Litro da gasolina vai ficar R$ 0,1399 mais barato na refinaria

01/06/2019

Queda foi comemorada pelo presidente Jair Bolsonaro, no Twitter

A Petrobras reduziu os preços dos combustíveis automotivos em suas refinarias. A partir deste sábado, 1, o preço do litro da gasolina vai cair R$ 0,1399 e o do óleo diesel, R$ 0,1383. A queda foi comemorada pelo presidente Jair Bolsonaro, que no twitter anunciou ter sido informado pela estatal de “uma redução de 6,0% no preço do diesel e de 7,2% no preço da gasolina”.

A companhia não informou os porcentuais de queda, mas, comparando os valores cobrados até esta sexta e o que valerá a partir deste sábado, é possível concluir que a revisão dos preços condiz com o anúncio do presidente. Até esta sexta, o litro da gasolina está sendo vendido nas refinarias, em média, a R$ 1,9543 e o óleo diesel, a R$ 2,3047. Em seu site, a empresa divulgou apenas o valor da queda, não informou nada sobre os porcentuais.

A Petrobras também discrimina o preço do litro do diesel e da gasolina em cada uma das suas refinarias e estações de entrega. Em Paulínia (SP), onde funciona a Replan, maior refinaria estatal, o litro da gasolina custará R$ 1,9927 a partir desse sábado. O valor em Duque de Caxias (RJ), município da Reduc, será de R$ 1,9732. A gasolina mais barata do País sairá de São Luís (MA), a R$ 1,7876 por litro; e a mais cara, de Brasília, onde custará R$ 2,0851.

Já o óleo diesel custará R$ 2,3214 em Paulínia e R$ 2,3147 em Duque de Caxias. O litro mais caro de diesel será vendido em Uberaba (MG), a R$ 2,4141. E o mais barato, em Itacoatiara (AM), R$ 2,1783. Fonte Portal Noar.

Comente

Secretaria de Segurança tenta acalmar população diante de possível ataque de facção

01/06/2019

Governo disse que monitora situação em presídios no RN

Em vídeo divulgado na noite desta sexta-feira (31), o secretário de Segurança e Defesa Social do RN, Coronel Araújo, buscou acalmar a população no que diz respeito ao alerta feito pela Polícia Federal para um possível “salve geral” ordenado por uma facção criminosa que atual no RN.

“O Governo está acompanhando de todo o sistema prisional do estado, como também as ações de segurança pública em todo o Rio Grande do Norte”, destacou o secretário.

Ainda de acordo com o Coronel Araújo, durante o fim de semana, “a população do Rio Grande do Norte poderá fazer o acompanhamento através das redes sociais do Governo do Estado”, concluiu.

Nesta sexta-feira, um relatório da PF enviado à Sesed, Sejuc, PM e PC do RN destacou o iminente ataque à ordem pública sob ordem de uma facção criminosa. Além de Natal, as cidades de Macaíba, Pau dos Ferros e Umarizal também estão na rota da violência.

Segundo a PF, os ataque estariam previstos para acontecer entre terça-feira (4) e quarta-feira (5).Fonte Portal Noar.

Comente

Bolsonaro viaja a Goiânia para evento da Assembleia de Deus

31/05/2019

Governo Federal.

O presidente Jair Bolsonaro viajou na manhã de hoje (31) para Goiânia, onde participa da 46ª Assembleia Geral da Convenção Nacional das Assembleias de Deus – Ministério Madureira. É a primeira visita oficial do presidente à capital goiana.

Após o evento, ele volta a Brasília, com previsão de chegada às 11h40. À tarde, Bolsonaro mantém agenda no Palácio do Planalto e tem reuniões com os ministros da Educação, Abraham Weintraub, do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e da Advocacia-Geral da União, André Luiz de Almeida.Agencia Brasil.

Comente

Brasil teve queda significativa no número de fumantes, diz secretária

31/05/2019

Convenção da OMS ajudou o país a acelerar essa redução

Justiça ordena fechamento de áreas para fumantes em cafeterias na Holanda

 

A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, da Organização Mundial da Saúde (OMS), da qual o Brasil é signatário, contribuiu para acelerar a redução do número de fumantes, que já vinha ocorrendo no país em anos anteriores. A afirmação é da secretária executiva da Comissão Nacional para a implementação da Convenção, a médica Tânia Cavalcante, do Instituto Nacional do Câncer, no Dia Mundial sem Tabaco, comemorado hoje (31). A convenção é o primeiro tratado internacional de saúde pública com o objetivo conter a epidemia global do tabagismo

De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), em 2017 a prevalência de fumantes era 10,1%, enquanto em 2006 atingiu 15,7%.

“O Brasil é um dos países que teve queda mais significativa na prevalência de fumantes. O último dado Vigitel de 2017 -  ainda não foi lançado o de 2018 - mostra que a proporção de fumantes no Brasil era de 10% na população acima de 18 anos, o que é equivalente a 15 milhões ou 16 milhões de pessoas”, afirmou Tânia, em entrevista à Agência Brasil, acrescentando que esse não é um número desprezível porque tem impacto grande no sistema de saúde.

