estudo é do médico veterinário Vicente Toscano, que concluiu em 2018 mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Vicente usou um método de biologia molecular para chegar aos resultados.

"Esse método consiste na retirada de uma pequena quantidade de sangue do cão. Em seguida, extraímos o DNA do sangue do animal e realizamos um procedimento chamado de PCR, que permite amplificar seguimentos do DNA e, assim, verificar ou não a presença do DNA do Trypanosoma naquela amostra colhida", explicou o veterinário.

A pesquisa durou dois anos e foi realizada nos municípios de Caicó, Acari, Caraúbas e Marcelino Vieira no interior do estado. Vicente explica que os animais infectados não apresentam sintomas visíveis, nem transmitem a doença de Chagas, mas atuam como sinalizadores da presença da infecção nessas localidades.

"O barbeiro é o inseto que pode hospedar o protozoário Trypanosoma e transmite a doença. A pessoa pode ser infectada pelas fezes contaminadas do barbeiro ou pela ingestão de alimentos contaminados, ou ainda pela transfusão sanguínea. Apesar de o cão não transmitir a doença de Chagas, ele é um importante sinalizador da presença do seu agente causador", alerta o veterinário.

Vicente diz que a vida média de um cão gira entorno dos 10/15 anos e que a pesquisa apontou animais contaminados aos quatro meses de vida. "Esse dado é importante porque comprova que a doença de Chagas está ativa no estado e o poder público precisa atentar para isso. Um animal aos quatro meses infectado é a prova de que o Trypanosoma está agindo", frisa.

Em 2014, foi publicado o primeiro estudo com revisão sistemática e metanálise para estimativa da prevalência da doença de Chagas no Brasil. A partir desse e de outros estudos, as estimativas mais recentes no país revelam que o número de pessoas infectadas pelo Trypanosoma varia entre 1,9 milhão e 4,6 milhões.

 

Comente

Governo do RN busca R$ 1,1 bi em recursos extraordinários para quitar dívidas

07/01/2019

Atual gestão prevê o recebimento de R$ 1,1 bilhão através da antecipação de fontes de receita, como o adiantamento dos valores dos royalties do petróleo

 

ecretário estadual de Planejamento, Aldemir Freire

A governadora Fátima Bezerra iniciou esta semana uma corrida pela obtenção de recursos extraordinários e, com isso, conseguir pagar o débito acumulado em quatro folhas salariais pendentes do governo Robinson Faria. A atual gestão prevê o recebimento de R$ 1,1 bilhão através da antecipação de fontes de receita, como o adiantamento dos valores dos royalties do petróleo.

Segundo o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire, o governo vai antecipar os royalties do petróleo até o fim da atual gestão (R$ 500 milhões); vender a folha salarial dos servidores para uma nova instituição financeira (R$ 240 milhões); e buscar os recursos da cessão onerosa do pré-sal (R$ 400 milhões). “Nós acreditamos que este bolo de receita é suficiente para honrar os compromissos da dívida com os servidores”, explica.

A quantia é superior ao débito total de R$ 1 bilhão com os mais de 100 mil integrantes da folha salarial do estado – somando servidores da ativa, aposentados e pensionistas. A soma inclui parte do 13º de 2017 e do salário de novembro, além das folhas integrais de dezembro e o 13º salário de 2018.

Além disso, a gestão vai tentar antecipar receitas do fundo compensação salarial dos servidores. Este montante, entretanto, ainda não tem um valor definido, pois segue em estudo pela equipe econômica estadual. “Nosso objetivo prioritário agora é garantir o mínimo de previsibilidade do pagamento dos servidores. Queremos que esta ‘bola de neve’ pare de crescer. É preciso conter o avanço das dívidas do Estado”, relata Aldemir Freire.

A primeira ação para receber recursos extraordinários será a antecipação dos royalties do petróleo. O Governo conseguiu cerca de R$ 100 milhões em 2018, mas os recursos estão parados em razão de uma ação judicial. A equipe econômica espera conseguir ainda no primeiro trimestre os royalties até o ano de 2022. O montante total está calculado em R$ 500 milhões. “Vamos buscar antecipar estes valores de todo o mandato, mas precisamos de autorização da Assembleia Legislativa”, aponta.

