STF proíbe poder público de afrontar liberdade de pensamento em universidades

28/10/2018

Decisão impede o ingresso de agentes em universidades públicas e privadas, o recolhimento de documentos e a interrupção de aulas

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu, neste sábado, 27, a liminar requerida pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para suspender os efeitos de atos judiciais ou administrativos de autoridades públicas que afrontem a liberdade de expressão nas universidades. A decisão impede o ingresso de agentes em universidades públicas e privadas, o recolhimento de documentos e a interrupção de aulas, debates ou manifestações de docentes e discentes universitários. Também proíbe a coleta irregular de depoimentos desses cidadãos pela prática de manifestação livre de ideias e divulgação do pensamento nos ambientes universitários.

Ao atender o pedido da PGR, a ministra do STF Cármen Lúcia explica que a liminar é necessária diante do risco de que esses atos inconstitucionais sejam repetidos às vésperas do segundo turno das eleições gerais. Para ela, as ações de fiscalização realizadas esta semana por juízes eleitorais e policiais em universidades públicas, a pretexto de coibir a propaganda eleitoral irregular, resultaram na prática de atos graves e abusivos que ferem direitos fundamentais previstos na Constituição Federal. “Sem liberdade de manifestação, a escolha é inexistente. O que é para ser opção, transforma-se em simulacro de alternativa. O processo eleitoral transforma-se em enquadramento eleitoral, próprio das ditaduras”, destacou a ministra.

Segundo ela, os atos praticados pelos agentes públicos feriram liberdades individuais, civis e políticas, “em agressão inaceitável ao princípio democrático e ao modelo de Estado de Direito erigido e vigente no Brasil”. A ministra argumenta ainda que “exercício de autoridade não pode se converter em ato de autoritarismo”. “Pensamento único é para ditadores. Verdade absoluta é para tiranos. A democracia é plural em sua essência. E é esse princípio que assegura a igualdade de direitos individuais na diversidade dos indivíduos”, pontuou Cármen Lúcia.

Além da liminar concedida pela ministra, a procuradora-geral da República pede que sejam anulados todos os atos já praticados, ainda que não tenham sido mencionados na ação de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 548), ajuizada nesta sexta-feira (26). Também pede que o STF determine que quaisquer autoridades públicas se abstenham de repetir os procedimentos impugnados.

Na ação, a PGR se insurge contra decisões proferidas por juízes eleitorais, que determinaram a busca e apreensão do que seriam “panfletos” e materiais de campanha eleitoral em universidades e nas dependências das sedes de associações de docentes. Sob o pretexto de coibir a propaganda irregular, agentes públicos teriam proibido aulas com temática eleitoral e reuniões e assembleias de natureza política, interrompendo manifestações públicas em diversas universidades do país. Também há relatos de ações policiais sem respaldo da Justiça e outras em cumprimento a decisões judiciais, mas sem fundamento válido.

Raquel Dodge PGR aponta a existência de indícios de lesão aos direitos fundamentais da liberdade de manifestação do pensamento, de expressão da atividade intelectual, artística, científica, de comunicação e de reunião. Frisa, ainda, que os atos do poder público – nesses casos – violam o princípio que garante o ensino pautado na liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento e o pluralismo de ideias e a autonomia didático-científica e administrativa das universidades.

Além de ajuizar a ADPF, a PGR também abriu procedimento administrativo para apurar os fatos noticiados. Foram enviados ofícios aos procuradores regionais eleitorais de todas as unidades da federação para que eles reúnam informações sobre os atos praticados nas instituições públicas de ensino durante o período eleitoral, por ordem ou não da Justiça. Os dados deverão ser encaminhados para a Procuradoria-Geral da República no prazo de cinco dias.

Comente

Votação no exterior é encerrada em 16 países

28/10/2018

De acordo com o TSE, o balanço se refere aos locais de votação

Por André Richter/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que a votação para eleitores brasileiros que estão no exterior foi encerrada em 16 países. De acordo com o TSE, o balanço se refere aos locais de votação, em geral as próprias embaixadas do Brasil, que estão à frente no fuso horário.

De acordo com o boletim, a votação já terminou na Nova Zelândia, Austrália, no Japão, na Coreia do Sul, China, em Taiwan, Cingapura, nas Filipinas, na Malásia, em Honk Kong, no Timor Leste, na Indonésia, no Vietnã, na Tailândia, Índia e no Nepal.

Os 500 mil eleitores que estão aptos a votar fora do país em 99 nações votaram somente para presidente da República. O resultado da votação no exterior será divulgado somente após o término da votação no Brasil.

