Revisão de estudos sobre ivermectina indica eficácia potencial contra a covid-19

22/01/2021

Covid-19

Uma revisão de 11 pesquisas sobre a eficácia da ivermectina, feita pela Universidade de Liverpool, indicou que o vermífugo foi associado a uma redução dos níveis de inflamação e a uma eliminação do novo coronavírus, além da redução do tempo de internação e da mortalidade.

 

O estudo é chamado de meta-análise – uma revisão de pesquisa sobre o assunto, não uma pesquisa original.

O autor, doutor Andrew Hill, afirma que, individualmente, nenhum dos materiais analisados é robusto o suficiente para que um nível de eficácia seja estabelecido. Porém, combinados, eles podem indicar se o remédio é eficaz.

De qualquer maneira, o estudo não recomenda a aprovação do uso da ivermectina até que sejam feitas mais pesquisas.

“Muitos ensaios incluídos [no estudo] ainda não foram publicados ou passaram por revisão científica e meta-análises são sujeitas a confusão. Além disso, há uma grande variação nos padrões entre os ensaios, diferenças entre doses de ivermectina e a duração dos tratamentos foi heterogênea. A ivermectina deve ser validada em estudos maiores randomizados antes que os resultados sejam suficientes para revisão pelas autoridades reguladoras”, diz o estudo.

Os resultados da análise apontam uma redução do tempo até a eliminação do vírus, redução no tempo de hospitalização, taxa de recuperação clínica 43% mais altas e taxas de sobrevivência 83% superiores.

Os estudos analisados foram realizados na Espanha, Índia, Argentina,Turquia, Egito, Bangladesh, Paquistão, Nigéria, Irã e Iraque.

A ivermectina é um vermífugo utilizado para a eliminação de vários parasitas pelo corpo. O medicamento é aprovado para o tratar oncocercose, elefantíase, ascaridíase, pediculose e escabiose. 

Um estudo feito na Austrália publicado em abril do ano passado descreve o efeito da ivermectina no novo coronavírus em ambiente de laboratório, com análise in vitro.

Segundo a agência regulatória norte-americana, FDA, esse tipo de estudoé comumente usado durante um estágio inicial do desenvolvimento de remédios.

O órgão adverte são necessários testes adicionais para definir se a ivermectina pode ser apropriada para a prevenção ou tratamento da covid-19.

Assim, a agência não recomenda o uso da ivermectina para este fim.

Fonte: CNN

 

 

Comente

Polícias do RN, PB e PE desarticulam grupo especializado em roubar carros-forte

22/01/2021

Roubos a Carros Fortes

PC/RN

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em conjunto com equipes das Polícias Civis dos Estados da Paraíba e de Pernambuco, deflagraram, nesta quinta-feira (21), a Operação “Sem Fronteiras”. A ação teve como objetivo o combate interestadual aos crimes de roubo a carros-forte e explosões contra instituições bancárias.  

A operação resultou na prisão de José Aderson da Silva, conhecido como “Carequinha”, considerado um dos braços direito de Alan Davydson. A prisão aconteceu no bairro José Pinheiro, localizado na cidade de Campina Grande (PB). Além disso, foram apreendidos no decorrer das diligências: drogas, o valor de R$1.100,00, 200 artefatos explosivos e três armas de fogo, sendo elas: uma pistola  9mm, um revólver calibre .38 e um fuzil .50, com seis munições intactas.  

Durante a ação, morreram em confronto com os policiais: Alan Davydson Nunes Santos, conhecido como “Galeguinho” ou “Fantasma”, e Anderson Xavier de Souza Pontes, conhecido como "Ancinho", 31 anos. Em desfavor de Anderson Xavier, existiam cinco mandados de prisão, expedidos pela Vara Única da Comarca de São Paulo do Potengi, referentes aos crimes de: integrar organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, dano qualificado, roubo, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, furto, incêndio e receptação.  

Contra Alan Davydson, havia dez mandados de prisão em aberto, expedidos pelas Comarcas de Pau dos Ferros, Nísia Floresta, Pedro Velho, Parnamirim e Ceará-Mirim, referentes aos crimes de: homicídio qualificado, integrar organização criminosa, roubo, porte ilegal de arma de fogo, posse irregular de arma de fogo, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, corrupção de menores, expor a perigo a vida mediante uso de dinamite ou substância semelhante, furto e receptação. “Alan Davydson” é apontado como chefe da organização criminosa e era considerado um dos criminosos mais procurados pela DEICOR/RN, que o investigava há seis anos. Ele também era procurado pelas Polícias Civis da Paraíba e de Pernambuco. 