Ainda de acordo Aldemir Freire, a governadora Fátima Bezerra ainda não definiu se fará uma convocação extraordinária da Assembleia Legislativa para apreciar o adiamento dos royalties do petróleo. Os trabalhos da assembleia legislativa serão retomados a partir da segunda quinzena de fevereiro.

Outra fonte de dinheiro será obtida com a venda da folha de pagamentos do Estado. Atualmente, a conta é administrada pelo Banco do Brasil. Segundo Aldemir Freire, o negócio pode representar R$ 240 milhões.

Na próxima sexta-feira, 11, a equipe econômica participará de um encontro com integrantes da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), em Brasília, para discutir os efeitos do estado de calamidade financeira do Rio Grande do Norte. O encontro também vai servir para que o governo estadual discuta o recebimento de recursos da cessão onerosa do pré-sal.

“Nós vamos discutir o decreto de calamidade e vamos levar algumas propostas, como é a necessidade de o Rio Grande do Norte receber os recursos da cessão onerosa, porque é um valor muito importante. Esperamos que o governo Federal autorize isso ainda neste primeiro trimestre”, detalha o secretário.

O valor total com a cessão é estimado em R$ 100 bilhões, sendo que os governos estaduais poderão receber até 10% desta quantia. O Rio Grande do Norte, de acordo com a previsão estadual, terá uma cota de R$ 400 milhões. “Eu prefiro que repasse mais, pois se repassar R$ 20 bilhões será melhor ainda”, conclui. Fonte Agora RN.

Comente

Governo do RN anuncia pagamento de 30% da folha de janeiro para o dia 10

07/01/2019

Restante do pagamento será depositado até o final do mês; perspectiva da gestão é manter o parcelamento por tempo indeterminado, e ainda não há previsão

 

Fátima Bezerra, governadora do RN, durante anúncio

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou no início da tarde desta segunda-feira, 7, a gestores de sindicatos ligados às administrações direta e indireta, como será o pagamento dos salários do funcionalismo público estadual nos próximos meses.

Fátima Bezerra e sua equipe econômica afirmaram que, no próximo dia 10, o Governo irá depositar pelo menos 30% dos salários referentes a janeiro. O restante do pagamento será depositado até o final do mês. A perspectiva da gestão estadual é manter o parcelamento do pagamento por tempo indeterminado.

“Recebemos o Estado com R$ 1 bilhão em dívidas junto aos servidores e apenas R$ 3 milhões em caixa. Todo esforço foi feito por parte da nossa equipe. Quero anunciar a todos que nossa proposta de parcelamento salarial é pautada na questão da previsibilidade e isonomia”, explicou Fátima.

A governadora disse também que a nova administração busca receitas extraordinárias para regularizar os pagamentos e quitar os salários em atraso. Neste sentido, a gestão de Fátima Bezerra tentará antecipar receitas de royalties para todo o mandato e vender a operação da conta bancária para pagamento do funcionalismo, hoje a cargo do Banco do Brasil.

“Com relação ao passivo, todo recurso extra que entrar nos cofres do Estado, não havendo impedimento legal, será transferido integralmente para integrar os salários dos servidores”, anunciou a governadora.

Os servidores do Estado ainda não receberam o pagamento de dezembro nem o 13° salário de 2018. Há também pendências da folha de novembro de 2018 junto a servidores que ganham mais de R$ 5 mil e junto a inativos que também ganham mais desse valor com relação ao 13° salário de 2017.

Após o anúncio oficial do Governo, a presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Rio Grande do Norte, Janeayre Souto, disse que a proposta afronta a continuidade dos princípios da administração pública, como a impessoalidade.

Para ela, não é justo a gestão de Fátima Bezerra pagar apenas 30% dos vencimentos, sabendo que há várias outras folhas salariais em aberto. “Vamos discutir essa proposta com profundidade ainda na tarde de hoje [segunda-feira, 7]. Não foi um bom diálogo. Salário é verba alimentícia e os servidores receberam o último pagamento dia 8 de dezembro do ano passado”, lamentou. Fonte Agora RN.