Comente

Bolsonaro vota no Rio sob forte esquema de segurança

28/10/2018

Candidato do PSL votou por volta das 9h20

Por Estadão Conteúdo

OTO: TÂNIA REGÔ/AGÊNCIA BRASIL

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) votou na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, em Marechal Hermes, zona norte do Rio, por volta das 9h20. O comboio com batedores da Polícia Militar e agentes da Polícia Federal entrou pelos fundos da escola, despistando jornalistas. Depois de votar, o candidato fez uma breve aparição na frente do local e acenou para apoiadores que esperavam desde cedo por sua chegada, gerando correria e breve tumulto. Ele não deu declarações.

Desde que a seção foi aberta, soldados da Polícia do Exército revistavam todas as pessoas que chegavam para votar. A revista era feita inclusive em crianças e com auxílio de um detector de metais. Ao mesmo tempo, policiais federais faziam varredura nas áreas interna e externa da escola.

 

 

Comente

RN tem 10 urnas substituídas em 2 horas de votação

28/10/2018

Balanço foi divulgado por volta das 10h

O Tribunal Regional Eleitoral divulgou um balanço por volta das 10 horas da manhã deste domingo (28), segundo turno da eleições. No boletim, o TRE informou que 10 urnas eletrônicas precisaram ser substituídas.

As ocorrências aconteceram em Natal (1ª Zona Eleitoral), Ceará-Mirim, Boa Saúde, Jucurutu, Nova Cruz, Parnamirim, Macau, Mossoró e Parazinho.

O RN tem mais de 7 mil urnas instaladas. Mais de 1,3 mil estão na capital. Ao todo, são 1.531 locais de votação no estado. Além disso, todos os municípios têm biometria.

Comente

Ciro retorna ao Brasil e evita manifestações sobre segundo turno

27/10/2018

Eleições 2018

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Derrotado no primeiro turno, o candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, desembarcou no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza em meio à festa de correligionários e simpatizantes. Nada disse sobre política, nem eleições. O candidato do PT ao Palácio do Planalto, Fernando Haddad, afirmou que um gesto de apoio de Ciro o ajudará amanhã (28) durante a votação.

Após passar quase três semanas na Europa, Ciro Gomes chegou ontem (26) à noite a Fortaleza com a mulher, Gisele Bezerra. Estavam presente na recepção a Ciro o presidente estadual do PDT, deputado federal André Figueiredo (CE), e o presidente nacional, Carlos Lupi.

Há previsão de uma reunião política ainda neste sábado, em Fortaleza, da cúpula do PDT para definir uma posição pública sobre o segundo turno das eleições. No último dia 10, o partido anunciou “apoio crítico” à candidatura de Haddad. Desde então, o petista faz elogios à legenda e a Ciro Gomes.

Internamente, no PDT, há consenso que, diante da votação de Ciro Gomes no primeiro turno, obtendo 12,50% dos votos válidos, ele será candidato à sucessão presidencial em 2022.

Agência Brasil

Comente

Aldo Medeiros registra chapa “Atitude OAB” na disputa pela presidência

27/10/2018

Eleição da seccional regional está marcada para 28 de novembro e a chapa vai iniciar atos de campanha que buscarão eleger esse novo grupo para o comando da

 

Eleição da OAB-RN será daqui a um mês

 

O advogado Aldo Medeiros é oficialmente candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte. Ao lado de apoiadores, Aldo fez o registro da chapa “Atitude OAB” na tarde desta sexta-feira (26), na sede da entidade, em Natal. Ele será candidato de oposição à atual gestão da OAB/RN.

Na defesa de causas representadas pelo slogan “Diferente, Renovada e Democrática”, Aldo Medeiros diz que sua candidatura está voltada para a união dos advogados potiguares e o resgate do protagonismo da classe — segundo ele, perdido nos últimos anos. Dentre os membros de sua chapa, há jovens profissionais, mulheres e professores.

“Temos a responsabilidade de representar um grupo que quer uma OAB de novo forte e atuante em favor dos advogados, empenhando-se pelo respeito às prerrogativas profissionais e à transparência nas ações da instituição. Queremos contar com a força dos profissionais em todo o Estado para que a OAB retome seu papel de verdadeira defensora da categoria e uma voz destacada também em defesa da sociedade”, destacou o candidato a presidente.

