Presidente Diz - 19/10/2021

Se tivesse o Haddad aqui, vocês iriam ver o que era desgraça, diz Bolsonaro

Reprodução/Foco do Brasil - 18.our.2021

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta 2ª feira (18.out.2021), sem citar nomes, que há alguns revoltados com ele devido aos efeitos negativos na economia brasileira pós-pandemia de covid-19. Afirmou a apoiadores que o Brasil é o país que menos sofre na área econômica. 

O Brasil é o que menos está sofrendo com a economia. Tem alguns revoltados comigo. Se tivesse o [candidato à Presidência da República em 2018 Fernando] Haddad aqui, vocês iriam ver o que era desgraça: lockdown, passaporte da vacina”, disse o presidente no Palácio da Alvorada. 

O chefe do Executivo fez 2 ataques a Haddad, do PT, na conversa com os visitantes do Palácio, que durou 7 minutos. Também criticou a gestão do petista enquanto ministro da Educação. 

“Tem muita coisa esquisita acontecendo no mundo, né? Desgraça, né? Você viu uma peça da molecada do 2º grau, não sei que cidade foi, acho que foi lá no Nordeste. Coisa terrível. Arte, cultura. Mas depois de 12 anos [foi ministro por 7 anos] de Haddad no Ministério da Educação queriam o quê?”, disse Bolsonaro. 

O presidente participou na manhã desta 2ª feira de uma cerimônia em São Roque (MG). Lá, disse que, “se Deus quiser”, o governo vai resolver os detalhes sobre a extensão do auxílio emergencial ainda nesta semana. 

A cerimônia foi realizada pela prefeitura para o lançamento do programa Jornada das Águas, criado para garantir acesso à água no semiárido. Bolsonaro afirmou ainda que pretende resolver também a “questão do preço do diesel” nesta semana, sem dar mais detalhes. 

Poder 360 

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 01/01/1970 - 12:01