A convenção é um conjunto de leis, entre elas a de aumento de preços de impostos, a de restrição de vendas de cigarros a menores, de proibição de propaganda de cigarros e medidas educativas, como as campanhas de advertência sanitária nas embalagens do produto. O tratado foi ratificado pelo Congresso Nacional e promulgado pela Presidência da República em 2005.

“Entre 1989, quando tivemos o primeiro estudo, até 2008, que é pouco depois que o Brasil ratifica a convenção promulgada em 2005, a queda na prevalência de fumantes foi de 46%. No intervalo entre 2008 e 2013, esse índice foi de 20%. Em cinco anos, tivemos uma queda que foi quase a metade do que se alcançou nos 20 anos anteriores, quando a gente não tinha a convenção, mas algumas ações que já vinham colaborando para reduzir o tabagismo”, disse a médica.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 80% dos tabagistas começam a fumar antes dos 18 anos. Para Tânia, a iniciação de fumantes também sofreu impacto com a redução do tabagismo no Brasil. Em 2009, 24% das crianças e adolescentes experimentavam cigarros, enquanto em 2015 eram 19%. “Ainda é um número alto, embora seja muito mais baixo que em outros países”, acrescentou.

A coordenadora disse ainda que a decisão do governo de aumentar os impostos sobre o cigarro influenciou o consumo da população de renda mais baixa e das faixas mais jovens. “Aqui no Brasil se comprova o que as pesquisas do Banco Mundial já mostravam, que essa é uma das medidas mais efetivas para reduzir o tabagismo, especialmente entre os jovens, na prevenção da iniciação e nas populações com menor renda e escolaridade. A convenção agrega valores ao que já vinha sendo feito no Brasil desde meados da década de 90”, observou.

Segundo a secretária, a Comissão Nacional para a implementação da Convenção tem integrantes de vários órgãos de 18 setores do governo, incluindo a Advocacia-Geral da União (AGU), que no último dia 21 entrou com uma ação na Justiça do Rio Grande do Sul pedindo o ressarcimento, pelas empresas produtoras de fumo, dos gastos públicos no tratamento de doenças causadas pelo tabagismo. A ação é decorrente do cumprimento do Artigo 19 da convenção, que trata da responsabilização civil pelos danos. A Receita Federal também tem acento na convenção para tratar das questões tributárias.

A médica lembrou que o Brasil também ratificou o protocolo relacionado ao Artigo 15 do tratado, que se refere à eliminação do mercado ilegal de cigarros.

“Esse protocolo já tem a adesão de mais de 50 países, e a cooperação internacional é o eixo mais importante, porque hoje o que está por trás do comércio ilegal é o crime organizado, a corrupção e a lavagem de dinheiro. Então, é preciso que haja cooperação dos órgãos que têm o poder no tema, que passa a ser de segurança pública, mas também de saúde pública. O cigarro contrabandeado é tema de saúde pública porque facilita a iniciação do tabagismo de crianças e adolescentes, pois é muito mais barato”.

De acordo com a pesquisa colaborativa, coordenada pelo Departamento de Avaliação de Tecnologias em Saúde e Economia da Saúde do Instituto de Educação e Ciências em Saúde (Iecs), 428 pessoas morrem por dia no Brasil em decorrência do tabagismo. Cerca de 12,6% de todas as mortes que ocorrem no país podem ser atribuídas ao consumo de cigarros. As mortes por doenças cardíacas respondem pela maior parte delas: 34,99 mil. Os dados são de 2015 e se referem a pessoas com mais de 35 anos. Fonte Agencia Brasil.

Comente

Massacre de Manaus: 17 presos são transferidos para presídio federal de Mossoró, RN

31/05/2019

Transferência de 17 presos foi concluída na noite desta quinta (30).

Transferência de 17 presos de Manaus para Mossoró foi concluída na noite desta quinta (30). — Foto: Marcelino Neto/O Câmera

Transferência de 17 presos de Manaus para Mossoró foi concluída na noite desta quinta (30). — Foto: Marcelino Neto/O Câmera

Dezessete detentos envolvidos no massacre de 55 presos em presídios do Amazonas foram transferidos para a Penitenciária Federal de Mossoró. A transferência foi concluída na noite desta quinta (30). A direção do presídio federal confirmou a chegada dos presos.

Outros nove detentos já haviam sido transferidos de Manaus na terça (28): três para a Penitenciária Federal de Brasília e seis para para Catanduvas, no Paraná.

 

Massacre em Manaus

 

A suspeita das autoridades é de que o massacre nos presídios de Manaus tenha sido motivada por uma disputa pelo comando de uma mesma facção. Na noite desta terça-feira, chegou ao estado o grupo da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), que ficará por 90 dias dentro das unidades onde ocorreram os conflitos.