De acordo com as investigações, a organização criminosa é responsável pelo roubo contra uma agência bancária, ocorrido no dia 14 de outubro de 2020, na cidade de São Paulo do Potengi (RN), em que 27 criminosos estiveram envolvidos na ação. Segundo o diretor da DEICOR, Erick Gomes, o material apreendido durante a Operação seria utilizado para ações criminosas conhecidas como ”novo cangaço”,  principalmente contra carros-forte 

Fonte: Portal Grande Ponto 

Comente

TRE indefere registro de candidatura de Kerinho e bancada federal do RN deve sofrer alteração

22/01/2021

Decisão da Justiça Eleitoral torna nulos os votos de Kerinho. Com retotalização dos votos de 2018, Fernando Mineiro (PT) deve assumir vaga de Beto Rosado (P

Por G1 RN

Jjuízes eleitorais votam pelo indeferimento do registro de candidatura de Kerinho — Foto: Igor Jácome/G1

Jjuízes eleitorais votam pelo indeferimento do registro de candidatura de Kerinho — Foto: Igor Jácome/G1

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) indeferiu nesta sexta-feira (22) o pedido de registro de candidatura a deputado federal de Kericlis Alves Ribeiro, conhecido como Kerinho, nas eleições de 2018. Por 3 votos a 2, os juízes eleitorais entenderam que Kerinho permaneceu vinculado a um cargo comissionado dentro de período vedado para pretensos candidatos. 

Com a decisão, os votos conferidos a Kerinho no pleito foram tornados nulos e haverá o recálculo do quociente eleitoral para o cargo de deputado federal, o que deve provocar uma mudança na bancada do RN. Com a retotalização dos votos, Beto Rosado (PP), que era da mesma coligação de Kerinho, deve perder o cargo e Fernando Mineiro (PT) assume a cadeira na Câmara Federal. 

Ainda cabe recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Beto Rosado informou que não vai se pronunciar sobre a decisão. Em nota, a defesa de Mineiro disse que o TRE "manteve seu histórico de defesa da legalidade e do Direito. Respeitou o que foi decidido pelo TSE e restabeleceu a vontade soberana da população potiguar sobre sua representação na Câmara dos Deputados. O RN elegeu Fernando Mineiro como Deputado em 2018 e o erro de sistema de informática agora foi devidamente corrigido". 

Votação 

O relator do processo, juiz Ricardo Tinoco, foi acompanhado pelo desembargador Ibanez Monteiro e pelo juiz federal Carlos Wagner para formar maioria pelo indeferimento. "O requerente não atendeu à exigência de desincompatibilização, em virtude de não ter se exonerado do cargo de confiança que ocupava no município de Monte Alegre", apontou Ricardo Tinoco. 

"Ele deveria comprovar a devida exoneração, pois estava em um cargo comissionado. Não é suficiente para comprovar a exoneração um mero requerimento", explicou o juiz federal Carlos Wagner. 

 

"Por consequência, torno nulos os votos a ele conferidos para determinar que se recalcule os quocientes previstos nos artigos 106 e 107 do Código Eleitoral em relação ao cargo de deputado federal, procedendo-se às medidas cabíveis decorrentes da retotalização", concluiu o relator. 

Comente

Covid-19: Vacina de Oxford começa a ser aplicada em mais de 750 voluntários que tomaram placebo em testes no RN

22/01/2021

Imunizante feito em parceria com a AstraZeneca teve liberação para uso emergencial no domingo passado. Mais de 1,5 mil potiguares participaram da terceira fas

G1 RN

Vacina de Oxford (AstraZeneca), Pesquisa foi feita no Brasil, Reino Unido e África do Sul — Foto: Siphiwe Sibeko/Pool via AP

Vacina de Oxford (AstraZeneca), Pesquisa foi feita no Brasil, Reino Unido e África do Sul — Foto: Siphiwe Sibeko/Pool via AP

Mais de 750 voluntários que tomaram placebo na terceira fase da pesquisa da vacina de Oxford em parceria com a AstraZeneca contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte começaram a ser imunizados no estado.

Ao todo, 1.523 potiguares participaram da fase de testes no método duplo cego - em que nem participantes e nem os pesquisadores sabem inicialmente quais foram os escolhidos para receber o imunizante contra a Covid-19 ou o placebo. Metade foi destinada pra cada grupo no estado. 

A revelação para os pacientes começou a ser feita na quinta-feira (21) após a autorização da Anvisa para o uso emergencial da vacina, no domingo passado, e liberação das demais instâncias regulatórias da pesquisa. 

"Ontem (quinta-feira) nós quebramos o cego de 80 participantes e foi uma alegria, uma emoção muito grande. As pessoas que já estavam vacinadas ficaram muito emocionadas", explicou a infectologista e professora do departamento de infectologia da UFRN, Eveline Pipolo, que é investigadora principal do estudo da vacina de Oxford no Rio Grande do Norte. 

"Da mesma forma o sentimento das pessoas que não estavam vacinadas e que foram para tomar a primeira dose da vacina". 

