Ato começou por volta das 14h na esquina da avenida Salgado Filho com a Bernardo Vieira, na Zona Leste da capital. Em Mossoró, protesto aconteceu pela manhã. - 13/08/2019

Natal tem protesto contra cortes de recursos da educação e reforma da Previdência

Por G1 RN

NATAL, 15h23: Manifestantes fecham avenida Salgado Filho, no bairro Tirol, em Natal — Foto: Rafael Barbosa/G1

NATAL, 15h23: Manifestantes fecham avenida Salgado Filho, no bairro Tirol, em Natal — Foto: Rafael Barbosa/G1

 

Professores, estudantes, centrais sindicais e sociedade civil organizada fazem uma manifestação na tarde desta terça-feira (13), no bairro Tirol, Zona Leste de Natal, contra bloqueios de recursos da educação e contra a reforma da Previdência. A manifestação faz parte de um ato nacional.

A concentração começou por volta das 14h, no em frente ao shopping Midway Mall, na esquina das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, após convocação de grupos como Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a União Nacional dos Estudantes (UNE). Os manifestantes portam cartazes e faixas com palavras de ordem.

Por volta das 15h, os manifestantes fecharam o tráfego da avenida Salgado Filho no sentido Centro - Zona Sul da capital. Fiscais de trânsito e policiais militares acompanham a manifestação.

Mossoró

Pela manhã, um grupo de manifestantes também realizou um ato em Mossoró, na região Oeste potiguar. Eles se concentraram em frente à sede da Universidade Federal do Semiárido (Ufersa) e além, da pauta nacional, também cobraram investimentos na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte.

MOSSORÓ, 9h58: Manifestantes usam faixas e bandeiras durante protesto em frente à Ufersa.  — Foto: Isaiana Santos

MOSSORÓ, 9h58: Manifestantes usam faixas e bandeiras durante protesto em frente à Ufersa. — Foto: Isaiana Santos 

MOSSORÓ, 9h53: protesto se concentra em frente à sede da Ufersa. — Foto: Isaiana Santos

 

MOSSORÓ, 9h53: protesto se concentra em frente à sede da Ufersa. — Foto: Isaiana Santos

 

 

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12