A maioria dos 55 detentos mortos nesta semana morreu de asfixia ou golpeada por objeto perfurante. Até esta terça-feira, 16 corpos haviam sido liberados. O massacre é o segundo ocorrido no Amazonas em menos de 3 anos.Em 2017, os presídios de Manaus já tinham sido palco do maior massacre do sistema penitenciário do estado, com 65 mortes dentro de unidades prisionais — foram 56 casos apenas no Compaj. Naquela época, membros da Família do Norte (FDN) atacaram presos do Primeiro Comando da Capital (PCC) durante uma rebelião que durou 17 horas.

O juiz Glen Machado, titular da Vara de Execução Penal, disse que os novos confrontos ocorreram por causa de uma briga de poder dentro da FDN, que age nos presídios do Norte e Nordeste do país e domina a rota do tráfico no rio Solimões. G1RN.
 
 

Comente

Justiça autoriza demolição do Hotel Reis Magos

31/05/2019

Proprietários pretendem fazer estudo para definir novo empreendimento no local

O prédio do antigo Hotel Reis Magos, na Praia do Meio, em Natal, recebeu o aval do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife, para que o grupo proprietário Hotéis Pernambuco S/A, possa demolir o imóvel que encontra-se abandonado e em estado de deterioração.

Por maioria, os desembargadores do TRT5 negou provimento à apelação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, que desejava impedir que os proprietários realizassem qualquer atividade para demolição. O objetivo era fazer com que o prédio fosse tombado como patrimônio histórico e arquitetônico. A Procuradora do Estado, Marjorie Madruga fez a sustentação oral no TRF5, mas não conseguiu convencer a justiça a barrar a vontade dos donos do imóvel.

A procuradora tinha, inclusive, tentado fazer com que o grupo consertasse a laje da recepção da extinta boate Royal Salute, que ficava dentro do hotel e desabou no mês passado, contudo, o advogado do grupo João Vicente de Golveia, disse ao Portal NoAr que não havia nenhum fundamento legal para essa exigência e que o prédio não tem mais conserto porque acabou se deteriorando sozinho, devido a ação natural do vento, chuva, sol e maresia, bem como a depredação de vândalos. O hotel parou de funcionar em meados da década de 90 e, desde então, está em ruínas.

Segundo o advogado, o grupo aguardava decisão da justiça para poder fazer um estudo e definir um novo projeto para o local. “Mesmo que houvesse chances de recuperação, o proprietário não tem qualquer interesse em revitalizá-lo. A ideia é enfrentar a questão do tombamento que está na justiça e, se o prédio deixar de existir, empreender no terreno um novo projeto, demolindo o que está lá e fazendo aquecer a economia e valorização daquela área da cidade”, revelou ao Portal NoAr.

Confira a decisão do TRF5

Comente

Bandidos explodem agência dos Correios no interior do RN

31/05/2019

PM não confirmou se os criminosos levaram o dinheiro

A madrugada foi de terror para o moradores de São Rafael, na região Central do RN. Pelo menos cinco bandidos invadiram a cidade e explodiram a agência dos Correios. O caso aconteceu por volta das 3 horas desta sexta-feira (31).

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos chegaram atirando. No ataque, eles ainda fizeram dois reféns. Pelo menos duas explosões e vários tiros foram ouvidos pelos moradores. A PM não confirmou se os criminosos conseguiram levar o dinheiro.

Na fuga, os criminosos espalharam grampos pela estrada para dificultar o trabalho da polícia. Uma ambulância que prestava socorro a uma mulher grávida teve os pneus furados. A paciente precisou esperar outro veículo.Fonte Portal No Ar.

Comente

Polícia Federal avisa que facção planeja ‘mandar quebrar tudo nas ruas’ do RN na próxima terça-feira

31/05/2019

Alerta da PF foi enviado por documento ao Governo do Estado

O núcleo de inteligência da Polícia Federal elaborou um relatório em que alerta para o risco de um “salve” da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) no Rio Grande do Norte, na próxima terça-feira (4). O documento foi revelado Blog do Negreiros.

O relatório faz o alerta para as secretarias de Segurança Pública (Sesed) e de Justiça e Cidadania (Sejuc), além das polícias Militar e Civil.

De acordo com o documento, “a ordem seria ‘mandar quebrar tudo nas ruas’ a partir da meia-noite de terça”. A ação ainda teria o apoio de membros da fação em Pau dos Ferros, Mossoró, Umarizal, Apodi e Macaíba.

Além dos ataques nas ruas, o grupo criminoso estaria planejando ações contra agentes penitenciários e também em unidades prisionais. Outro alerta do relatório diz que os presos de Alcaçuz teriam “encontrado uma forma de abrir as celas utilizando pedaços de concreto como aríete”.

A reportagem do portalnoar.com.br entrou em contato com a Sesed. A pasta informou que “até o final da manhã deve se pronunciar sobre o caso”. A Sejuc repetiu o discurso e disse que ainda não há posicionamento da secretaria.Fonte Portal Noar.

