Prisão ocorreu no bairro do Alecrim. Também foram apreendidos 245 frascos de loló. - 05/08/2022

PF apreende R$ 2.710 em cédulas falsas e prende homem que mantinha estufa de maconha em casa em Natal

Por g1 RN                                                                                                                                                     PF apreende dinheiro falso na Zona Leste de Natal — Foto: Cedida                                                                     PF apreende dinheiro falso na Zona Leste de Natal — Foto: Cedida                                                                                                                                                                                                                                    A Polícia Federal apreendeu na manhã desta quinta-feira (4), em Natal, R$ 2.710 em notas falsas de real. Um homem de 25 anos também foi preso em flagrante. Ele mantinha em casa mudas de maconha em uma estufa improvisada. 

 

 
 

A prisão ocorreu em uma casa localizada no bairro do Alecrim, Zona Leste da capital potiguar. Os policiais cumpriam mandado de busca e apreensão durante ação que investigava possível transação de dinheiro falsificado remetido pelos Correios. No endereço indicado, encontraram 110 cédulas de real falsificadas, nos valores de R$ 20, R$ 50 e R$ 100, e se depararam com cinco mudas de maconha que estavam sendo cultivadas em um dos cômodos da residência.   Homem preso em Natal mantinha estufa de maconha em casa — Foto: Cedida                                                           A PF também apreendeu no local dois celulares e 245 frascos da substância entorpecente conhecida como "loló". 

Detido em flagrante, o suspeito foi submetido a exame de corpo de delito no Itep e se encontra custodiado na sede da PF, à disposição da Justiça.    Polícia Federal apreendeu 245 frascos de loló em Natal — Foto: Cedida                                                                                                                                                                                                                     

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 01/01/1970 - 12:01