Em clima de muita confiança, dezenas de apoiadores acompanharam Aldo Medeiros no ato de registro. Inclusive companheiros de chapa como Rossana Fonseca (candidata a vice-presidente), João Victor Hollanda (secretário-geral) e Alexander Gurgel (tesoureiro). Para o Conselho Federal, os candidatos da chapa são Canindé Maia, Artêmio Azevedo, Ana Beatriz Ferreira Rebello Presgrave, tendo como suplentes Augusto Maranhão Valle, Olavo Hamilton Ayres Freire de Andrade e Fernando Pinto de Araújo Neto. Para a direção da Caixa de Assistência dos Advogados (CAARN), as candidaturas são da advogada Monalissa Dantas Alves da Silva (presidente) e Ricardo Lucena (vice-presidente).

A chapa vai iniciar nos próximos dias os atos de campanha que buscarão eleger esse novo grupo para o comando da OAB/RN no triênio 2019/2021. A eleição da seccional regional está marcada para 28 de novembro. Agora RN.

Comente

Guamaré; O Vereador Luiz Carlos (Sub Carlos) Imiti Nota a População

27/10/2018

Nota ao Povo Guamareense

CARTA AO POVO GUAMAREENSE

        

           Hoje vivemos na cidade de Guamare incertezas como já era de se esperar, pois a pessoa do ex-prefeito (interino) já não convive entre autoridades do município, sendo feito a justiça divina não por esforço de A ou B da elite política de Guamare, onde hoje por acaso estamos inseridos, o grande responsável por esta façanha tão badalada foi um simples cidadão que preocupou-se com o bem estar da população Guamareense, pois incessantemente, incansavelmente fazia ligações telefônicas, e-mais, mensagens, todos os dias para as autoridades federais (PGR, TSE e STF), pois bem tão provável que apos dar a sentença aqueles órgãos retornaram e-mais, dando satisfações a este cidadão, não citarei seu nome para que ele não seja represeliado.

 

         Pois bem, hoje posso afirmar o que vinha dizendo antes, o ex-prefeito (HELIO), propositalmente foi candidato a treeleicao ou até mesmo a qudrieleicao,  sabendo de suas condições jurídicas, que não seria viável a permanência dele na situação de poder absoluto, enganou a população que hoje por necessitar Ainda o tem como líder, mas o povo foi levado a votar num cidadão que ele era conhecedor que não permaneceria naquele cargo.

 

           OS VEREADORES que se diziam opositores, claro temos excessões, claramente revoltados com a queda do Prefeito, pois estes foram pegos de surpresa com a sentença e percebe-se que além de não moverem uma palha para que isto tivesse ocorrido, Ainda criticam o cidadão responsável por catucar a onça, dizendo que o mérito não é dele, quando na verdade o mérito da queda do interino é e será somente dele e não desta oposição que aí estar.

 

         Sobre a situação de EMILSON DE BORBA (LULA) tenho certeza que quando indicado legalmente para ser o Prefeito ele (Presidente) fato que ja chama a atenção do judiciário pois já rolava processos em seu desfavor, não só dele mas de vários integrantes da família do ex-prefeito (helio) citados na Operação: Máscara Negra, sendo uma das decisões antecipadas da Lide que seja proibido a todos adentrarem a prédios públicos do município de Guamare... obstante tal decisão o nosso querido presidente já corria grande risco de ser penalizado antecipadamente, pois o astucioso helio de imediato obedeceu e seus protegidos e familiares atenderam a decisão é não adentram a prédios públicos respeitando tal ordem, a não ser nas caladas da noite.

 

          Então, querida população, não tenho conhecimento de causar do citado processo, propositalmente quero ficar longe disto, mas ao assumir a prefeitura desta cidade legalmente como manda a lei ele indiretamente, sem Querer reforçou os olofotes jurídicos para ele e, o MP., já de posse de denúncias antigas e recentes, pediu e, a justiça atendeu, temporariamente o afastamento do então prefeito interino LULA, que se Deus o abençoar deverá ser revertido a nível de segundo grau, inclusive das funções de Vereador, ou seja, hoje a presidente da câmara se chama Diva Araujo e, o comando não morre, e sempre será sequentemente dentro da legalidade. Se o amigo LULA resolver o problema conseguindo liminar que desmanche a atual decisão a senhora Diva araujo terá que voltar a situação de presidente daquela casa e ele (Lula) deverá novamente ser empossado prefeito, são coisas óbvias, naturais, normais.

 

         Então, não vejo aí motivos para:

 

 

 

           1) jogar a população em geral contra a gestão interina de Diva, pois ela herdou e todos sabem que quem tem poder para fazer elefante voar (juridicamente) não é ela e sim o ex, que estranhamente não é atacado pelos opositores, assim como fizeram com Diva, nem na situação de prefeito, nem por ter conseguido esta façanha contra o querido Lula.