Comente

Governo lança programa para Nordeste, Centro-Oeste e Amazônia

30/05/2019

Bolsonaro também apresentou Plano Nacional de Desenvolvimento Regional

O presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia da assinatura do decreto da Política Nacional de Desenvolvimento Regional e da entrega Oficial dos Planos Regionais da Amazônia, do Nordeste e do Centro-Oeste, no Palácio do Planalto.

O governo federal lançou hoje (30), em Brasília, a Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), com as divulgações dos planos de desenvolvimento das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Amazônia. Os planos serão definidos por decreto presidencial, que deve ser publicado na edição desta sexta-feira (31) do Diário Oficial da União. Já a política nacional será instituída via projeto de lei e se baseia em seis eixos estratégicos focados na inovação tecnológica e capacitação da mão de obra.

Após a cerimônia de assinatura das medidas, no Palácio do Planalto, que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro, ministros e parlamentares, o titular da pasta de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, destacou alguns objetivos dos planos apresentados. Veja aqui a galeria completa de imagens.

"A gente quer investir em infraestrutura, educação e inovação. Há muitas cadeias produtivas que já existem nessas regiões. Biodiversidade na região Amazônica, no Nordeste a gente tem cada vocação específica das cidades. A gente quer identificar qual o investimento prioritário para que essa cadeia produtiva tenha maior agregação de valor, gere mais renda, mais riqueza", explicou.

Não há recursos reservados para os projetos ainda. O que os planos regionais e a PNDR fazem é estabelecer um planejamento de curto, médio e longo prazos, e os investimentos deverão estar previstos no Plano Plurianual 2020-2023, que estabelece diretrizes para aplicação de recursos.

O presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia da assinatura do decreto da Política Nacional de Desenvolvimento Regional e da entrega Oficial dos Planos Regionais da Amazônia, do Nordeste e do Centro-Oeste, no Palácio do Planalto.

Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia da assinatura do decreto da Política Nacional de Desenvolvimento Regional e da entrega Oficial dos Planos Regionais da Amazônia, do Nordeste e do Centro-Oeste, no Palácio do Planalto - Valter Campanato/Agência Brasil

"Serve como guia, um norte. Vai ser uma parceria com os governos dos estados, com o Parlamento, com o orçamento, com o PPA [Plano Plurianual]. Ele foi feito para embasar e planejar o PPA. É um instrumento de planejamento", acrescentou Canuto.

Em nota, o Ministério do Desenvolvimento Regional informou que, entre os objetivos da nova Política estão a promoção da competitividade regional para geração de emprego e renda nas próprias localidades, especialmente aquelas que apresentem declínio populacional e elevadas taxas de emigração. A ideia é fortalecer uma rede de cidades policêntricas, buscando a desconcentração e interiorização dos recursos. "Dessa maneira, espera-se criar oportunidades em centros urbanos de médio porte que possam apoiar o desenvolvimento de municípios menores em seu entorno", diz a pasta.

Ineditismo

Em um rápido discurso lido durante a cerimônia, o presidente Jair Bolsonaro disse que os planos regionais de desenvolvimento cumprem um dispositivo constitucional e, por isso, representam um "marco histórico" para seu governo.

"Estamos trabalhando pelo desenvolvimento e valorização de todas as regiões do Brasil. Nesse sentido, a entrega dos planos regionais de desenvolvimento da Amazônia, do Centro-Oeste e Nordeste, já aprovados pelos respectivos conselhos deliberativos, é ato inédito e representa um marco histórico para o nosso governo, que irá ajudar muita gente no Brasil, a trazer benefícios e justiça para essas regiões", afirmou.

Presente ao lançamento, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, comemorou a iniciativa que, segundo ele, dará ênfase a projetos prioritários das regiões. Ele citou a interligação ferroviária e rodoviária com o estado vizinho de Mato Grosso como um dos projetos previstos no planos regionais.

 

"Vamos colocar uma travessia de 80 quilômetros na Ilha do Bananal, uma economia 1,2 mil quilômetros de estrada, que liga ferrovias, transforma a região do Mato Grosso, do Tocantins e do Brasil", disse.  Fonte Agencia Brasil.

Comente

Bolsa sobe e fecha no maior nível em mais de dois meses

30/05/2019

Dólar interrompeu sequência de quedas e fechou com leve alta

Dinheiro

Em mais um dia de ganhos no mercado financeiro, a bolsa de valores voltou a subir e fechou no maior nível em mais de dois meses. O Ibovespa, principal índice da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo) valorizou-se 0,92% e encerrou esta quinta-feira (30) aos 97.457 pontos.

O indicador está no maior nível desde 20 de março, quando tinha fechado aos 98.041 pontos. O Ibovespa voltou a aproximar-se do recorde histórico de 99.994 pontos atingido em 18 de março.

No mercado de câmbio, o dólar comercial continuou abaixo dos R$ 4. A divisa interrompeu uma sequência de duas quedas e fechou vendida a R$ 3,979, com pequena alta de 0,07%.