Para dar os resultados a todos o participantes o mais rápido possível, a pesquisa vai recebê-los inclusive aos sábados e domingos para atendimentos. "Nós estamos realmente correndo muito para chamá-los no menor tempo possível, mas mantendo o padrão de qualidade. Nós não podemos perder", explicou Eveline. 

Vacina Oxford/Astrazeneca — Foto: REUTERS/Dado Ruvic

"A gente entende que as pessoas estão ávidas para tomar a vacina ou pra saber o que tomaram. E é um direito delas. Mas é preciso ter um pouco de calma e compreender que nós precisamos fazer o nosso trabalho com qualidade e essa qualidade vai refletir para eles". 

Uma das participantes da pesquisa foi a professora de música Letícia Nascimento, de 25 anos, que estava no grupo que recebeu a vacina. 

 

"É uma alegria muito grande poder fazer parte desse processo, que é muito trabalhoso para todos, mentalmente e psicologicamente, principalmente para os mais envolvidos. E a gente vê a alegria não só da gente, que foi vacinado, como também do profissionais em saber que o trabalho árduo deles está tendo um resultado positivo para a sociedade", disse. 

Comente

RN registra 134.010 casos confirmados e 3.223 mortes por Covid-19

22/01/2021

Dez óbitos foram confirmados nas últimas 24 horas, de acordo com a Sesap.

Por G1 RN

RN tem 134.010 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemiai — Foto: TV Globo / Reprodução

RN tem 134.010 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemiai — Foto: TV Globo / Reprodução

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta sexta-feira (22) registrou 20 mortes a mais por Covid-19 em relação ao do dia anterior. Com a atualização, a doença vitimou 3.223 pessoas no Rio Grande do Norte. O estado tem 134.010 casos confirmados desde o início da pandemia. 

Dos 20 óbitos registrados, 10 foram confirmados nas últimas 24 horas, nos municípios de Natal (3), Parnamirim (3), Apodi (2), Macaíba e Santa Cruz. Pelo boletim, são 836 novos casos na comparação com quinta-feira (21). 

Outros 544 óbitos estão sob investigação. O RN tem ainda 74.435 casos suspeitos e outros 306.450 descartados. O número de confirmados recuperados chegou a 95.604, e o de inconclusivos, tratados como "Síndrome Gripal não especificada", está em 65.810. 

Sesap destaca também que 465 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 333 na rede pública e 132 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 58,9% na rede pública e de 41,1% na rede privada. 

No total, 353.586 testes para Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 188.258 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 165.328 sorológicos. 

Números do coronavírus no RN 

 

  • 134.010 casos confirmados 

  • 3.223 mortes 

  • 74.435 casos suspeitos 

  • 306.450 casos descartados 

  • 96.604 confirmados recuperados 

Comente

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

22/01/2021

Medida é adotada devido ao agravamento da covid-19 no país

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, participa de entrevista coletiva sobre o segundo turno das eleições municipais 2020

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. 

Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. 

O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. 

A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao recesso forense. 

A resolução destaca que não se trata de uma anistia para quem não votou, pois tal providência somente poderia ser tomada pelo Congresso Nacional, frisa o texto da norma. 

O prazo para justificar ausência no primeiro turno encerrou-se em 14 de janeiro. O limite para justificar a falta no segundo turno é 28 de janeiro. Ambas as datas marcam os 60 dias após as votações, que ocorreram em 15 e 29 de novembro. 

Pela Constituição, o voto é obrigatório para todos os alfabetizados entre 18 e 70 anos. Em decorrência disso, o artigo 7º do Código Eleitoral prevê uma série de restrições para quem não justificar a ausência na votação ou pagar a multa. Enquanto não regularizar a situação, o eleitor não pode: 

– inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; 

– receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição; 

– participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias; 

– obter empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos; 

– obter passaporte ou carteira de identidade; 

– renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; 

– praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.  

Comente

RN prevê 15 novos concursos públicos até 2023

22/01/2021

Concursos

O Rio Grande do Norte deve ter 15 novos concursos públicos até 2023. O número de seleções públicas previsto para os próximos três anos foi definido na revisão anual do Plano Plurianual (PPA) do Estado. 

Segundo a lei que definiu as regras do PPA, publicada nesta quinta-feira 21 no Diário Oficial do Estado, o governo estadual alterou a meta prevista para o período. Antes da revisão do documento, havia a perspectiva de 13 concursos, mas o número foi ampliado para 15. As informações são do Agora RN. 

Os estudos sobre os concursos serão feitos pela Secretaria de Estado da Administração (Searh). 

O Plano Plurianual é o documento que define as prioridades do governo para o período de quatro anos, podendo ser revisado a cada ano. O documento traça as políticas públicas para alcançar os resultados esperados ao bem-estar da população nas diversas áreas. 

Fonte: Portal Grande Ponto 

Comente

Homens destroem casa com trator e matam vítima; irmão é obrigado a guiar máquina

22/01/2021

Violência em Alta no RN.