 

     02) Estes pedidos de exonerações dos funcionários contratados e também os que exerciam cargos de chefias nos finais de semana, quando deveriam cumprir suas tarefas até serem ou não substituídos, pois antecipadamente, estranhamente já lhes foi pago pelo ex- prefeito (interino) seus salários de outubro de 2018, mesmo achando merecido para aquecer o comércio local, ameaças de protestos com inclusive danos ao patrimônio público, que hoje é inademicivel, tanto da ex-situação como dos vereadores que eram ou são oposição, estes fatos sao direcionados para desestabilizar um governo que inicia-se interinamente, temporariamente, claramente orquestrados por pessoas que não querem, não aceitam, a saída do poder onde queriam se perpetuar.

 

       03) Achei as declarações dos vereadores um Pouco precipitadas, neste momento onde deveria permanecer o silêncio, até para não jogar os populares, eleitores, seguidores, em

Possíveis e imaginários confrontos, ou seja, quando o interino pintava e bordava ninguém fazia quaisquer declarações, ao contrário existia um silêncio, hoje após a saída do mesmo, diga-se aqui por responsabilidade exclusiva deste querido cidadão que estar sendo ameaçado, aquado, e não tem respaldo dos que foram beneficiados pela decisão judicial, pelo menos um conforto, isto ocorre por que será? Então pessoal vamos acalmar os ânimos, deixa a coisa correr, o inimigo hoje né dona Diva não.

 

         04) Os senhores com excessões é claro, não são exatamente autoridades exemplares para tais cobranças, pois no passado foram de lá para cá por várias vezes, e de vá para lá, que foram por várias vezes processados nas diversas esferas da justiça, então não é justo hoje jogar a população contra a prefeita interina, deixa isso para quem quer o mal da cidade e benefícios próprios aos deles e suas famílias. 

 

        05) Estão transformando a cidade num caos, porque será? O povo depois vai ver, a vida não é feita de cargos somente, secretariados, se fosse assim eu teria morrido, e estou aqui vivinho da Silva, procurem a prefeita, sejam solidários como foram com helio, não o denunciando, não jogando a população contra ele, pensem, falam tanto em projetos pessoais, mas no fundo todos os projetos são pessoais e esquecem o povo, senão não estariam agindo assim. 

 

       Finalizo dizendo Posso pagar caro por estas palavras, mas nao serei mais um, enquanto aí defenderei o povo, podem merecer ou não, se…

 Finalizo dizendo Posso pagar caro por estas palavras, mas nao serei mais um, enquanto aí defenderei o povo, podem merecer ou não, sem destinação de cor, raca, sexo, etnia, religião, ou seja, estarei com o povo e não ao lado de projetos pessoais particulares, usarei o que me for de direito mas só o de direito. 

 

Retroceder nunca, desistir jamais.

 

       Covarde não é quem evita um combate, covarde é quem trava o combate sabendo que seu oponente é mais fraco.

Comente

MPRN firma acordo com Prefeitura de São Bento do Norte para regularizar abatedouro municipal

27/10/2018

Estabelecimento está desativado há mais de três anos devido a irregularidades

MPRN firma acordo com Prefeitura de São Bento do Norte para regularizar abatedouro municipal

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN, por meio da Promotoria de Justiça de São Bento do Norte, celebrou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura para regularizar o abatedouro municipal. A Prefeitura terá o prazo de um ano para adequar todas as especificações a fim de reativar o serviço.
 
O acordo é resultado do inquérito civil que tramita na Promotoria de Justiça da cidade, com o objetivo de investigar as irregularidades e possíveis danos à saúde e ao meio ambiente provocado pelo abate de animais. Nesse sentido, o Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado do Rio Grande do Norte  (Idiarn) realizou vistoria e emitiu um relatório técnico, detectando irregularidades e situações em dissonância com a legislação vigente, resultando na desativação do abatedouro que já dura mais de três anos.
 
Com o propósito de reverter essa situação, o Município se comprometeu a partir de agora a realizar as adequações apontadas pelo Idiarn. Entre as especificações, estão: delimitar o perímetro para conter vetores e animais externos ao estabelecimento; pavimentar os currais e a área de permanência dos animais; fechar aberturas encontradas nas paredes; colocar caixa de água adequada; realizar tratamento adequado dos resíduos sólidos e líquidos; adquirir ferramentas de abate adequadas; disponibilizar médico veterinário para inspeção; entre outras cláusulas.
 