Os indicadores financeiros foram pouco afetados pela divulgação de que o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos) do Brasil recuou 0,2% no primeiro trimestre em relação ao último trimestre de 2018. Essa foi a primeira queda trimestral desde 2016.

Um dos fatores que compensou o desaquecimento da economia brasileira foi a divulgação de que o PIB dos Estados Unidos, a maior economia do planeta, cresceu 3,1% no primeiro trimestre em ritmo anualizado, quando o desempenho de um trimestre é projetado para os 12 meses anteriores. O indicador foi levemente revisado para baixo em relação à estimativa anterior de 3,2%, mas o bom desempenho da economia americana provocou um efeito positivo nos mercados globais. Fonte Agencia Brasil.

Comente

Um homem identificado como Otávio Dionísio da Silva Júnior, de 34 anos, foi morto a facadas na tarde desta quinta-feira (30) após uma briga na feira do bair

30/05/2019

Convocação acontece depois que os candidatos nomeados anteriormente não se apresentaram ou não quiseram assumir as funções e pediram exoneração.

Por G1 RN

Prefeitura de Natal convoca mais 142 aprovados no concurso da Secretaria de Saúde — Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Natal

Prefeitura de Natal convoca mais 142 aprovados no concurso da Secretaria de Saúde — Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Natal

A Prefeitura de Natal convocou mais 142 aprovados no concurso público para a Secretaria de Saúde. Essa convocação acontece depois que os candidatos nomeados anteriormente não se apresentaram ou não quiseram assumir as funções e pediram exoneração.

A lista com os novos profissionais chamados foi publicada no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (30). Segundo a prefeitura, desde o início do processo de convocação foram chamadas mais de 1.900 mil pessoas.

Desta vez, os profissionais vão ocupar os seguintes cargos: auxiliar de farmácia (5); auxiliar de saúde bucal (3); técnico em enfermagem (29); técnico em radiologia (2); técnico em patologia clínica (13); assistente social (4); enfermeiro (20); enfermeiro obstetra (1); farmacêutico (5); farmacêutico bioquímico (1); médico anestesiologista (2); médico clínico geral (30); médico gastroenterologista (1); médico geriatra (1); médico ginecologista (2); médico infectologista (1); médico nefrologista (2); médico neurologista (1); médico obstetra (1); médico pediatra (10); médico psiquiatra (2); médico urgencista (1); nutricionista (1); odontólogo (3); e sanitarista (1).

Os candidatos nomeados devem, no prazo máximo de 30 dias, comparecer ao auditório da Secretaria Municipal de Saúde. A sede da pasta é na Rua Fabrício Pedroza, número 915, bairro de Areia Preta. A Secretaria funciona das 8h às 13h, de segunda a quinta-feira. Lá, os convocados vão receber instruções sobre a documentação necessária para a posse. Se não comparecerem, perderem o direito a exercício do cargo.

Exames

 

Os aprovados deverão apresentar os seguintes exames: hemograma - tipo sanguíneo; glicemia – VDRL – EAS – EPF – TSH - colesterol – triglicerídeos; eletrocardiograma (laudo e parecer do cardiologista); eletroencefalograma (laudo/parecer do neurologista); laudo de sanidade mental com parecer do psiquiatra; audiometria com parecer do otorrinolaringologista; e Raio X do tórax com parecer do radiologista.

Também é necessário apresentar estes documentos: laudo médico (emitido pela comissão competente/CPMSHT/SEMAD); uma foto 3 por 4 recente; carteira de identidade e CPF; título de eleitor; certidão eleitoral de antecedentes criminais; certificado de reservista (sexo masculino); diploma de habilitação para o cargo; registro no conselho (quando exigido); certidão de antecedentes criminais (estadual e federal); certidão de nascimento ou de casamento; cartão do PIS ou do PASEP (caso seja inscrito); comprovante de residência; carteira de trabalho (incluindo folha do contrato assinado ou não); cartão de conta corrente do Banco do Brasil (caso tenha); e ato de exoneração ou cópia do requerimento no ato da posse (se servidor público).

Comente

Criminoso mata homem a facadas e é agredido por populares em feira na Zona Oeste de Natal

30/05/2019

Caso aconteceu após briga no bairro Planalto na tarde desta quinta-feira (30). Bastante ferido, bandido foi encaminhado ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho em es

Por G1 RN

Um homem morreu e o outro foi levado para o hospital — Foto: Acson Freitas

Um homem morreu e o outro foi levado para o hospital — Foto: Acson Freitas

Um homem identificado como Otávio Dionísio da Silva Júnior, de 34 anos, foi morto a facadas na tarde desta quinta-feira (30) após uma briga na feira do bairro Planalto, na Zona Oeste. Após o crime, segundo a Polícia Militar, o autor das facadas foi perseguido e agredido por populares que estavam no local e presenciaram o fato. Bastante ferido, o criminoso precisou ser levado ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho em estado grave.

A confusão aconteceu no período da tarde em um bar ao lado da feira, que é tradicional no bairro, e assustou às pessoas que estavam no local. Houve gritos e muita correria neste momento.