Comente

IPVA: é melhor pagar o imposto à vista ou parcelar?

07/01/2019

Alíquota corresponde a 3% do valor venal do veículo

Por Redação com Estadão Conteúdo

 

 

 

Para começar 2019 com o orçamento equilibrado, especialistas recomendam planejamento para quitar o imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) sem pagar juros e comprometer os valores que poderiam ser destinados a outras contas.

As alíquotas do imposto permanecem inalteradas, correspondendo a 3% do valor venal do veículo. Se o veículo novo custa R$ 50 mil, o proprietário multiplica esse valor por 0,03 e terá o valor do imposto (no caso, seria R$ 1.500,00). Já para veículos usados, o Governo divulgou uma tabela – consulte AQUI – com os respectivos valores de IPVA.

O contribuinte potiguar que optar por pagar em parcela única terá desconto de 5%, de acordo com a Secretaria do Estado de Tributação (SET-RN).

Para não passar aperto no começo do ano, o planejador financeiro Caco Santos recomenda que o pagamento do imposto seja incluído em um planejamento anual. “Se você sabe que vai pagar R$ 960 de IPVA, o ideal é dividir esse valor por 12 e guardar R$ 80 por mês para pagar à vista.”

Ele sugere que quem tem o dinheiro usufrua do benefício de 3% de desconto concedido pelo Estado e pague em uma única parcela. “Nenhum investimento minimamente moderado conseguiria ter um rendimento equivalente ao desconto habitual em três meses.”

O planejador completa: “Quem tem dinheiro aplicado em algum fundo de renda fixa, como o CDI, estaria perdendo por volta de 2,5% se pagasse em três parcelas, então é recomendado até sacar o dinheiro do investimento para pagar à vista.”

Parcelado

No entanto, para quem não conseguiu fazer uma reserva, a alternativa é dividir o IPVA 2019 em três parcelas. Foi o que o engenheiro mecânico Celso Corrêa fez.

Além dos impostos de começo de ano, como o IPTU, ele também tem gastos de matrícula e material escolar com o filho de 13 anos. “Para mim, vale mais a pena parcelar porque eu desembolso menos dinheiro de uma vez e consigo usar o crédito em outras dívidas que não possuem a facilidade do pagamento parcelado”.

Segundo a economista do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Ione Amorim, ainda que pagar à vista seja benéfico, não é recomendado pegar um crédito pessoal para conseguir quitar o IPVA de uma vez. “Os juros praticados no atraso de um pagamento de imposto são bem inferiores aos praticados por qualquer instituição financeira”, aponta.

Ione também destaca a importância de se ficar atento para as datas de vencimentos das parcelas e alerta para possíveis golpes de boletos falsos.

Se o proprietário do veículo possuir uma dívida cara, como cartão de crédito e cheque especial. Neste caso seria a melhor opção eliminar o endividamento em razão da alta taxa de juros.

Pagamento

No RN, o Detran passou a não emitir o carnê físico de taxas e impostos relacionados aos veículos. O usuário deve buscar a emissão dos boletos pelo site do órgão, unidades físicas, agências do PagFácil, Banco do Brasil ou aplicativo oficial do Detran.

Comente

Walfredo recebe 35 novos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTIs)

07/01/2019

Chegada de leitos não abre novas vagas, mas melhora as que já oferece

 

O Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG), em Natal, recebeu nesta segunda-feira (07) 35 novos leitos para as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). A aquisição foi possível a partir do recebimento de uma Emenda Parlamentar disponibilizada pelo deputado Federal, Fabio Faria, no valor de R$ 2 milhões, em dezembro de 2017.

“O tratamento de qualquer paciente passa também pela forma digna como ele deve ser assistido. E estes novos leitos com certeza trarão maior conforto e respeito para os Norte-riograndenses que precisam e fazem uso do Walfredo Gurgel”, afirma a diretora administrativa do HMWG, Luzicínia Costa.

As novas camas são totalmente articuláveis, permitindo elevação de dorso, altura e joelhos, são comandadas por motores blindados, bivolt, com unidades de baterias recarregáveis, acionados através de controle remoto com fio e com dispositivos de segurança. O HMWG conta atualmente com cinco UTIs, sendo uma pediátrica e quatro adultas.

