Julgamento - 16/10/2020

STF julga na quarta-feira (21) afastamento de senador pego com dinheiro na cueca

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo 

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, decidiu levar ao plenário da corte na próxima quarta-feira (21) a análise da decisão que afastou do cargo por 90 dias o senador Chico Rodrigues (DEM-RR). 

No plenário, os ministros do Supremo deverão decidir se mantêm a decisão do ministro Luís Roberto Barroso ou modificam a ordem de afastamento do senador. 

Barroso determinou ontem o afastamento de Rodrigues, investigado por suspeitas de desvios de recursos públicos de emendas parlamentares destinadas ao combate à pandemia de covid-19. 

O senador foi flagrado com dinheiro escondido na cueca, durante operação da Polícia Federal de busca e apreensão na casa do parlamentar, em Boa Vista. 

O afastamento de Rodrigues, segundo explicou o gabinete do ministro do STF, está em vigor, mas poderá ser revogado pelo Senado. Barroso remeteu o caso para análise dos senadores, mas ainda não houve deliberação sobre o afastamento. 

O ministro pediu a Fux que submetesse o caso a julgamento do plenário por causa da “relevância institucional da matéria”, escreveu Barroso no despacho de hoje. Cabe ao presidente do STF fixar a agenda de julgamentos. 

UOL 

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12