Polícia Civil diz que havia marcas de pelo menos 12 tiros no corpo da adolescente não identificada. - 18/10/2020

Corpo de adolescente é encontrado na comunidade do Mosquito, em Natal

Inter TV Cabugi

Polícia Civil do RN diz que havia marcas de, pelo menos, 12 tiros espalhadas pelo corpo da adolescente — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Polícia Civil do RN diz que havia marcas de, pelo menos, 12 tiros espalhadas pelo corpo da adolescente — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

"Pra mim, foi angustiante ver os pacientes sendo encaminhados para a urgência pública e não terem como ser atendidos. Ver os pacientes sendo encaminhados para urgência privada e o pronto-socorro ter que fechar as portas por falta de capacidade", diz. 

"O que gerou mais angústia na pandemia foi isso: saber que nossa rede hospitalar não estava preparada para receber essa pandemia". 

Tempo de medo e perdas 

Lutando na linha de frente da batalha contra o coronavírus, os médicos e profissionais da saúde se expõem mais ao risco de contágio. Mas, apesar do receio, cumprem a missão de atender. 

"Esse período realmente gera um pouco de medo, principalmente pelo nosso adoecimento e dos nossos familiares", relata Juliano. 

 

 

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12