Além disso, o Poder Executivo Municipal deverá iniciar o processo de licenciamento ambiental do abatedouro com as devidas autorizações dos órgãos de fiscalização em até 90 dias. Todas as reformas devem ser cumpridas mediante processos licitatórios e contratos públicos.
 
O estabelecimento deve ser registrado conforme preconiza a Lei Estadual em até 120 dias. No caso de descumprimento de qualquer uma das cláusulas, a Prefeitura será imputada em multa no valor diário de R$ 150.
 
Confira aqui a íntegra das cláusulas do termo.

Comente

Ao custo de R$ 3,9 milhões, governo do RN diz que vai restaurar a Fortaleza dos Reis Magos

26/10/2018

Fortaleza é a principal edificação cultural e histórica do Rio Grande do Norte, e um marco do início da implantação da capital potiguar.

Fortaleza dos Reis Magos, na praia do Forte — Foto: Canindé Soares

O governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta sexta-feira (26) que vai restaurar, ao custo de R$ 3,9 milhões, a Fortaleza dos Reis Magos, em Natal. A ordem se serviço foi assinada pelo governador Robinson Faria.

A fortaleza é a principal edificação cultural e histórica do Rio Grande do Norte, e um marco do início da implantação da capital potiguar. Fica no encontro do Rio Potengi com o Oceano Atlântico, na Zona Leste da cidade.

Segundo o governo, a restauração foi orçada em R$ 3,9 milhões, incluindo a adequação às normas de acessibilidade. O prazo de conclusão da obra é novembro de 2019.

Durante as obras, as visitações continuarão acontecendo de terça a domingo, sempre no horário de 8h às 16 horas.

Foto aérea mostra Fortaleza dos Reis Magos. Construção demorou 30 anos e foi concluída em 6 de janeiro de 1598 — Foto: Canindé Soares

Comente

Detentos promovem rebelião com reféns em Bangu 4

26/10/2018

Eleições 2018

Detentos do Presídio Jonas Lopes de Carvalho, conhecido como Bangu 4, iniciaram uma rebelião com a tomada de três reféns. A informação foi confirmada em nota, no início da tarde desta sexta-feira (26), pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Unidades de segurança especializadas foram deslocadas para o presídio, a fim de tentar uma negociação que ponha fim à rebelião. A Seap não informou os motivos ou o número de presos rebelados.

“O subsecretário de Gestão Operacional está na unidade prisional acompanhando a negociação da equipe especializada da Seap. O Grupamento de Intervenção Tática (GIT) está de prontidão no local e o Serviço de Operações Especiais (SOE) já cercou a unidade”, informou a Seap.

Segundo a secretaria, os detentos se amotinaram na área técnica do presídio, fora das galerias onde ficam as celas. A Polícia Militar foi destacada para fazer a segurança do entorno e o espaço aéreo na periferia do complexo prisional foi bloqueado.

Comente

MPRN recomenda que Caern regularize o abastecimento d’água em comunidade de Macau

26/10/2018

recomendação

MPRN recomenda que Caern regularize o abastecimento d’água em comunidade de Macau

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou que Companhia de Águas e Esgotos (Caern) regularize o abastecimento de água na comunidade de Ilha de Santana, em Macau, no prazo de 60 dias. De acordo com a população local, a comunidade vem sendo abastecida por carros-pipas, que chegam a demorar até 2 meses sem realizar o fornecimento às residências.
 
O MPRN também recomendou à Prefeitura e à Secretaria de Infraestrutura de Macau que encaminhem, em dias alternados, carros-pipas para a comunidade de Ilha de Santana até que a Caern regularize o fornecimento de água. A população deve ser informada dos dias em que os carros-pipas atenderão a localidade.
 
No documento, a 2ª Promotoria de Justiça de Macau reforça que “a água é bem essencial à vida e à saúde humanas, além de ser indispensável ao equilíbrio ecológico e ao desenvolvimento social, inserindo-se no rol dos serviços públicos essenciais”.
 
O MPRN deu prazo de 10 dias para que a Caern, a Prefeitura e Secretaria de Infraestrutura de Macau informem as providências adotadas, sob pena de adoção das medidas judiciais e extrajudiciais legais cabíveis.
 
Clique aqui e veja a recomendação.