Um homem foi assassinado a tiros na madrugada desta sexta-feira (22) em Guanduba, no município de São Gonçalo do Amarante. Os criminosos utilizaram um trator para destruir o imóvel antes de executar a vítima a tiros. As informações são do Portal da Tropical. 

Antes do assassinato, o irmão da vítima foi sequestrado e obrigado a guiar a máquina até à residência. O trator pertence a uma cerâmica onde o irmão do homem trabalha. Além dele, outras pessoas que estavam na cerâmica também foram rendidas. 

O crime será investigado pela Polícia Civil em São Gonçalo do Amarante. 

Fonte: Portal Grande Ponto 

Comente

Primeira dose da CoronaVac deve acabar hoje em Natal

22/01/2021

Covid-19

Prefeitura do Natal

A capital potiguar planeja terminar nesta sexta-feira (22) a aplicação da primeira dose da CoronaVac nos grupos prioritários. A informação está em um levantamento feito pela Folha de SP, que mostra que a maioria das capitais deve acabar a aplicação da primeira dose até a semana que vem. 

A segunda imunização dos profissionais de saúde e idosos em instituições de longa permanência (como abrigos), irá respeitar um intervalo de duas semanas. 

Natal recebeu 24.470 doses da vacina chinesa e iniciou a vacinação contra a Covid-19 na manhã da última quarta-feira (20), exclusivamente em quatro pontos de drive thru: Ginásio Nélio Dias, Shopping Via Direta, Arena das Dunas e Palácio dos Esportes. A ação acontece das 8h às 16h. 

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou que em dois dias de Campanha de Vacinação contra a Covid-19, o município de Natal já imunizou 7.069 profissionais de saúde nas estruturas montadas em esquema de drive-thru na capital até esta quinta-feira (21). 

Em função da grande procura, a Secretaria Municipal de Saúde de Natal estendeu o funcionamento dos drives de vacinação para esta sexta-feira (22), o que não estava previsto anteriormente. 

De acordo com o levantamento da Folha, além de Natal os municípios que preveem encerrar a aplicação da primeira dose mais cedo, já nesta sexta, são Belo Horizonte e Vitória. Entre eles, a capital mineira foi a que recebeu mais unidades: 128 mil, das quais metade foi reservada para ser distribuída daqui a até três semanas. 

Fonte: Portal Grande Ponto 

Comente

Procuradora do estado e amigas são assaltadas em casa de praia na Grande Natal

22/01/2021

Crime aconteceu no fim da tarde desta quinta-feira (21) entre as praias de Cotovelo e Pirangi, no litoral Sul potiguar.

Por Inter TV Cabugi

Caso foi registrado pela Polícia Civil do RN — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Caso foi registrado pela Polícia Civil do RN — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Uma procuradora do Rio Grande do Norte, de 52 anos, e quatro amigas que estavam veraneando em uma casa praia à beira-mar entre as praias de Cotovelo e Pirangi, em Parnamirim, na Grande Natal, foram alvos de criminosos no fim da tarde desta quinta-feira (21). 

As mulheres foram abordadas por três criminosos, que entraram pela parte de trás da casa de praia. Pelo menos um deles estava armado. Os homens tomaram quatro aparelhos celulares, dinheiro e joias das vítimas. 

Depois do assalto, os bandidos fugiram a pé, seguindo em direção às falésias da região. A Polícia Militar foi acionada e fez buscas na região, mas nenhum suspeito foi preso. 

A procuradora do estado foi até a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, onde registrou a ocorrência. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil. 

Comente

Motorista de aplicativo candidato a vereador em 2020 é morto a tiros em Mossoró

22/01/2021

Polícia não encontrou carro e suspeita que Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior tenha sido vítima de latrocínio.

Por Inter TV Costa Branca

Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior foi encontrado morto a tiros em Mossoró; polícia suspeita de latrocínio. — Foto: Reprodução

Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior foi encontrado morto a tiros em Mossoró; polícia suspeita de latrocínio. — Foto: Reprodução

Um motorista de aplicativo e candidato a vereador nas últimas eleições foi morto a tiros na noite dessa quinta-feira (21), em Mossoró na região Oeste potiguar. O carro da vítima foi levado pelos criminosos. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de latrocínio, que é o roubo com resultado de morte. 

De acordo com a PM, por volta das 22h, populares entraram em contato com o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) informando que ouviram tiros na comunidade conhecida como Favela do Fio. 

Uma viatura foi até o local e encontrou o corpo de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como “Espanta”, de 31 anos, caído no chão com marcas de tiros. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar no local foi constatado que o motorista já estava morto. A PM realizou buscas, mas o carro que Carlos dirigia, um prisma branco, não foi localizado. 