A faca usada no crime foi apreendida pela PM e o caso será investigado pela Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Comente

Governo quer transformar Coaf em agência de investigação financeira

30/05/2019

Informação é do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em conversa com jornalistas nesta quinta-feira, 30, na Câmara dos Deputados

 

O governo federal pretende transformar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão ligado ao Ministério da Economia, em uma agência de investigação para atuar na prevenção e combate à corrupção a partir do cruzamento de dados financeiros. A informação é do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em conversa com jornalistas nesta quinta-feira, 30, na Câmara dos Deputados.

A reforma administrativa do governo do presidente Jair Bolsonaro previa a transferência do Coaf para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o que foi rejeitado pelo Congresso Nacional, que manteve o órgão subordinado ao Ministério da Economia. “Cabe ao governo acatar”, disse Onyx.

De acordo com o ministro, a proposta de levar o Coaf para a Justiça mirava justamente a criação dessa nova agência. “A ideia de levar para o Ministério da Justiça foi proposição minha, na transição, porque eu defendo, por orientação da Transparência Internacional, a criação de uma Anif, Agência Nacional de Investigação Financeira, para fazer aquilo que o Brasil nunca fez: prevenção, cruzar dados”, disse, lembrando que as investigações dos casos do mensalão e do petrolão foram feitas com o Coaf no Ministério da Fazenda (antigo Economia).

Entretanto, segundo Onyx, não há previsão de quando essa proposta será apresentada pelo governo e que o ministério ao qual o Coaf está vinculado não é decisivo para isso. “Tanto Guedes [ministro da Economia] e Moro [ministro da Justiça e Segurança Pública] reforçaram e qualificaram a estrutura do Coaf. Então, a é uma ideia que está amadurecendo dentro do governo e podemos adiante caminhar para ela.”

Comente

Obras em 154 km de rodovias do RN serão retomadas

30/05/2019

Serviços vão melhorar o tráfego e escoamento de produções

Obras de importantes estradas que estavam paralisadas devido às chuvas e pela necessidade de readequações em seus projetos de engenharia serão retomadas pelo Governo do RN neste mês de junho.

São 154 km de vias que promoverão melhorias na trafegabilidade e no escoamento das produções dos agricultores, fomentando o turismo e possibilitando crescimento de investimentos ao longo do RN.

“Esse é o resultado do trabalho que estamos empenhados desde quando assumimos a pasta. Seguindo orientação da governadora Fátima Bezerra, estamos na busca de soluções para destravar as obras, de maneira que as execuções fluam sem problemas”, disse o secretário de Gestão de Metas e Projetos, Fernando Mineiro. Ele lembrou que a retomada das obras nas RNs 011, 016, 118, em 03 de junho próximo, e da Estrada do Melão III, em 20 de junho, faz parte do plano de interiorização da economia, na busca pelo desenvolvimento regional.

Conhecida como Estrada da Castanha, a RN 011 – no trecho que liga a BR 110 até à RN 016 –, é uma dessas vias que, a partir do investimento de R$ 22 milhões, será revitalizada em 31km, facilitando o acesso às regiões de Areia Branca, Serra do Mel e Carnaubais. A construção já está 83% concluída e, a contar deste reinício, tem previsão de entrega para setembro de 2019.

Com este mesmo prazo para finalização da obra está a RN 016 que, ligando a BR 304 a Carnaubais, soma 57 km de reestruturação e vai impactar diretamente os produtores da região, com a expectativa de gerar um incremento acima de 15% na área produtiva de Carnaubais, Serra do Mel e Mossoró, e de triplicar, por exemplo, a demanda de exportação de melão. Nesta revitalização estão sendo aplicados R$ 35 milhões.

Ainda no território Açu-Mossoró, a Estrada do Melão III será recuperada. A via, que tem uma extensão de 19 km, vai complementar importantes roteiros econômicos no escoamento dos produtos locais, que vão desde a exploração do sal até a cadeia produtiva do caju, já que liga Baraúna à BR 437, no trecho identificado como Estrada do Cajueiro. A intervenção conta com investimento de R$ 20 milhões e deve ser entregue em janeiro de 2020.

No Seridó, a retomada acontecerá em um trecho da RN 118, via importante para o transporte da produção do Estado, como a fruticultura, a indústria do sal, os minérios e confecções. Ligando Jucurutu a Caicó, a estrada será revitalizada em 47,5 km de extensão, facilitando o deslocamento desses produtos e influenciando diretamente na economia regional. A obra deve ser entregue em agosto deste ano.

Todas essas intervenções são financiadas pelo Governo Cidadão, via acordo de empréstimo com o Banco Mundial, abrangendo desde o revestimento asfáltico, com reforço de características estruturais que suportam o tráfego da rodovia, até a implantação de acostamentos e sinalizações horizontais e verticais. Fonte Portal Noar.

