Unidade de Nova Esperança deixou de receber pacientes às 7h desta sexta-feira (20). Segundo secretária, serviço será retomado após remanejamento de profis - 20/11/2020

Sem médicos, UPA de Parnamirim suspende atendimentos a pacientes na Grande Natal

 Inter TV Cabugi

UPA Nova Esperança, em Parnamirim, na Grande Natal, suspende atendimento por falta de médicos — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

UPA Nova Esperança, em Parnamirim, na Grande Natal, suspende atendimento por falta de médicos — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Sem médicos desde às 7h desta sexta-feira (20) a Unidade de Pronto-Atendimento do bairro Nova Esperança, em Parnamirim, suspendeu atendimento à população do município da região metropolitana de Natal. Pessoas que procuraram a unidade durante a manhã foram orientadas a seguir para outras duas UPAs da cidade, em Pirangi do Norte e Nova Parnamirim. 

De acordo com a Secretaria de Saúde, o contrato com os profissionais foi encerrado no dia 15 de novembro e não pôde ser renovado por causa do período eleitoral. O serviço poderia ser mantido por meio do pagamento por indenização, mas, de acordo com o município, os profissionais não aceitaram acordo para atuar nesse formato. 

Por dia, a unidade conta com cinco médicos plantonistas. Não havia nenhum nesta sexta (20). De acordo com a secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, profissionais do quadro do município estão sendo remanejados de outras unidades e os serviços serão retomados ainda nesta sexta-feira (20). 

O pedreiro Wellington Silva procurou a unidade porque estava com a pressão alta, mas voltou para casa sem atendimento. "Eu fui no posto e minha pressão estava 21 por 9. Mandaram eu vir direto para cá. Cheguei aqui, disseram que não tinha médico", relatou. 

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12