Carlos foi candidato a vereador em Mossoró pelo partido PSDB nas últimas eleições e obteve 142 votos. De acordo com a Polícia Militar, ele não possuía antecedentes criminais. 

Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de que ele tenha sido vítima de assalto e que o carro tenha sido levado pelos criminosos. O caso será investigado pela Polícia Civil. 

 

Comente

Secretaria de Educação do RN convoca mais de 700 professores temporários e 14 efetivos

22/01/2021

Profissionais farão parte do processo de retomada das aulas presenciais, ´previsto para 1º de fevereiro. Três especialistas em educação também foram conv

Por G1 RN

Aulas presenciais serão retomadas dia 1º de fevereiro, segundo governo do RN. — Foto: Assecom/Governo do RN

Aulas presenciais serão retomadas dia 1º de fevereiro, segundo governo do RN. — Foto: Assecom/Governo do RN

O governo do Rio Grande do Norte publicou a convocação de 726 professores na edição do Diário Oficial do Estado publicada nesta sexta-feira (22). Segundo a Secretaria de Educação, foram convocados 709 professores temporários, 14 efetivos e 3 especialistas em educação. 

Os novos educadores atuarão nas quatro áreas de conhecimento: linguagens, matemática, ciências humanas e ciências da natureza. Em dezembro, 593 efetivos foram nomeados pelo governo do estado. 

De acordo com o governo, os professores temporários substituirão educadores afastados por motivo de licença médica, licença para estudo e nos casos em que o professor titular assume função de direção, deixando a vaga em sala de aula. 

Ainda de acordo com o governo, os profissionais farão parte do processo de retomada das aulas presenciais, que está previsto para ser iniciado a partir do dia 1º de fevereiro. 

A lista completa pode ser consultada no Diário Oficial, onde também constam as informações sobre documentos e exames de saúde necessários à admissão no quadro de servidores estaduais. 

 

Comente

Após novo aumento, preço da gasolina passa dos R$ 5 em Natal

22/01/2021

Litro da gasolina comum chegou a R$ 5,19 em alguns postos da capital, na manhã desta sexta-feira (22) - um aumento de cerca de R$ 0,30 em relação à semana p

Por G1 RN

Preço do litro da gasolina passa dos R$ 5 em Natal. — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Preço do litro da gasolina passa dos R$ 5 em Natal. — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Com novo aumento de 7,6% anunciado no início da semana pela Petrobras, o preço da gasolina comum passou dos R$ 5 e chegou a R$ 5,19 nas bombas de postos de combustíveis de Natal, na manhã desta sexta-feira (22). 

Estabelecimentos da Zona Sul da capital vendem a gasolina aditivada por R$ 5,25 e, em alguns casos, o litro passava dos R$ 5,40. 

O primeiro aumento de 2021 foi anunciado na última segunda-feira (18) pela Petrobras. A empresa afirmou que os preços do produto que sai da refinaria têm como referência a chamada paridade de importação, impactada por fatores como os valores do petróleo e o câmbio. O aumento elevou o preço médio da gasolina nas refinarias em R$ 0,15, para R$ 1,98 por litro. 

Segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natual e Biocombustíveis (ANP), na semana de 10 a 16 de janeiro, o preço médio da gasolina comum no Rio Grande do Norte era de R$ 4,869, com alguns postos vendendo a até R$ 4,899. Considerando somente esse preço mais alto, o aumento sentido no bolso do potiguar é de R$ 0,30 por litro. 

G1 procurou o Sindipostos RN, que representa os postos de combustíveis do estado, porém a assessoria informou que a entidade não comenta aumentos. 

 

Disse, porém, que os revendedores são livres para praticarem o preço que acharem justos, sendo que os postos representam apenas 14% da margem bruta do valor do combustível que chega ao consumidor. 

 

Comente

Geral Prefeito diz que Rio não terá carnaval fora de época em julho

21/01/2021

Folia no segundo semestre havia sido aprovada por deputados estaduais

Agência Brasil 30 Anos - Desfile das escolas de samba do Grupo Especial no Sambódromo da Marquês de Sapucaí

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, decidiu suspender o carnaval fora de época que havia sido planejado para julho. A criação de um carnaval anual no início do segundo semestre foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e sancionada pelo governador em exercício, Claudio Castro. 

A decisão da Prefeitura do Rio de Janeiro foi anunciada na tarde de hoje (21), no perfil de Eduardo Paes no Twitter: 

Imagem

Paes explicou que o carnaval exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba, o que ele não considera possível fazer nesse momento.   

"Dessa forma, gostaria de informar que não teremos carnaval no meio do ano em 2021", disse o prefeito, que completou: “certamente em 2022 poderemos (todos devidamente vacinados) celebrar a vida e nossa cultura com toda a intensidade que merecemos". 