Comente

Governo quer ampliar faixas do Minha Casa Minha Vida

30/05/2019

Programa habitacional também vai mudar de nome, disse ministro

Agência Brasil

O governo federal deve apresentar mudanças no programa Minha Casa Minha Vida na semana que vem, segundo informou nesta quinta-feira (30) o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Entre as alterações está a ampliação das atuais quatro faixas de financiamento e a troca de nome do programa habitacional, criado em 2009 no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“É um novo governo, um novo programa, ele está sendo reformulado. Então, não apenas mudar o nome por mudar. É uma nova visão”, disse o ministro após participar da cerimônia de lançamento da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Pelo Minha Casa Minha Vida, famílias com renda mensal de até R$ 1.800 estão contempladas pela faixa 1, que tem zero de juros, financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A faixa 1,5 contempla famílias com renda bruta mensal entre R$ 1.800 até R$ 2.600, com taxa de juros de 5% ao ano, prazo de até 30 anos para pagar e subsídios que podem chegar a R$ 47,5 mil. A faixa 3 compreende famílias com renda até R$ 4 mil, com taxas de juros que variam de 6% a 7% e subsídios de até R$ 29 mil. Já a faixa 3 atende famílias com renda máxima de R$ 7.000.

“A nossa proposta é um maior número de faixas, maior número de categorias para atender as diferentes demandas”, justificou o ministro. Ele disse ainda que o programa, após 10 anos de execução, apresenta uma série de problemas que precisam ser corrigidos pelo governo, como comercialização irregular de lotes, invasão dos lotes por facções criminosas, conflitos sociais nos condomínios, problema de violência doméstica. “São questões que o governo não pode aceitar. A gente não pode ver uma situação dessa e não fazer nada”.

Os detalhes do novo programa de habitação popular do governo federal serão apresentados pelo ministro durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, na próxima terça-feira (4).

Comente

Governo estuda liberar saques em contas ativas do FGTS, diz Guedes

30/05/2019

Governo Federal.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, abre o seminário Produtividade e Crescimento Econômico no Brasil

O governo estuda liberar saques de contas ativas do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), numa medida similar à implementada pelo governo Michel Temer no caso de contas inativas. A informação foi confirmada hoje (30) pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

O objetivo é o mesmo: injetar recursos capazes de alavancar a volta do crescimento. A medida, entretanto, ainda segue em estudo, e só deve ser implementada após a eventual aprovação da reforma da Previdência. “Nós temos que começar pelas coisas mais importantes”, disse Guedes.

“As coisas devem se acelerar nas próximas três ou quatro semanas”, disse o ministro, em referência à tramitação da reforma da Previdência no Congresso

 Ao citar medidas de estímulo ao crescimento que devem ser anunciadas após a aprovação da nova Previdência, Guedes mencionou a nova rodada de liberação dos saques nas contas do FGTS. “Inativas e ativas. Ativas também”, afirmou ele, sem dar mais detalhes sobre a medida.

O governo cogita a liberação dos saques em contas ativas ante o esgotamento dos recursos disponíveis nas contas inativas, que já tiveram o saque liberado pelo governo Temer. Guedes ressalvou, porém, que a medida segue em estudo, e que ainda “não foi batido o martelo”.

Hoje, o saque nas contas ativas do FGTS só é permitido em situações específicas, como no caso do trabalhador ser demitido sem justa causa ou se for para utilizar os recursos na aquisição de casa própria.

O ministro comentou nesta quinta-feira (30) o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre, que teve uma retração de 0,2% de acordo com os dados divulgados nesta manhã pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para ele, o resultado já era esperado. Fonte Agencia Brasil.

Comente

Ruas de Natal ficam alagadas após chuvas na manhã desta quinta-feira (30)

30/05/2019

Casas e até salas de aula foram invadidas pela água, na Zona Norte de Natal. Lagoas de captação também transbordaram e Defesa Civil acompanha casa de imóv

Por G1 RN

Rua Água Fria, no conjunto Soledade, na Zona Norte de Natal, ficou alagada após chuvas na manhã desta quinta-feira (30).  — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

Rua Água Fria, no conjunto Soledade, na Zona Norte de Natal, ficou alagada após chuvas na manhã desta quinta-feira (30). — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

As pancadas de chuvas que caíram sobre Natal na manhã desta quinta-feira (30) foram suficientes para alagar algumas ruas da capital potiguar. A água invadiu, por exemplo, casas do conjunto Soledade, no bairro Potengi, na Zona Norte da capital.

Até as salas de aula da escola Escola Municipal prof. José do Patrocínio, no mesmo bairro, ficaram alagadas. O corredores do Hospital Santa Catarina também foram tomados pela água, devido a goteiras e infiltrações na unidade.

Sala de água foi invadida pela água na Escola Municipal Professor José do Patrocínio, no bairro Potengi, em Natal — Foto: Reprodução

Sala de água foi invadida pela água na Escola Municipal Professor José do Patrocínio, no bairro Potengi, em Natal — Foto: Reprodução

Ainda durante a manhã, a Defesa Civil do município foi chamada para a atender a uma ocorrência na rua Laureano Gomes, no Conjunto Panatis, onde uma lagoa de captação transbordou. Outro caso de lagoa transbordada foi no bairro Nossa Senhora da Apresentação, no loteamento Aliança.