Comente

PF cumpre mandado contra eleitor que teria se filmado votando

26/10/2018

Eleições 2018

Filmagem feita dentro da cabine no momento do voto é crime de violação do sigilo do voto. Esse tipo de situação resultou no cumprimento de um mandado de busca e apreensão hoje (26) no Acre, expedido pela Justiça Eleitoral.

O caso corre no âmbito da Operação Selfie Proibida e envolve a busca de eleitores que teriam se filmado dentro da cabine de votação no momento em que votavam, durante o primeiro turno das eleições de 2018, no dia 7 de outubro deste ano.

Apesar de a ação de hoje estar focada em apenas uma pessoa, o caso está sendo usado pela Polícia Federal (PF) como alerta para que os eleitores não utilizem aparelho de celular na cabine de votação, “pois é conduta proibida” e configura crime eleitoral.

“Caso o eleitor desrespeite essa proibição e seja surpreendido, poderá ser preso em flagrante por violação do sigilo de voto”, disse, por meio de nota, a PF do Acre.

Comente

O Vereador de Guamaré o Sub Carlos deseja Parabéns a todos Moradores de Baixa do Meio

26/10/2018

um mandato a favor do Povo

Parabéns Baixa do Meio, pela passagem do aniversário desta terra tão abençoada, que aprendi a gosta e decidi fixa residência, terra querida de muitos amigos, terra amada, que juntos possamos ajudar a mudar o cenário político, sócio-cultural e econômico de nosso querido distrito de Guamaré, sou grato aos munícipes que residem neste distrito por nesta data estar exercendo a função de vereador (interino) representado não só baixa do meio mas toda a cidade. Parabéns.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Comente

Bolsonaro vence Haddad nos maiores colégios eleitorais do país

26/10/2018

Eleições 2018

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) tem desempenho melhor que Fernando Haddad (PT) nos estados com maior número de eleitores no Brasil, segundo levantamento do Datafolha divulgado nesta quinta-feira (25).

Bolsonaro tem vantagem nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que são, respectivamente, o primeiro, segundo e terceiro maiores colégios eleitorais brasileiros.

Em São Paulo, 54% dos eleitores dizem que escolherão Bolsonaro no domingo (28), ao passo que Haddad é o favorito de 31% dos entrevistados. Além disso, 10% dizem que votarão em branco ou nulo, e 6% não souberam responder.

Nos votos válidos, o candidato do PSL tem 64%, contra 36% do petista.

Na capital paulista, Bolsonaro tem vantagem menor, com 46% ante 40% do petista. Aqueles que votarão em branco ou nulo representam 10%, ao passo que 3% não souberam responder. Na contagem dos válidos, fica 54% pata Bolsonaro e 46% para Haddad.

No estado do Rio, o militar tem 55% das intenções de voto contra 31% de Haddad. Votos nulos e brancos estão em 9%, e 6% não deram resposta ao Datafolha.

Levando em conta os válidos, o capitão reformado tem 64%, e o ex-prefeito de São Paulo, 36%.

Bolsonaro tem vantagem menor em Minas Gerais, onde detém 48% das intenções de voto. Haddad alcança 33% na mesma região. Brancos e nulos são 10% no estado, e 8% não souberam responder.

Contando apenas os votos válidos, Bolsonaro chega a 59% e Haddad a 41%.

FOLHAPRESS

Comente

OAB, Anamatra, ANPT e Fenaj desmentem campanha de Haddad; entidades pedem retirada imediata de apoio fake

26/10/2018

Eleições 2018

Em nota, os presidentes da OAB, da Anamatra, da ANPT e da Fenaj desmentem a campanha de Fernando Haddad, que anunciou em seu site o apoio dessas entidades ao petista.

“As entidades signatárias (…) reiteram que não apoiam, promovem ou indicam voto em quaisquer das chapas concorrentes.”

As entidades anunciam que já pediram a “imediata retirada” do apoio fake do site da campanha, “sob pena de serem tomadas outras providências cabíveis”.

A OAB abandonou o barco, assim como sindicalistas de toga.

Antagonista

Comente

Datafolha: mais de 90% dos eleitores já decidiram voto para presidente

26/10/2018

Eleições 2018

Entre os eleitores do candidato do PSL o grau de decisão é ligeiramente superior: Datafolha: mais de 90% dos eleitores já decidiram voto para presidente

 REUTERS Datafolha: mais de 90% dos eleitores já decidiram voto para presidente

A grande maioria dos eleitores já decidiu se votará em Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições presidenciais, que será definido no domingo (28). Levantamento do Datafolha realizado entre quarta-feira (24) e quinta-feira (25) mostra que 91% dos consultados disseram que não mudarão mais as suas escolhas.