O projeto que prevê a realização anual de um carnaval fora de época em julho foi sancionado na semana passada pelo governo do estado, que ainda não definiu a data da celebração. Na época, o governo esclareceu que a lei visa a estimular o turismo, o lazer e a economia, mas apenas possibilita que o evento seja realizado, o que irá depender das recomendações das autoridades sanitárias. 

A celebração foi batizada de CarnaRio e, segundo a lei, a organização deve ser discutida entre a Secretaria de Estado de Cultura, as ligas de Escolas de Samba, agremiações e blocos carnavalescos. 

Antes da aprovação da lei, o adiamento do carnaval para julho já havia sido anunciado pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) e por grupos que representam blocos de carnaval tradicionais da cidade. As escolas de samba do grupo especial já haviam sorteado a ordem dos desfiles, que estavam previstos para ocorrer nos dias 11 (domingo) e 12 (segunda) de julho. 

Apesar disso, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, havia reiterado, em dezembro, que a vacinação da população contra a covid-19 seria fundamental para a realização do evento. 

Nota Sebastiana 

A Associação de Blocos de Rua do Rio (Sebastiana) divulgou uma nota de apoio à medida, em que afirma "receber com alívio" a decisão do prefeito. A associação representa parte dos blocos tradicionais da zona sul e do centro do Rio, como o Escravos da Mauá, o Carmelitas e o Simpatia é Quase Amor. 

"A decisão do prefeito Eduardo Paes vem ao encontro do posicionamento da Sebastiana anunciado anteriormente, que reitera a não realização dos desfiles dos seus blocos em 2021. O retorno dos blocos às ruas só poderá se dar quando houver vacina e imunização de toda a população, condição essa que assegure a segurança de todos". 

A Sebastiana reconhece que a decisão afeta "uma legião de trabalhadores", mas afirma que a cidade "não tem condições de organizar e financiar a estrutura necessária para um evento do tamanho do carnaval". 

 

"Para nós, o mais importante nesse momento é o cuidado com as pessoas, o controle da pandemia e o respeito à vida e ao luto das famílias. Além disso, iniciar conversas com as secretarias de cultura tanto da prefeitura quanto do estado para que sejam criados editais de emergenciais de ajuda aos trabalhadores do carnaval".  Agencia Brasil.

Comente

Vacinas da Índia devem chegar no fim da tarde de amanhã ao Rio

21/01/2021

Foram contratadas duas milhões de doses

um tubo de ensaio etiquetado com a vacina é visto na frente do logotipo da AstraZeneca

As vacinas contra a covid-19 desenvolvidas em parceria entre a AstraZeneca e a Universidade de Oxford devem chegar ao Brasil, vindas da Índia, nesta sexta-feira (22). A informação foi dada pelo Ministério das Comunicações por meio de nota oficial na tarde de hoje (21). 

As doses serão enviadas por meio de um voo comercial da companhia aérea Emirates. A previsão é que a carga chegue ao Rio de Janeiro no fim da tarde de amanhã. O voo da Emirates primeiro pousa no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e em seguida a carga será embarcada em outro avião que segue para o Aeroporto Internacional do Galeão. 

Foram contratadas duas milhões de doses, fabricadas pelo laboratório indiano Serum. 

O governo brasileiro tenta desde a semana passada trazer a carga de imunizantes do país asiático. A previsão inicial era que elas estariam aqui no domingo passado (17). Contudo, o governo da Índia recuou e as autoridades brasileiras passaram a dialogar para liberar a carga. 

A Índia anunciou nesta semana a exportação de vacinas para seis países, sem incluir o Brasil. Na noite de ontem, o secretário de Relações Exteriores da Índia, Harsh Srhinglaconfirmou à Agência Reuters a liberação da exportação. 

O presidente Jair Bolsonaro publicou nas suas redes sociais sobre a liberação das exportações da vacina e cumprimentou o ministro das relações exteriores Ernesto Araújo e os servidores do Itamaraty pelo trabalho. 

Imagem

 

Comente

RN quer vacina russa para imunização dos potiguares contra a covid-19 Fonte: Portal Grande Ponto

21/01/2021

Covid-19

Pavel Korolyov/AFP

O Governo do Rio Grande do Norte também espera contar com a vacina russa Sputnik V para imunização dos potiguares contra o coronavírus. A informação é da secretária-adjunta de Saúde do Estado, Maura Sobreira. 

“Nós estamos no aguardo de uma reunião que a governadora [Fátima Bezerra] deverá participar para que a gente possa acompanhar a tramitação de todo esse processo”, declarou a secretária-adjunta Maura Sobreira em entrevista à 91.9 FM nesta quarta-feira (20). 

A União Química, farmacêutica brasileira responsável pela produção da vacina experimental Sputnik V no Brasil, fez o pedido do uso emergencial à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último sábado (16), mas a agência recusou alegando que requisitos mínimos "não foram atingidos". 

