Atacante do Brasil e do Palmeiras não hesita em dizer que sentia que levaria prêmio e vê evolução na carreira: "Ser melhor jogador da Copa do Mundo não é - 18/11/2019

Melhor jogador do Mundial Sub-17, Veron diz que esperava Bola de Ouro: "Eu estava sentindo sim"

Veron é festejado pelos companheiros com o prêmio de melhor jogador do Mundial Sub-17 — Foto: Alexandre Loureiro/CBF

Veron é festejado pelos companheiros com o prêmio de melhor jogador do Mundial Sub-17 — Foto: Alexandre Loureiro/CBF

Veron nem teve aquele frio na barriga durante a cerimônia de premiação dos melhores do Mundial Sub-17. Ele já esperava. Escolhido o “Bola de Ouro” da competição após a vitória por 2 a 1 do Brasil sobre o México e a conquista do tetracampeonato, o atacante não hesitou em dizer que confiava no prêmio

“Eu estava sentindo sim. Consegui fazer uma boa partida (contra o México). Esperava sim”, afirmou o sorridente atacante do Palmeiras.

Gabriel Veron desbancou o francês Adil Aouchiche, camisa 10 da equipe que terminou na terceira colocação do Mundial e fez um gol e sete assistências no torneio. O camisa 7 brasileiro balançou as redes três vezes e deu duas assistências. Na final contra o México, errou pelo menos três boas oportunidades.

Com a medalha de campeão no peito e o troféu de melhor jogador do Mundial em mãos, ele espera confirmar a mudança de patamar em sua carreira. E quer chegar com mais moral no Palmeiras.

“Acho que vai ser muito importante para minha carreira. É um grande passo. Ser melhor jogador da Copa do Mundo não é para qualquer um. Estou muito feliz”, afirmou o atacante.

Mas o prêmio individual veio com uma observação de um companheiro: o lateral Yan. Principal parceiro em várias tabelas pela direita, o jogador do Coritiba reivindicou parte da conquista do amigo.

– Eu falei para ele que tinha que me agradecer um pouco ali, porque a maioria das jogadas nascia da direita, que temos um lado direito forte, rápido. Brinquei que ele tinha que repartir um pouco, mas faz parte. É um excelente jogador. Merece a Bola de Ouro.

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12