Nota ao Povo Guamareense - 27/10/2018

Guamaré; O Vereador Luiz Carlos (Sub Carlos) Imiti Nota a População

CARTA AO POVO GUAMAREENSE

        

           Hoje vivemos na cidade de Guamare incertezas como já era de se esperar, pois a pessoa do ex-prefeito (interino) já não convive entre autoridades do município, sendo feito a justiça divina não por esforço de A ou B da elite política de Guamare, onde hoje por acaso estamos inseridos, o grande responsável por esta façanha tão badalada foi um simples cidadão que preocupou-se com o bem estar da população Guamareense, pois incessantemente, incansavelmente fazia ligações telefônicas, e-mais, mensagens, todos os dias para as autoridades federais (PGR, TSE e STF), pois bem tão provável que apos dar a sentença aqueles órgãos retornaram e-mais, dando satisfações a este cidadão, não citarei seu nome para que ele não seja represeliado.

 

         Pois bem, hoje posso afirmar o que vinha dizendo antes, o ex-prefeito (HELIO), propositalmente foi candidato a treeleicao ou até mesmo a qudrieleicao,  sabendo de suas condições jurídicas, que não seria viável a permanência dele na situação de poder absoluto, enganou a população que hoje por necessitar Ainda o tem como líder, mas o povo foi levado a votar num cidadão que ele era conhecedor que não permaneceria naquele cargo.

 

           OS VEREADORES que se diziam opositores, claro temos excessões, claramente revoltados com a queda do Prefeito, pois estes foram pegos de surpresa com a sentença e percebe-se que além de não moverem uma palha para que isto tivesse ocorrido, Ainda criticam o cidadão responsável por catucar a onça, dizendo que o mérito não é dele, quando na verdade o mérito da queda do interino é e será somente dele e não desta oposição que aí estar.

 

         Sobre a situação de EMILSON DE BORBA (LULA) tenho certeza que quando indicado legalmente para ser o Prefeito ele (Presidente) fato que ja chama a atenção do judiciário pois já rolava processos em seu desfavor, não só dele mas de vários integrantes da família do ex-prefeito (helio) citados na Operação: Máscara Negra, sendo uma das decisões antecipadas da Lide que seja proibido a todos adentrarem a prédios públicos do município de Guamare... obstante tal decisão o nosso querido presidente já corria grande risco de ser penalizado antecipadamente, pois o astucioso helio de imediato obedeceu e seus protegidos e familiares atenderam a decisão é não adentram a prédios públicos respeitando tal ordem, a não ser nas caladas da noite.

 

          Então, querida população, não tenho conhecimento de causar do citado processo, propositalmente quero ficar longe disto, mas ao assumir a prefeitura desta cidade legalmente como manda a lei ele indiretamente, sem Querer reforçou os olofotes jurídicos para ele e, o MP., já de posse de denúncias antigas e recentes, pediu e, a justiça atendeu, temporariamente o afastamento do então prefeito interino LULA, que se Deus o abençoar deverá ser revertido a nível de segundo grau, inclusive das funções de Vereador, ou seja, hoje a presidente da câmara se chama Diva Araujo e, o comando não morre, e sempre será sequentemente dentro da legalidade. Se o amigo LULA resolver o problema conseguindo liminar que desmanche a atual decisão a senhora Diva araujo terá que voltar a situação de presidente daquela casa e ele (Lula) deverá novamente ser empossado prefeito, são coisas óbvias, naturais, normais.

 

         Então, não vejo aí motivos para:

 

 

 

           1) jogar a população em geral contra a gestão interina de Diva, pois ela herdou e todos sabem que quem tem poder para fazer elefante voar (juridicamente) não é ela e sim o ex, que estranhamente não é atacado pelos opositores, assim como fizeram com Diva, nem na situação de prefeito, nem por ter conseguido esta façanha contra o querido Lula.

 

     02) Estes pedidos de exonerações dos funcionários contratados e também os que exerciam cargos de chefias nos finais de semana, quando deveriam cumprir suas tarefas até serem ou não substituídos, pois antecipadamente, estranhamente já lhes foi pago pelo ex- prefeito (interino) seus salários de outubro de 2018, mesmo achando merecido para aquecer o comércio local, ameaças de protestos com inclusive danos ao patrimônio público, que hoje é inademicivel, tanto da ex-situação como dos vereadores que eram ou são oposição, estes fatos sao direcionados para desestabilizar um governo que inicia-se interinamente, temporariamente, claramente orquestrados por pessoas que não querem, não aceitam, a saída do poder onde queriam se perpetuar.

 

       03) Achei as declarações dos vereadores um Pouco precipitadas, neste momento onde deveria permanecer o silêncio, até para não jogar os populares, eleitores, seguidores, em

Possíveis e imaginários confrontos, ou seja, quando o interino pintava e bordava ninguém fazia quaisquer declarações, ao contrário existia um silêncio, hoje após a saída do mesmo, diga-se aqui por responsabilidade exclusiva deste querido cidadão que estar sendo ameaçado, aquado, e não tem respaldo dos que foram beneficiados pela decisão judicial, pelo menos um conforto, isto ocorre por que será? Então pessoal vamos acalmar os ânimos, deixa a coisa correr, o inimigo hoje né dona Diva não.

 

         04) Os senhores com excessões é claro, não são exatamente autoridades exemplares para tais cobranças, pois no passado foram de lá para cá por várias vezes, e de vá para lá, que foram por várias vezes processados nas diversas esferas da justiça, então não é justo hoje jogar a população contra a prefeita interina, deixa isso para quem quer o mal da cidade e benefícios próprios aos deles e suas famílias. 

 

        05) Estão transformando a cidade num caos, porque será? O povo depois vai ver, a vida não é feita de cargos somente, secretariados, se fosse assim eu teria morrido, e estou aqui vivinho da Silva, procurem a prefeita, sejam solidários como foram com helio, não o denunciando, não jogando a população contra ele, pensem, falam tanto em projetos pessoais, mas no fundo todos os projetos são pessoais e esquecem o povo, senão não estariam agindo assim. 

 

       Finalizo dizendo Posso pagar caro por estas palavras, mas nao serei mais um, enquanto aí defenderei o povo, podem merecer ou não, se…

 Finalizo dizendo Posso pagar caro por estas palavras, mas nao serei mais um, enquanto aí defenderei o povo, podem merecer ou não, sem destinação de cor, raca, sexo, etnia, religião, ou seja, estarei com o povo e não ao lado de projetos pessoais particulares, usarei o que me for de direito mas só o de direito. 

 

Retroceder nunca, desistir jamais.

 

       Covarde não é quem evita um combate, covarde é quem trava o combate sabendo que seu oponente é mais fraco.

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12