Ao todo, o Walfredo Gurgel adquiriu 239 novos leitos desde novembro passado, em substituição aos antigos que, há tempos, já não apresentavam mais condições de uso. Em novembro, o hospital já havia recebido 204 camas manuais, confeccionadas em inox, com três manivelas, totalmente articuláveis, também permitindo elevação de dorso, altura e joelho.

A troca dos leitos, no entanto, não cria novas vagas para atendimento ou internamento na unidade. “Que fique muito claro, não estamos criando novas vagas no hospital. Até porque isso não é possível. Já vivenciamos uma sobrecarga diária com corredores lotados. Estas camas são para substituir as que estavam em uso e que já não possuíam mais condições de abrigar um doente. As antigas estavam todas em péssimo estado de conservação. Urgia essa substituição”, explica a diretora geral do Walfredo, Fátima Pereira.O recurso federal disponibilizado pelo Deputado ainda permitiu a aquisição de novos monitores multiparâmetros com capinógrafo (oito), poltronas do papai (90), escadas hospitalar (180), macas do tipo fawler (que permitem inclinação de 30°), monitores multiparâmetros (oito) e cardioversor (seis).

Comente

Detran abre visitação a veículos que vão a leilão

07/01/2019

Leilão vai ocorrer na próxima quinta-feira (10)

 

DIVULGAÇÃO DETRAN/RN

 

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa nesta quinta-feira (10), 144 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal. Os interessados podem visitar o local nesta terça-feira (08) e quarta-feira (09), no horário das 8h às 14h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.

O leilão acontece na quinta-feira (10), a partir das 10h, no Rifóles Praia Hotel, Salão Almirante, localizado na Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Praia de Ponta Negra, na Via Costeira. Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.

A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico:http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro. Os lotes que vão a leilão variam de valores com lances iniciais que partem de R$ 100,00 até R$ 8mil.

O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,90% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.

Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2019. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.

Outro ponto importante é que os veículos tipo ciclomotores que não estiverem devidamente emplacados somente serão liberados para retirada após o emplacamento, como determina a legislação vigente. Para isso o arrematante deve estar ciente que todas as custas que envolvam esse processo corre por sua conta.

O valor arrecadado com os arremates deve ser utilizado para custeio com a realização do leilão, despesas de remoção e pátio, para pagar impostos atrasados e multas, e se houver saldo remanescente será repassado ao proprietário. O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: https://www.lancecertoleiloes.com.br/leilao/100119VE.

Todos os lotes postos a leilão estão a mais de 60 dias retidos no pátio do Detran e de acordo com a lei 13.160, os veículos apreendidos que não forem reclamados em um prazo de 60 dias contados a partir do recolhimento podem ser objeto de leilão.

 

Comente

Mais Médicos: brasileiros devem se apresentar a partir de hoje

07/01/2019

Mais Medicos

Atendimento de paciente por profissionais do Mais Médicos. Novas adesões de municípios podem ser feitas a partir de hoje

 

Profissionais com registro no Brasil inscritos na segunda chamada do Programa Mais Médicos devem se apresentar a partir de hoje (7) aos municípios. De acordo com o Ministério da Saúde, o prazo vai até a próxima quinta-feira (10).

Médicos que decidirem não comparecer mais às atividades devem informar ao município onde trabalharia, que fica encarregado de comunicar a desistência ao governo federal.

Segundo o Ministério da Saúde, candidatos que desistirem dos postos terão as vagas colocadas de volta ao edital do Mais Médicos. O sistema será atualizado com as vagas disponíveis para os profissionais formados no exterior.

A previsão é que a lista de médicos brasileiros homologados que deram início às atividades seja publicada no próximo dia 14.

A seleção

O ministério lançou, desde novembro, editais para a substituição de 8.517 cubanos que atuavam em 2.824 municípios e 34 distritos sanitários especiais indígenas (DSEI). Inicialmente, concorreram apenas médicos brasileiros com registro no país. Um novo edital, em andamento, seleciona também profissionais formados no exterior.