Os agentes também acompanharam o caso de uma casa que apresenta risco de desabar, na comunidade do Jacó, na Zona Leste da cidade. De acordo com a coordenadora da Defesa Civil, Luciana Medeiros, a moradora de uma casa localizada abaixo do imóvel se recusa a deixar o local, mesmo com o risco.

Casa ameaça desabar e atingir outros imóveis na comunidade do Jacó, na Zona Leste de Natal  — Foto: Defesa Civil/Divulgação

Casa ameaça desabar e atingir outros imóveis na comunidade do Jacó, na Zona Leste de Natal — Foto: Defesa Civil/Divulgação

O terminal de ônibus no bairro Pajuçara também ficou alagado por causa das chuvas, assim como o do bairro Soledade.

Conforme a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, os principais, nos principais corredores da cidade três pontos de alagamento foram registrados, na avenida Hermes da Fonseca, próximo ao clube da AABB, avenida Afonso Pena e na avenida Bernardo Vieira. Às 11h45 desta quinta-feira (30), os alagamentos já não existiam, segundo a pasta.

Ruas do conjunto Soledade, na Zona Norte de Natal, ficaram alagadas durante chuvas em Natal — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

 

 

Comente

Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe termina nesta sexta

30/05/2019

A Meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% do público-alvo

 Dia D de vacinação contra a gripe no Leme, na zona sul do Rio de Janeiro.

A meta do ministério é vacinar 90% do público-alvo, formado por 59,4 milhões de pessoas. Dois estados já bateram a meta de 90%: Amazonas (94,4%) e Amapá (94,7%). Os estados com menor cobertura vacinal são Rio de Janeiro (57,6%), Acre (64,9%) e São Paulo (65,4%). Segundo a pasta, a campanha mantém, em todo o país, uma estrutura com mais de 41,8 mil postos de vacinação e a participação de aproximadamente 196,5 mil pessoas.

Os dados divulgados pelo ministério indicam que, entre a população prioritária, os funcionários do sistema prisional registram a maior cobertura vacinal, com 94,2%, seguido pelas puérperas (91%), indígenas (86,7%), idosos (85,3%) e professores (82,8%). Os grupos que menos se vacinaram foram os profissionais das forças de segurança e salvamento (32,2%), população privada de liberdade (50,4%), pessoas com comorbidades (66,6%), crianças (69,9%), gestantes (70,8%) e trabalhadores de saúde (72,9%).

No Brasil, a escolha do público prioritário obedece recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). “Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias”, diz a pasta da Saúde.

Fonte Agencia Brasil.

 

Comente

Bolsonaro: MP 871 vai gerar economia estimada em R$ 10 bi por ano

30/05/2019

Governo Federal.

O presidente da República, Jair Bolsonaro,e a primeira dama, Michele Bolsonaro, assistem ao culto na Igreja Batista Atitude.

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30), em sua conta no Twitter, que a Medida Provisória (MP) 871, que combate fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), deve gerar uma economia estimada em R$ 10 bilhões por ano. "O Brasil segue avançando", afirma o presidente. A MP foi aprovada na Câmara na madrugada de hoje. O Senado já marcou para esta quinta-feira a votação da matéria, que perde a validade na segunda (3).

Jair M. Bolsonaro
 
@jairbolsonaro
 
 

BRASIL SEGUE AVANÇANDO! Aprovada na Câmara a MP 871, que combate fraudes no INSS. Economia estimada de R$ 10 bilhões por ano com a aplicação da medida. Matéria irá para votação no Senado nesta quinta, 30.A Medida Provisória 871 cria um programa de revisão de benefícios do INSS, exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão apenas aos casos de pena em regime fechado.Fonte Agencia Brasil.

 

Comente

Forte terremoto atinge El Salvador

30/05/2019

Trânsito foi interrompido na capital após tremor

Terremoto, El Salvador, Transito

Um terremoto de magnitude 6,6 atingiu a costa de El Salvador na madrugada desta quinta-feira (30), mas os serviços de emergência do país informaram que não há relatos iniciais de danos significativos.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) informou que o epicentro do tremor ocorreu no Oceano Pacífico, cerca de 27 quilômetros a sul-sudeste de La Libertad. O cismo atingiu uma profundidade de pouco mais de 65 quilômetros, segundo o USGS.

A Defesa Civil de El Salvador publicou no Twitter que, de acordo com o monitoramento inicial, o terremoto não causara um impacto "grave ou generalizado".

O mar de La Libertad estava em condições normais, acrescentou.

Tremores também foram sentidos na vizinha Guatemala.

O Centro de Alerta Nacional de Tsunami dos Estados Unidos informou que não havia alerta previsto para a costa oeste dos país norte-americano.

Comente