Trata-se de número praticamente idêntico ao apresentado em pesquisa anterior do Datafolha, realizada entre os dias 17 e 18 de outubro, que mostrava que 90% dos entrevistados já haviam resolvido seus votos.

Entre os eleitores do candidato do PSL o grau de decisão é ligeiramente superior. Nesse grupo, 94% disseram que estão totalmente decididos a votar em Bolsonaro, e 6% admitem a possibilidade de mudar de ideia. A pesquisa anterior do Datafolha apontou que 95% dos eleitores do militar tinham certeza do voto.

Entre aqueles que preferem Haddad, 91% dizem que não mudarão o voto, valor superior ao apresentado na pesquisa anterior, de 89%. Sendo assim, 9% ainda deixam aberta a chance de trocarem de escolha.

Pesquisa do Datafolha de intenção de voto divulgada nesta quinta-feira (25) mostrou que a distância entre os candidatos caiu de 18 para 12 pontos em uma semana.

A três dias do segundo turno, o deputado tem 56% dos votos válidos, contra 44% do ex-prefeito de São Paulo. No levantamento passado, apurado em 17 e 18 de outubro, a diferença era de 59% a 41%.

Tanto a queda de Bolsonaro quanto a subida de Haddad se deram acima da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

O resultado é a mais expressiva mudança na curva das intenções de voto no segundo turno até aqui, e reflete um período de exposição negativa para o deputado do PSL.

No período, emergiu o caso do WhatsApp, revelado em reportagem da Folha de S.Paulo que mostrou como empresários compraram pacotes de impulsionamento de mensagens contra o PT pelo aplicativo. A Justiça Eleitoral e a Polícia Federal abriram investigações.

No domingo (21), viralizou o vídeo da palestra de um de seus filhos, o deputado reeleito Eduardo (PSL-SP), em que ele sugere que basta "um soldado e um cabo" para fechar o Supremo Tribunal Federal em caso de contestação de uma vitória de seu pai.

Em votos totais, Bolsonaro tem 48%, ante 38% de Haddad e 6% de indecisos. Há 8% de eleitores que declaram que irão votar branco ou nulo. Desses, 22% afirmam que podem mudar de ideia até o dia da eleição.

O deputado perdeu apoio em todas as regiões do país, embora mantenha sua liderança uniforme, exceto no Nordeste, onde Haddad tem 56% dos votos totais e Bolsonaro, 30%.

A pesquisa ouviu 9.173 eleitores em 341 municípios nos dias 24 e 25 de outubro de 2018. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo BR-05743/2018. Os contratantes da pesquisa foram a Folha de S.Paulo e a TV Globo. Com informações da Folhapress.

Comente

PSL-RN imiti nota alertando a População

26/10/2018

NOTA

O Partido Social Liberal (PSL/RN) repudia as fake news que estão sendo espalhadas por simpatizantes do candidato de esquerda contra a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência do Brasil. As propagandas mentirosas estão sendo, inclusive, afixadas em vários postes de iluminação das principais vias da capital, sendo, portanto, irregulares e desafiando a lei.

A campanha do PT vem sendo, desde o início, baseada em informações falsas e na disseminação do medo entre os brasileiros. Nesta reta final de campanha, o desespero dos candidatos petistas – em nível nacional e estadual – aumentou na mesma proporção que a criação de notícias mentirosas e descabidas.

O povo brasileiro quer ser livre. O povo brasileiro não merece mais continuar sofrendo com a roubalheira protagonizada pelo PT e seus aliados. O povo brasileiro cansou e quer a mudança. Quer Jair Bolsonaro como presidente.

 

Partido Social Liberal – PSL/RN

Comente

Cinco pessoas ficam feridas em acidente de trânsito na RN-160

26/10/2018

Colisão frontal entre dois carros aconteceu na manhã desta sexta-feira (26) em Extremoz.

Por G1 RN

Carros bateram de frente na RN-160, em Extremoz — Foto: Redes sociais

Carros bateram de frente na RN-160, em Extremoz — Foto: Redes sociais

Cinco pessoas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira (26) após uma batida envolvendo dois carros na RN-160, em Extremoz, na Grande Natal.

Segundo o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), a colisão foi frontal. Um dos motoristas contou que uma das rodas do carro travou e ele acabou atravessando para a faixa contrária, causando o acidente.

Os feridos foram socorridos com ferimentos leves para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal. Fonte G1RN.