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que preside o Consórcio Nordeste, articula junto aos russos a compra de doses emergenciais da vacina Sputnik para os estados nordestinos. A intenção é que o grupo garanta 50 milhões de doses do imunizante russo para uso emergencial nos nove estados da região.  

“A gente tem realmente muita expectativa que haja um avanço nesse sentido, porque seria outra possibilidade [a vacina russa]. A gente está numa guerra, a pandemia não acabou”, reforçou a secretária-adjunta do RN. 

No último sábado (16), o governo da Bahia recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) com um pedido liminar de autorização para importação e registro emergencial da vacina russa contra a Covid-19, a Sputnik V. O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse que não há justificativa para o Brasil recusar a vacina Sputnik, que tem 91,4% de eficácia. 

Maura Sobreira reforçou que o Rio Grande do Norte aderiu ao Programa Nacional de Imunização, que é coordenado pelo Ministério da Saúde, mas que o governo do Estado busca alternativas para dar celeridade ao processo de imunização dos potiguares. 

Fonte: Portal Grande Ponto 

Comente

Porto de Natal fica 4 semanas sem embarque de contêineres em navios por problemas em máquinas, diz Codern

21/01/2021

Informação foi divulgada nesta quinta-feira (21) pela administradora do terminal.

G1 RN

Ao todo, 326 contêineres foram movimentados no Porto de Natal de sábado até esta segunda — Foto: Divulgação

Ao todo, 326 contêineres foram movimentados no Porto de Natal de sábado até esta segunda — Foto: Divulgação

O porto de Natal vai passar pelo menos quatro semanas sem embarque e desembarque de contêineres em navios, segundo informou nesta quinta-feira (21) a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern). De acordo com a administradora do terminal, a paralisação foi motivada por problemas em máquinas do Operador Portuário, que fazem o transporte dos contêineres para os navios. 

A informação preocupa trabalhadores do terminal e o setor produtivo do estado. Os contêineres são usados, por exemplo, para o transporte das frutas frescas como o melão, exportadas pelo Rio Grande do Norte para a Europa e Ásia, mas também na comercialização de outros produtos. 

"A gente ainda está em safra. Essa é uma questão logística que nos preocupa muito, porque as empresas não estão mais querendo que seus navios parem aqui e os produtores têm que procurar outros portos", afirmou o secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha. O estado é o maior exportador de melão do país. 

De acordo com Fábio Martins de Queiroga, presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (Coex), os produtores estão usando como alternativa os portos de Pecém e Mocuripe, no Ceará. "Como é final de safra, eles (os portos) conseguem nos atender. Se fosse na alta safra, seria muito complicado", afirmou. 

De acordo com ele, no período de alta das exportações, somente a fruticultura é responsável por 500 contêineres semanais no porto de Natal, mesmo com parte da carga também sendo destinada para os portos cearenses. 

Por outro lado, o presidente do sindicato dos estivadores de Natal, Silvio Barros de Oliveira, ressalta que os trabalhadores deverão ter dificuldade, uma vez que são autônomos e só contam com pagamento por produção ou diária. 

"É péssimo para o estado e para os trabalhadores. Nossa categoria só recebe pagamento quando trabalha. São estivadores, conferentes, arrumadores, cerca de 200 trabalhadores, fora outras categorias que dependem disso", declarou. "Pelo menos ainda teremos embarque de açúcar nesse período", pontuou. 

Em nota, a Codern informou que o operador portuário já trabalha para substituição dos equipamentos e que o porto vai permanecer aberto com a operação em navios de trigo e com previsão, nos próximos dias, de novo embarque de açúcar. 

Veja nota da Codern 

Certa da importância da precisão e clareza das informações, a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), como Autoridade Portuária e administradora do Porto de Natal, informa que, nas próximas quatro semanas, não realizará o embarque de contêineres devido problemas em máquinas do Operador Portuário, que já está trabalhando para substituí-las. 

Ressalta-se que o Porto de Natal permanecerá aberto, normalmente, com a operação em navios de trigo e com previsão, nos próximos dias, de novo embarque de açúcar. 

A diretoria da CODERN participou de reunião, nesta quinta-feira (21), com representantes dos trabalhadores portuários para reafirmar seu respeito e preocupação com a categoria. 

Por fim, esta Companhia mantém o compromisso inalienável com o desenvolvimento do Brasil, do Estado do Rio Grande do Norte e da Cidade do Natal. 

 

Companhia Docas do Rio Grande do Norte 

Comente

O Rio Grande do Norte registrou 133.174 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. No total, a doença vitimou 3.203 pessoas no estado. Os dados

21/01/2021

De acordo com a PF, eram 136,6 kg de maconha e 238,4 kg de cocaína, parte de apreensão realizada em São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Natal.

