Governadora eleita falou em diminuir repasse de duodécimos - 19/11/2018

“Crise fiscal não é problema só do Executivo”, diz Fátima

A governadora eleita, Fátima Bezerra (PT), afirmou que a crise fiscal do Estado não é um problema exclusivo do Poder Executivo. A afirmação foi feita durante o Seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte, que ocorre nesta segunda-feira (19), na Casa da Indústria.

“Essa crise fiscal não é um problema só do Executivo. É do Estado”, declarou. Ao convocar os outros poderes para o enfrentamento da situação, a governadora eleita falou em diminuir o repasse de duodécimos e que as sobras sejam devolvidas. “Isso é urgente. É imperativo”, destacou.

Quando citou o Mais RN, estudo da Fiern com metas e propostas para os próximos quatro anos, a petista voltou a reforçar que a responsabilidade não deve recair apenas para o Governo. “Quero aqui, na Casa da Indústria, convocar os demais poderes. Bem como convocar o empresariado, os trabalhadores e a sociedade. A tarefa e a missão de tirar o Rio Grande do Norte desse descontrole em que ele vive não é só do Executivo”, afirmou.

Fátima Bezerra citou a necessidade do Estado não gastar mais do que arrecada. Para isso, disse que pretende “ampliar a capacidade de receita” e “aperfeiçoar os instrumentos de combate à sonegação”. Fonte Portal noar.

 

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12