Novo ministro

Ao assumir o comando da pasta, o médico Luiz Henrique Mandetta disse, na última quarta-feira (2), que pretende revisar o Mais Médicos e rebateu a afirmação de que faltam profissionais no Brasil. Segundo ele, o país conta com aproximadamente 320 faculdades de medicina e 26 mil médicos graduados em 2018, com previsão de aumento desse contingente em 10% ao ano até chegar a 35 mil profissionais formados.

“Quem forma essa quantidade toda de profissionais? Muitos deles endividados pelo Fies [Fundo de Financiamento Estudantil] e muitos formados em escola pública. Não temos uma proposta ou política de indução para que eles venham para o sistema público de saúde.” Fonte Agencia Brasil.

Comente

Ceará transfere 20 chefes de facções para presídios federais

07/01/2019

Presos são Transferidos

O governo federal, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), disponibilizou 60 vagas em presídios federais de segurança máxima para detentos que estão no em penitenciárias do Ceará. O estado vive, há seis dias, uma onda ataques contra veículos, órgãos públicos, agências bancárias, estabelecimentos comerciais e equipamentos de segurança.Os atentados, organizados por facções criminosas, com forte atuação dentro dos presídios, seriam uma represália ao anúncio do governo estadual de medidas para endurecer as regras no sistema carcerário estadual.

Após a série de ataques no Ceará, a Força Nacional de Segurança Pública está fazendo o policiamento ostensivo nas ruas de Fortaleza, em apoio aos agentes de segurança do estado.

 

Após a série de ataques no Ceará, a Força Nacional de Segurança Pública está fazendo o policiamento ostensivo nas ruas de Fortaleza, em apoio aos agentes de segurança do estado. - José Cruz/Agência Brasil

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará, um preso já foi transferido e outros 19 estão sendo embarcados nas próximas horas, totalizando 20 transferências de forma imediata. A identidade dos detentos não foi divulgada, mas são lideranças das facções que atuam no estado, vinculadas a grupos como o Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE). Também não foi informado para quais dos cinco presídios federais os presos estão sendo remanejados. O governo analisa a transferência de mais presos ao longo dos próximos dias.

A população carcerária do estado ultrapassa os 29,5 mil detentos, incluindo presos provisórios e aqueles dos regimes semiaberto e fechado. O número total de vagas, no entanto, é de pouco mais de 13 mil, somando todas as unidades prisionais do estado, uma superlotação de quase 60% da capacidade, segundo os dados mais recentes do governo do estado.

Em varredura nos presídios do estado nos últimos dias, foram apreendidos, segundo o governo, cerca de 400 celulares e alguns aparelhos de televisão, em número não informado. Não houve registro de incidentes nas unidades e, em duas delas, as visitas foram suspensas ao longo do fim de semana, por razões de segurança.

Nesse domingo (6), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará confirmou a prisão de 110 suspeitos de envolvimento nos ataques criminosos dos últimos dias. A Polícia também informou a morte de ao menos três pessoas, supostamente em confronto com as forças de segurança.

Ajuda federal reduz ataques

Agentes da Força Nacional de Segurança também estão atuando nas ruas da capital desde sábado (5). A reportagem da Agência Brasil registrou a presença do efetivo em algumas avenidas e terminais de ônibus da capital. No terminal Antônio Bezerra, no bairro de mesmo nome, os agentes federais davam suporte à segurança do local, de onde partiam e chegavam ônibus urbanos que circularam pela capital ao longo do dia. Uma equipe de três policiais militares escoltava cada veículo coletivo.

De acordo com balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o número de ataques em Fortaleza e região metropolitana caiu nas primeiras 24 horas de atuação da Força Nacional de Segurança Pública.

Os ataques, que chegaram a 45 na quinta-feira (3) e 38 no sábado (5), caíram para 23 neste domingo (6), informou a pasta, em nota. Ao todo, a Força Nacional participa de ações de segurança com um efetivo de 330 homens e 20 viaturas, em ações de patrulhamento ostensivo, preventivo e repressivo em pontos importantes como terminais rodoviários e vias de grande circulação. Os agentes federais permanecerão no estado pelo prazo inicial de 30 dias, que poderá ser prorrogado. Por Agencia Brasil.

Comente