Por G1 RN

Polícia Federal incinera 375 kg de drogas no Rio Grande do Norte — Foto: Divulgação

Polícia Federal incinera 375 kg de drogas no Rio Grande do Norte — Foto: Divulgação

A Polícia Federal incinerou nesta quinta-feira (21) aproximadamente 375 kg de drogas apreendidas no Rio Grande do Norte. Eram 136,6 kg de maconha e 238,4 kg de cocaína, além de malas e outros itens utilizados para acondicionar as substâncias ilícitas. 

A PF utilizou, com a autorização da Justiça, o alto-forno de uma usina na zona rural de Arês, a 58 km de Natal. O trabalho de incineração foi acompanhado pelo chefe da Delegacia de Repressão a Drogas da PF, um promotor de Justiça e fiscais da Vigilância Sanitária. 

Ainda segundo a Polícia Federal, o material destruído é parte das apreensões realizadas nos municípios de São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Natal nos últimos anos. 

Malas e outros itens também foram incinerados com as drogas — Foto: Divulgação

Malas e outros itens também foram incinerados com as drogas — Foto: Divulgação

 

Comente

RN chega a 133.174 casos confirmados e 3.203 mortes por Covid-19

21/01/2021

Quatro óbitos foram confirmados nas últimas 24 horas, de acordo com a Sesap.

Por G1 RN

RN tem 133.174 casos confirmados de Covid-19 — Foto: Divulgação

RN tem 133.174 casos confirmados de Covid-19 — Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte registrou 133.174 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. No total, a doença vitimou 3.203 pessoas no estado. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta quinta-feira (21) Outros 541 óbitos estão sob investigação. 

Em relação ao boletim do dia anterior, são 880 novos casos e 11 mortes a mais - sendo quatro confirmados nas últimas 24 horas, em Mossoró, Marcelino Vieira, Natal e Caiçara do Rio do Vento. 

O RN tem ainda 73.826 casos suspeitos e outros 304.805 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 91.645, e o de inconclusivos, tratados como "Síndrome Gripal não especificada", está em 65.811. 

Sesap informa que 469 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 323 na rede pública e 146 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 57,2% na rede pública e de 48,3% na rede privada. 

O boletim destaca ainda que 351.477 testes para Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 187.170 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 164.307 sorológicos. 

Números do coronavírus no RN 

  • 133.174 casos confirmados 

  • 3.203 mortes 

  • 73.826 casos suspeitos 

  • 304.805 casos descartados 

  • 91.645 confirmados recuperados 

Comente

Covid-19: Natal imuniza mais de 7 mil profissionais de saúde em dois dias

21/01/2021

Segundo dia de vacinação na capital potiguar contempla 3.155 trabalhadores da saúde. Secretaria Municipal de Saúde confirma que pontos de drive thru vão fu

Por G1 RN

Pontos de drive thru de vacinação contra Covid-19 vão funcionar nesta sexta (22) em Natal — Foto: Divulgação

Pontos de drive thru de vacinação contra Covid-19 vão funcionar nesta sexta (22) em Natal — Foto: Divulgação

Natal conseguiu imunizar 7.069 profissionais de saúde nos dois dias de vacinação contra a Covid-19. Os pontos de drive thru montados na capital potiguar também funcionarão nesta sexta-feira (22), de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. 

Segundo levantamento da prefeitura, 3.155 trabalhadores da saúde receberam a primeira dose da vacina nesta quinta-feira (21). No dia anterior, foram aplicadas 3.914 doses. 

Os pontos de drive thru funcionam na Arena das Dunas, no Palácio dos Esportes, no Ginásio Nélio Dias e na área externa do Shopping Via Direta, das 8h às 16h. 

A prefeitura intensificou a fiscalização para garantir que apenas o grupo prioritário dessa primeira fase da campanha seja vacinado. "Reforçamos que o profissional de saúde contemplado nessa fase deve levar a sua escala de trabalho do mês atual e documento de identificação. Outro ponto que quero destacar é que temos duas estruturas montadas com sala de vacinação para pedestre, uma no Via Direta e outra no Nélio Dias", contou o secretário de Saúde de Natal, George Antunes. 

 

A SMS Natal reforça que nesta primeira fase serão imunizados os idosos residentes em instituições de longa permanência e todos os profissionais da saúde que estão no enfrentamento à Covid-19, com comprovado exercício de suas funções nas seguintes unidades: Upas, Hospital Giselda Trigueiro, Hospital de Campanha, Pronto Atendimento Odontológico Morton Mariz, Maternidades públicas e privadas, Pronto Socorro públicos e privados, UTIs e os Centros de Enfrentamento à Covid-19 de Natal. 

Aponta ainda que nas unidades do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), Hospital Maria Alice Fernandes, Hospital de Pediatria Nivaldo Júnior e João Machado, somente serão vacinados os profissionais que atuam diretamente na unidade de atendimento ao paciente Covid; e no caso do Samu/Transporte Sanitário, serão vacinados os servidores intervencionistas.

Comente