Comente

Fátima Bezerra e Carlos Eduardo fazem o último confronto pela TV

26/10/2018

Dois dias das eleições, os candidatos ao governo do estado tentam se desqualificar e contrapõem os apoios, de um lado, de Lula e, de outro, Jair Bolsonaro

Conforme a ordem dos sorteios, cada candidato formulou duas perguntas e respondeu a outras duas em cada uma das etapas

No último confronto em debate na TV entre os candidatos do governo do Rio Grande do Norte, realizado na noite desta quinta-feira,25, pela Interv Cabugi, Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo (PDT) voltaram a trocar acusações, num debate de estratégias para tentar vencer a eleição.

A exemplo do que aconteceu no primeiro turno, o encontro foi dividido pelos organizadores em quatro blocos, o primeiro e o terceiro com temas livres e o segundo e o quarto com perguntas e respostas sobre termas pré-determinados sorteados na hora.

Com a já tradicional mediação do jornalista Ari Peixoto, Fátima Bezerra tentou logo no início indispor Carlos Eduardo com o eleitorado feminino, acusando-o de tentar acabar com a Secretaria da Mulher e, num sinal de “negligência”, deslocar o Centro de Referência da Mulher da Zona Norte para o Centro da cidade, tirando o equipamento de uma área onde era mais necessária para outra menos necessária.

Em sua réplica e na tréplica de direito – o que fez sistematicamente durante todo o debate – Carlos Eduardo atribuiu à falta de experiência administrativa a formulação de perguntas sem procedência de sua oponente. E assumiu como iniciativa sua a criação do centro de Referência da Mulher, cuja experiência passou a ser estudada por outros municípios. Além disso, citou a quantidade de “secretárias” em suas gestões à frente da prefeitura de Natal para desmentir a adversária.

Conforme a ordem dos sorteios, cada candidato formulou duas perguntas e respondeu a outras duas em cada uma das etapas, seguindo sempre ordem do sorteio realizado antes do programa.

Cada um deles teve 30 segundos para perguntar, 1 minuto e 30 segundos para responder, um minuto e para a réplica e um minuto e para a tréplica.

A cada uma dessas oportunidades, novas acusações eram trocadas, revelando a estratégia de cada candidato.

Por exemplo, quando Carlos Eduardo perguntou à Fátima Bezerra simplesmente o que ela achava da candidatura de Jair Bolsonaro sem fazer qualquer comentário.

Sem responder de imediato, a candidata do PT afirmou que Bolsonaro não apoiou pessoalmente a candidatura de Carlos Eduardo e só depois, em nome da “coerência”, ratificou o nome de Fernando Haddad como o candidato dela. E acusou o adversário de tentar “colar” seu nome ao de Jair Bolsonaro, que lidera as pesquisas nacionais.

Foi lembrada por Carlos Eduardo que Bolsonaro, como norma, não apoiou abertamente nenhum candidato no País que não fosse de seu próprio partido para não se envolver diretamente nas disputas estaduais, mas que seu partido – o PSL – o apoia oficialmente no pleito deste domingo.

A mesma estratégia de desqualificação mutua continuou, desta vez usando a transposição do Rio São Francisco; Fátima Bezerra questionou o plano de governo do adversário nessa questão, que não trata da obra em si, mas fala em cobrar uma taxa sobre o uso dessa água para a agricultura. E, dentro desse mesmo tema, lembrou a iniciativa do ex-presidente Lula e da Caravana das Águas liderada por ela para desencadear as obras da transposição.

“A senhora foi deputada 12 anos e senadora quatro anos, o seu partido ficou 14 anos no poder e a transposição chegou a todo o Nordeste, até aqui na vizinha Paraíba, mas não chegou ao RN”, respondeu Carlos Eduardo para perguntar em seguida: “O que o Rio Grande do Norte fez para a senhora?”

Em muitas oportunidades, ambos os candidatos evitavam responder diretamente às perguntas para manter a mesma estratégica de desqualificar o oponente. Nesse jogo interminável, nem o ex-presidente Lula ou o candidato Jair Bolsonaro foram esquecidos.

Da parte da candidata do PT, o nome de Lula foi lembrado para afirmar que, como ela, o ex-presidente conhece a alma do sertanejado, como o contrapondo à sobra de Bolsonaro.

O resto do debate foi um pouco do mesmo, com Fátima Bezerra firmando sua posição de candidata que colocará um ponto final à oligarquia dos Alves e Carlos Eduardo se postando como aquele que colocará um ponto final no PT no estado, embora o partido nunca tenha governador o Rio Grande do Norte. Fonte Agora RN.

Comente